Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

terça-feira, 30 de abril de 2013

Cheira a titulo!!

Este jogo era, a par do Sporting, aquele onde o Porto tinha a esperança de que o Benfica perdesse pontos. O Marítimo é uma boa equipa, a jogar em casa é sempre uma equipa complicada, luta pela Europa e com a vitória do Sporting o Marítimo tinha de vencer o jogo.

O Benfica entrou bem no jogo e marcou cedo numa grande penalidade indiscutível sobre Lima. A partir daí o Benfica baixou as suas linhas e dJJ no banco não percebeu, ou não sentiu, que o Marítimo a qualquer momento marcaria, o que acabou por acontecer. O Benfica na primeira parte teve 41% de posse de bola e deve ter feito 1 ou dois remates à baliza, a contar com o penalti. Não me lembro de o Benfica fazer uma transição ofensiva com cabeça, tronco e membros, pelo que o empate ao intervalo era justo.
eu iniciativa de jogo ao adversário, exageradamente. Não compreendo e não aceito este recuo da equipa perante um resultado de um a zero. Aceito que o Benfica jogue com as suas linhas recuadas na Europa com determinados adversários, não aceito que o façam no campeonato Português, ainda para mais com um resultado perigoso como é o um a zero. Além do mais, uma coisa é dar iniciativa ao adversário e deixá-lo trocar a bola entre os centrais e pressionar quando entram no nosso meio campo, outra bem diferente é deixar uma equipa jogar tranquilamente no nosso meio campo. Parece que só

A segunda parte foi completamente diferente. Apesar de o Marítimo ter entrado bem, facilmente se percebeu que o Benfica aumentou a intensidade, velocidade e agressividade de jogo e a partir daí só deu Benfica. O Marítimo tentava subir mas não conseguia e quando o Benfica faz o segundo golo já o Marítimo tinha visto a bola bater por duas vezes nos postes. Apesar de algum recuo do Benfica, o Marítimo não mais conseguiu incomodar a defesa do Benfica. Pela segunda parte, o Benfica foi um justo vencedor.

Estamos mais perto do titulo mas ainda não o ganhamos. Com dois jogos em casa nos últimos três, nem quero pensar noutra coisa que não seja a conquista do titulo. Se vencermos o Estoril, bastará um empate no Dragão para sermos campeões, a não ser que o Nacional faça uma gracinha na Madeira.

Quanto á arbitragem, estava com medo mas foi uma boa arbitragem. Talvez o segundo lance sobre Cardozo tenha sido penalti. Quanto ás palavras do treinador do Marítimo, só posso concluir que estaria a falar da arbitragem do jogo do Sporting, onde o seu directo adversário venceu com um golo em fora-de-jogo.


domingo, 28 de abril de 2013

Começou o delirio lagarto...

Bastaram umas vitóriazitas nas últimos minutos tiradas a ferros e alguns adeptos lagartos já começam a largar o seu delírio habitual no que à equipa diz respeito. Não aprendem e nunca vão aprender e assim irá continuar o afundamento do Sporting. Após o final do jogo com o Nacional, mais uma vitória sofrida no final do jogo, já se vêem lagartos a dizer que Capel é de topo e que não pode sair porque como ele há poucos na Europa, que Miguel Lopes e Joãozinho estão a crescer mesmo muito, que Viola é "player" e que Jesualdo tem de ficar e daqui a nada ainda dizem que não foram campeões por causa do Capela.

O Sporting melhorou? Melhorou mas continuo a achar que não melhorou o que querem fazer crer. As vitórias que conseguiram foram todas tiradas a ferros e nos últimos instantes das partidas, portanto, o que diriam se não houvessem esses golos milagrosos? Pois, que o Jesualdo se calhar não servia. Os mesmo que dizem que Jesualdo é o homem certo são aqueles que o ano passado, após uma campanha na Europa que ainda hoje não sabem como conseguiram, diziam que o Sá Pinto era o Messias. Portanto, caso Jesualdo fique, aposto que não chegará à 10.ª jornada.

Há lá jogadores que não valem nadinha mas bastam umas vitórias para começarem os "orgasmos" a uma equipa do meio da tabela. A treta de que tudo o que vem da academia é bom vai ser a morte deles...


sábado, 27 de abril de 2013

As manobras do sistema continuam...


Esta imagem e informação só vem dar mais motivos para a minha preocupação em relação ao jogo da Madeira que ontem escrevi no texto "Estou muito preocupado".

Espero que a direcção do Benfica tenha recebido esta informação, acredito que sim, e que esteja a tomar medidas. Espero que não actuem depois de as coisas acontecerem. Basta juntar tudo aquilo que foi dito e feito esta semana, juntar este texto e a nomeação do árbitro para chagarmos à conclusão que é agora ou nunca para o sistema. e será o agora ou nunca para o Benfica. Se o Benfica perde pontos na Madeira não será campeão!! Espero que a direcção do Benfica tenha consciência disto!!


sexta-feira, 26 de abril de 2013

Estou muito preocupado...

Acreditem que estou mesmo muito preocupado e não é pelo futebol praticado pela equipa do Benfica, pelo desgaste da equipa ou por esta derrota inesperada. A minha preocupação é com o jogo do Marítimo e a sua arbitragem. O que se passou no jogo com o Sporting foi mais um ataque do sistema. Aquela arbitragem não foi inocente!! Aqueles lances duvidosos trazem "água no bico". Este ano em termos de arbitragens ninguém tinha nada a apontar ao Benfica, a não ser um ou outro penalti mal assinalado mas não havia nenhuma arbitragem que normalmente o sistema tenta rotular de escandaloso. Pois o que se passou em Alvalade foi isso mesmo, um jogo com vários lances polémicos e uma jornaleirada a acompanhar o diapasão de escândalo. Isto não é inocente, o que o sistema acabou por fazer no jogo da Luz, e no pós-jogo, foi validar um possível roubo ao Benfica. Ou seja, se o Benfica for roubado na Madeira com perdas de pontos, todos irão falar na arbitragem da Luz contra o Sporting, dizendo que não nos podemos queixar porque fomos beneficiados no jogo com o Sporting. Será isto que o sistema preparou para o jogo da Madeira e eu estou muito preocupado porque penso que a direcção do Benfica deveria reagir a determinadas declarações, ou iremos depois falar quando o mal estiver feito?

O sistema sabe que o jogo da Madeira é o jogo onde há mais possibilidades de o Benfica perder pontos e por isso apostará todas as fichas nesse jogo, ainda para mais quando têm um jogo bem fresquinho onde a mensagem que passou é que o Benfica foi beneficiado de uma forma escandalosa, uma coisa nunca antes vista.

Espero que o silêncio do Benfica entre muito forte na Madeira de forma a não dar hipóteses à arbitragem de influenciar o resultado.


Declarações graves de Vitor Pereira

 Vítor Pereira: “Continuo a pensar que é possível revalidarmos o título, desde que tudo seja discutido dentro das quatro linhas. Mas aquilo que vi no clássico deixou-me preocupado” - Fonte:  Record
 Para mim estas declarações de Vítor Pereira são graves!! O que ele aqui diz é que há a possibilidade de o Benfica estar a tentar vencer o titulo fora das quatro linhas e isso tem um nome... Corrupção!!! O que este senhor esta a querer dizer é que o derbi de Lisboa foi ganho fora do campo e acho que ele deveria ser chamado a dar explicações. Se JJ dissesse uma coisa destas um castigo seria o mais certo. Este senhor pode dizer o que bem entende que nada lhe acontece. Para responder a este senhor bastava alguém lhe dizer para ver a CMTV e ouvir as escutas para ficar a saber quem é que ganha campeonatos fora das quatro linhas. E já agora, ofereçam-lhe os livros do Fernando Mendes e do Casagrande para ele ficar com o historial completo de como se ganham campeonatos fora das quatro linhas.
 A forma como estão a tentar condicionar a arbitragem na madeira chega a ser pornográfica. Se o Benfica se mantém calado nesta altura, espero que depois não venham armados aos cucus gritar para o muro das lamentações.

E ao intervalo...



...está 1-0!!

Não vale a pena andarmos aqui com grandes tretas, até porque nem temos tempo, é virar agulhas para o que pode ser o jogo da época contra o Marítimo. Depois deste jogo jogaremos a segunda parte com os turcos e aí sim colocaremos todas as fichas em jogo.





segunda-feira, 22 de abril de 2013

Mais uma etapa ultrapassada



O Benfica não fez um grande jogo. Já vi o Benfica fazer bem mais e melhor!! O Sporting estava bem organizado mas, no meu entender, o facto de haver algum ascendente do Sporting foi o facto de o Benfica estar a acusar ansiedade o que fez com que falhassemos inúmeros passes. O Sporting nem precisava de fazer muito para recuperar a bola, bastava aguardar que os jogadores do Benfica errassem um passe que normalmente não falham. Sempre que a equipa conseguiu respirar fundo e fazer alguma troca de bola, a defesa do Sporting tremia e de que maneira. Aos poucos o Benfica foi serenando o seu jogo e foi assim que fez o primeiro numa boa jogada colectiva da equipa.

Apesar de na segunda parte o Sporting tornar a entrar com sinal mais, foi o Benfica que dominou o resto do jogo todo. O segundo golo só peca por chegar muito tarde para aquilo que o Benfica fez mas valeu a pena esperar para assistir a uma obra de arte daquelas. O Gaitan já me tinha obrigado a chamar-lhe uma quantidade de nomes que não posso reproduzir aqui, ele é capaz do melhor e do pior no espaço de minutos. Depois de algumas perdas de bola que deram contra-ataques perigoso ao Sporting fez a assistência para os dois golos, sendo que no segundo fez gato sapato de André Martins e Rinaudo.

Quanto á arbitragem, considero existir um penalti contra o Benfica num lance entre Máxi e Viola aos 85 minutos, quanto aos outros dois lances, não vejo motivo nenhum para se marcar penalti. Num Garay faz carrinho sem fazer falta sobre Wolkswinkel e noutro, nem Máxi, nem Capel conseguem chegar á bola, o contacto entre ambos é inevitável. Como é habitual em Capel, este tentou ganhar um penalti, aliás, este jogador em 10 lances tentar tirar faltas em 8, é obra!!! O curioso é os analistas não falarem num fora-de-jogo a Cardozo que o colocava cara a cara com Rui Patricio.

No meu entender o critério foi demasiado largo, há faltas que têm de ser marcadas. Mas quando o critério é igual para os dois lados, eu não critico o árbitro, só o faço quando no mesmo jogo o árbitro tem critérios diferentes, que não foi o caso.

Estamos mais perto de vencermos o titulo mas nada está ganho!!! Tenho sempre receio do que nos podem estar a preparar no próximo jogo.


domingo, 21 de abril de 2013

Não entendo os sócios e adeptos do Benfica...

Estou a ver o basquetebol na TV e vejo um pavilhão despido de adeptos quando mesmo á porta do pavilhão andam adeptos a beber minis, aos gritos Benfica e a dar entrevistas para as TV's.

E que tal deixarem-se dessas tretas e entrarem no pavilhão e aí sim gritar Benfica e puxar pela equipa de basquetebol?

Sinceramente que não compreendo estes sócios e adeptos...

Nota: Escusam vir mandar bocas sobre eu estar em casa a falar em vez de estar lá também. Acontece que não estou lá porque sou de Coimbra e estou desempregado, ainda assim continuo a pagar as minhas quotas de sócio e fui ver o jogo com o Rio Ave onde levei mais três Benfiquistas comigo. Como o dinheiro escasseia e sou de longe tenho de escolher bem os jogos e a altura para me deslocar ao estádio.

Só tenho receio de uma coisa...

A única coisa de que tenho medo para mais logo é da arbitragem. Depois de ver um dos assistentes do Capela ser substituído por o tal Ricardo que validou o golo a Maicon o ano passado, fiquei aterrorizado. Acredito que apesar disto tudo o Benfica entrará muito forte no jogo e resolverá o jogo de forma a que não haja intervenção dos senhores do apito, caso assim não seja e estaremos a por-nos a jeito para as habilidades do apitador.

Este jogo e o do Maritimo são os jogos onde o FC Porto tem a esperança e a expectativa que o Benfica perca pontos e por isso acredito que se houver oportunidade a arbitragem actuará em favor daqueles que há trinta anos minam o futebol português.

Vamos lá vencer estes dois jogos de forma clara e categórica fazendo uma demonstração de que nada nos afastará do titulo!!!

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Verdes de raiva

O Sporting está a fazer uma época absolutamente decepcionante e lutam agora por um lugar europeu. Os sportinguistas estão com o orgulho ferido e saturados de tanto serem gozados pelos Benfiquistas. A ida à Luz numa altura em que o Benfica está em primeiro com quatro pontos de avanço sobre o segundo e na recta final é uma oportunidade única, não de tirar o titulo porque isso não acontece, mas para fragilizar a equipa do Benfica. Dizem eles que uma vitória ou empate na Luz retiram o titulo ao Benfica, o que eles estão já a vaticinar é uma derrota no Dragão, pois mesmo que o Benfica perca ficará sempre no comando da Liga e ainda ficam a faltar dois jogos para o jogo do Dragão. Como tal, além de vaticinarem uma derrota do Benfica no Dragão, vaticinam também que o FC Porto não perderá mais pontos até ao Dragão. Fossem eles tão sábios a vaticinarem resultados no futebol e certamente teriam percebido ainda bem cedo que Sá Pinto não era treinador para o Sporting e nem Godinho o presidente e evitariam uma época de humilhações constantes. Contudo, eles vêem á Luz com o orgulho ferido e com toda a raiva, o que pode ser complicado para o Benfica. Se todos repararam, muitas das declarações que são feitas é no intuito e na esperança de complicarem as contas do titulo e não para continuarem na perseguição a um lugar Europeu na próxima época. Eles nem iam é Europa se isso significasse que o Benfica não seria campeão. Acredito que este Benfica se jogar o seu normal vencerá o Sporting jogando o seu normal. Acontece é que o Sporting não vai jogar o seu normal. O Sporting vem de três vitórias consecutivas tangenciais, duas delas no último minuto, a jornaleirada já os colocou noutro patamar tecendo elogios que eu considero exagerados mas que tudo junto aumenta a confiança de uma equipa. Aliar estes últimos factores ao facto de puderem "entalar" o Benfica e chegamos a uma mistura explosiva!!! Eles querem lá saber se precisam da vitória para irem à Europa, o que eles dizem à boca cheia é que não querem deixar o Benfica serem campeões, isso é que é verdadeiramente importante.
Face a isto tudo eu tenho para mim que o jogo ou será extremamente complicado ou será extremamente fácil para o Benfica, tudo dependerá mais como o Benfica encarar o jogo, como o Benfica entrar em jogo. Se o Benfica entrar no jogo na expectativa de ver o que o Sporting é capaz poderá dar-se mal porque a cada minuto que vai passando sem sofrerem golos a confiança vai aumentado e isso pode ser perigoso. Se o Benfica entrar forte, numa postura de pressão alta e jogar a alta rotação como tão bem sabe, então o Sporting estará em maus lençóis. O vencedor do jogo depende mais do que jogará o Benfica do que propriamente o Sporting. Já com o FC Porto foi assim, a falta de intensidade e velocidade de jogo do FC Porto foi o que permitiu ao Sporting um empate, que só não deu vitória por mera falta de discernimento na hora do remate.

Que o Benfica não brinque com o fogo, pois pode queimar-se!!! Não é medo do que o Sporting pode fazer, é mais medo do que a equipa do Benfica pode não fazer na soberba de que são superiores e que a vitória aparecerá. Se mantivermos a humildade e a qualidade que temos tido até aqui, no final sairemos vencedores, se entrarmos em campo com o pensamento de que as coisas se resolvem por si, teremos perda de pontos na certa.

Update

Como não me tem sido possível escrever sobre o que vai acontecendo com o nosso Benfica venho agora fazer um update do que até agora aconteceu.

Comecemos pelo empate com o Newcastle. Na primeira parte simplesmente demos um banho de bola aos ingleses, creio que aqueles adeptos ingleses ficaram deliciados com o excelente futebol praticado pelo Benfica. Neste período o Newcastle só não foi goleado porque demonstramos muita falta de capacidade concretizadora. Na segunda parte coloca-mo-nos a jeito de perdermos a eliminatória. Aquele golo sofrido bem que pode ir para os apanhados e apesar de eles terem criado uma ou duas situação de golo, a verdade é que era tudo feito com bolas bombeadas para a área e a cada bola que lá caía o publico delirava. Portanto, foi mais o ambiente em si do que propriamente as situações criadas, ainda assim poderíamos ter feito mais golos na segunda parte. Aquele golo e o desnorte que se seguiu são evitáveis, coloca-mo-nos a jeito de numa das bolas bombeadas a bola entrar. O Cardozo chegou a abrir os braços para os companheiros. Sofremos desnecessariamente mas passámos a eliminatória que era o mais importante. Fomos e somos muito melhor equipa que os ingleses!!!

Em relação ao Paços, penso que pouco há a dizer a não ser que era evitável mais um golo oferecido. Controlámos toda a partida e sempre que o Benfica acelerou o jogo criava situações de golo. Só não marcamos mais golos porque, mais uma vez, fomos perdulários na zona de finalização. O Paços fez um bom jogo e mostrou que a classificação do Paços não é obra do acaso, vê-se um fio de jogo, vê-se que os jogadores sabem o que têm a fazer nos diversos momentos do jogo, uma equipa muito bem trabalhada tacticamente. Uma palavra para um jogador que me enche as medidas, e não é de agora, o Josué. Que jogador!!! Aquele pé esquerdo é fantástico!!

E para a meia final da Liga Europa temos o Fenerbahçe. Se pensam que a coisa será fácil desenganem-se, esta equipa estará ao nível do Leverkusen, portanto, será uma eliminatória bem difícil. O problema aqui será a viagem á Turquia que poderá provocar um enorme desgaste físico e até emocional se o resultado não for positivo. O ambiente da Turquia é de loucos ainda para mais estão numa meia final da Liga Europa e ainda podem ser campeões da Turquia, estão a 4 pontos do Gala. Além do ambiente da Turquia, preparem-se para uma invasão Turca na Luz!!! Aquilo é um fanatismo louco!! Têm uma excelente equipa mas está ao alcance do Benfica, assim como o Benfica está ao alcance deles. Será um jogo bastante durinho, espero que não traga consequências para a nossa luta interna.

Quero só mencionar três situações que já nos custaram golos e pontos. As faltas de concentração em lances completamente controlados pelos nossos atletas já são três e num dos caso deu perda de pontos. Falo do lance do Artur com o FC Porto, falo do lance entre Garay e Matic e do lance do Máxi. Se no lance do Máxi e do Garay os danos foram nulos, já no lance do Artur foram dois pontos de vela e uma vantagem perdida sobre o FC Porto que nos ensombra actualmente. Os jogadores que não confundam gestão de jogo com uma peladinha entre amigos. Aceito perfeitamente que se baixe o ritmo de jogo, aceito perfeitamente que se baixe a intensidade de jogo e até aceito que se baixe a agressividade na procura de bola, exceptuando nos últimos 15 a 20 metros da baliza. O que não posso aceitar é a displicência em determinados lances que depois resultam em golos, o que não aceito são falhas de concentração em lances controlados e fáceis de resolver e que depois dão golo ou situações perigosas para a nossa baliza. Isso eu não aceito!!! Muita atenção nos próximos jogos!!! Concentração máxima sempre!!!!! Facilitismos é que não!!!!

quinta-feira, 11 de abril de 2013

O Sporting no seu melhor

Rinaudo: «Fazer com que o Benfica não ganhe o Campeonato»
 
As palavras de um jogador qualquer num clube normal diria o seguinte: "Temos de vencer para continuarmos a nosso luta pelo acesso à Liga Europa". Mas como se trata de um clube que se importa mais com o insucesso do Benfica do que o seu próprio sucesso são normais este tipo de declarações.
Quem sai mal na fotografia é o Rinaudo e a instituição Sporting porque afirmações destas só mostram um total complexo de inferioridade em relação ao Benfica. Estes é um dos muitos motivos pelo qual o Sporting está na situação em que está... À beira da insolvência... 
Mas há um dado curioso, é que se o Sporting eventualmente vencer o Benfica não impede em nada que o Benfica seja campeão ou já todos dão como garantida a derrota do Benfica na Madeira, na Luz com o Estoril ou no Dragão?

terça-feira, 9 de abril de 2013

Um ano sem derrotas - Os números

CAMPEONATO NACIONAL

Jogos: 29
Vitórias: 24
Empates: 5
Golos Marcados: 78
Golos Sofridos: 19
Média de Golos Marcados: 2,7 por jogo
Média de Golos Sofridos: 0,6 por jogo

TAÇA DE PORTUGAL

Jogos: 5
Vitórias: 5
Empates: 0
Golos Marcados: 18
Golos Sofridos: 0
Média de Golos Marcados: 3,6 por jogo
Média de Golos Sofridos: 0 por jogo

TAÇA DA LIGA

Jogos: 5
Vitórias: 3
Empates: 2
Golos Marcados: 8
Golos Sofridos: 5
Média de Golos Marcados: 1,6 por jogo
Média de Golos Sofridos: 1 por jogo

TOTAL

Jogos: 39
Vitórias: 32
Empates: 7
Golos Marcados: 104
Golos Sofridos: 24
Média de Golos Marcados: 2,7 por jogo
Média de Golos Sofridos: 0,7 por jogo

Números absolutamente extraordinários!!!

Foi um bom treino


Estava com uma pequena esperança de que o Braga poderia bater o pé ao FC Porto mas assim que vi o Braga jogar tirei logo essa ideia.

Jogar com uma linha defensiva encostadinha ao Quim, sem agressividade, sem pressão ao portador da bola, dando ao FC Porto aquilo que ele mais gosta, que é a posse de bola com espaço, era natural os golos acontecerem, mais minuto menos minuto. Nem o golo do Braga me deu qualquer esperança que o resultado não seria a vitória do FC Porto. O Braga é conhecido e até elogiado pelo seu bom futebol, por ser uma equipa que pressiona e privilegia a posse de bola, uma equipa aguerrida mas ontem mais parecia a equipa de juniores do FC Porto num jogo treino. Achei curioso em que nas duas situações de golo, além do golo marcado, o avançado do Braga teve uma fraqueza tal nas pernas que parecia um miúdos de 6 anos a chutar a bola.

Com esta mãozinha dada pelos bracaros acredito que a Champions estará garantida, portanto, o Paços que tire o cavalinho da chuva ou então que esteja em alerta porque irão ser atacados pelo sistema.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Vitória tranquila


Vitória fácil e justa!!! Foi uma vitória tranquila onde o Olhanense se limitou a defender. O Artur fez a primeira defesa aos 84 minutos de jogo, o que revela bem o dominio completo do Benfica. Apesar de ao intervalo o jogo estar empatado a zero, sentia-se que o Benfica venceria facilmente o jogo.

Matic e Salvio fizeram um excelente jogo, aliás, toda a equipa fez um excelente jogo!! Mas quero deixar só uma palavra para o André Almeida que quer jogue a lateral direito, quer jogue a lateral esquerdo e quer jogue no meio campo a qualidade está sempre lá. Não é um jogador de classe mundial mas é um jogador muito regular e faz várias posições o que tem sido importante para o Benfica. O André Almeida é um pouco como o Amorim e se para o ano ficarem ambos na equipa, o Benfica só fica a ganhar.

Em relação ao Olhanense, tiveram o que mereceram e ao que parece a receita dos 5 mil espectadores que estiveram no batatal José Arcanjo não foram suficientes para aliviar as contas do Olhanense. Se calhar jogando no Estádio do Algarve as receitas teriam sido bem maiores e se calhar os ordenados em atraso estariam agora pagos mas para satisfazer os desejos do tal "amigo" que pagou um mês e meio de ordenados, com a promessa de mais uns milhares se empatassem ou vencessem o Benfica, o sr. Isidoro decidiu jogar naquele batatal que deveria ser interdito a receber jogos da primeira liga. Digo isto por vários motivos, um porque o espectáculo que as pessoas pagam a peso de ouro fica mais pobre e porque com um relvado daqueles os jogadores têm mais possibilidades de se lesionarem. Se o mau estado do campo fosse uma questão temporária por causa das chuvas eu aceitaria mas a questão é que aquele campo está quase sempre em más condições.

Vamos ver se o Braga mais logo pára de lamber os pés ao FC Porto, para não dizer outra coisa, e lhes conseguem vencer ou empatar, o que seria óptimo para nós. Não é que acredite muito mas...


sábado, 6 de abril de 2013

Não podemos facilitar!!



Depois de assistirem ao vídeo e da leitura do texto da imagem acima, fica claro para todos a manobra que se está a preparar para Olhão. Como o FC porto vai jogar contra um Braga que necessita de vencer para igualar o Paços na tabela classificativa e dar um passo importante na luta pela Champions, o sistema tudo fará para tentar com que o Benfica perca pontos, acautelando uma possível perde de pontos por parte do FC Porto ou em caso de vitória recolocar o FC Porto em condições para disputar o titulo em sua casa.

Eu tenho para mim que nestes próximos três jogos, Olhanense, Sporting e Marítimo, o sistema irá colocar todas as fichas em jogo, depois destes três jogos o Benfica tem dois jogos em casa e um fora com o FC Porto. Os jogos em casa serão com o Estoril e com o Moreirense e só uma hecatombe permitiria que um Benfica galvanizado e com o apoio em massa dos seus adeptos perdesse pontos em casa.

O Benfica vencendo estes três jogos é campeão, não tenho dúvidas absolutamente nenhumas!! A cada vitória nestes jogos será uma machadada anímica na equipa do FC Porto. O FC Porto não está bem e também pode perder pontos a qualquer momento, o que lhes será fatal nesta altura. Por saberem disso mesmo é que estas manobras começaram e nesta jornada é em força face ao jogo de elevada dificuldade que o FC porto poderá ter, ou não... Está tudo engendrado e preparado para tentarem parar o Benfica, desde o Olhanense até ao árbitro. Quero também lembrar que dos três grandes o único que não jogou no Arcanjo foi o FC Porto que jogou no Estádio do Algarve, mais uma coincidência por certo...

Entretanto, espero que este sol se aguente também amanhã, é que se chover teremos um batatal o que tornará o jogo mais difícil para o Benfica. Ainda assim, espero um campo em más condições e a relva alta para dificultar a circulação de bola.

O Benfica não pode facilitar, é colocar a carne toda no assador, jogar em alta rotação, máxima intensidade, máxima agressividade e máxima concentração. Não deixem o 0-0 ou 1-0 arrastarem-se, entrem para vencer o jogo até ao intervalo!! É importante tentar resolver o jogo o mais rápido possível com diferença de dois ou mais golos de forma a evitar que o árbitro possa interferir no jogo. Mesmo que o jogo já esteja ganho, muita atenção aos amarelos porque essa vai ser outra arma a utilizar pelo sistema, condicionar os jogadores para os próximos jogos.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Temos tudo para passar


Em relação o jogo só tenho a apontar a falta de agressividade no aspecto defensivo. Não me refiro unicamente à defesa mas também ao meio campo. Aceito que a nossa intensidade ofensiva e agressividade seja baixa em posse de bola, não entendo e não pode acontecer que tenhamos uma intensidade baixa quando não temos bola. Quando não temos bola é para jogar agressivo para recuperarmos a bola o mais rápido possível. Já com o Rio Ave existiram alguns lances de desconcentração e de falta de agressividade que permitiram que o Rio Ave criasse perigo. Ontem, naqueles 15 a 20 minutos, pressentia-se o golo do Newcastle, o que acabou por acontecer.

Depois do golo dos Ingleses a equipa serenou e começou a jogar á bola, embora o processo defensivo não tenha sido perfeito. Foi uma remontada fantástica e uma vitória importante. É verdade que tivemos muita sorte no jogo mas também temos de referir que falhámos golos cantados e o guarda-redes do Newcastle fez defesas extraordinárias a evitarem o golo do Benfica.

Estamos com uma vantagem que eu considero muito boa mas lá é para arrumar a questão marcando um golo antes que eles marquem algum. Marcar um golo nos primeiro 20 minutos de jogo seria arrumar psicologicamente com os jogadores da equipa Inglesa, sofrer um golo nos primeiros 20 minutos é por-mo-nos a jeito de sermos eliminados, por isso, é entrar com humildade e inteligencia e marcar um golo para arrumar a questão.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

O regresso à Luz

Foto do jogo BENFICA 6 vs. Rio Ave 1

Grande vitória, grande ambiente, grande jogo de futebol, golos e mais golos e um estádio lindo com 46.000 mil dos melhores adeptos do Mundo!!!

Este fim-de-semana decidi oferecer a melhor prenda de anos que se pode dar a um jovem sócio desde o primeiro dia de vida no seu 16.º aniversário... A sua estreia no Estádio da Luz!!!! Mas não foi o único estreante pois o senhor meu pai também fez a sua.

As palavras dele ao entrar dentro do Estádio foram: " O que estou a sentir é o mesmo que sinto quando chego a Fátima!! Sinto uma paz interior, um arrepio e comoção!!". Já sentado no seu lugar, ainda com o estádio praticamente vazio, pois entramos um hora antes do jogo, disse ele: "Epá, se me saísse o euromilhões comprava aqui um apartamento e vinha morar para aqui. A minha reforma era passada aqui, numa destas cadeiras." O meu primito lá continuava a tirar as fotos e a admirar a Catedral. Veio o voo da águia e a cara de admiração e orgulho estava lá estampada, quando chegou a parte do Hino Glorioso senti nele uma emoção nunca sentida, creio que pouco terá faltado para lhe caírem umas lágrimas. Ele estava completamente "mumificado" perante aquele ambiente acolhedor e fantástico. Sentou-se e disse: " Vamos lá que agora é que vai ser". Poucos minutos de jogo e o Benfica marcava o primeiro, saltámos todos e gritamos em plenos pulmões o golo do Glorioso, quando olho para o lado onde deveria estar o meu pai, reparo que não estava lá... Estava no corredor, aos pulos de braços no ar como uma autêntica criança!!! Jamais esquecerei esta visão!!!

Quanto ao jogo, foi sublime e o meu pai e primo mereciam uma estreia destas!! Está prometido o regresso em breve, quem sabe já campeões!!