Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Colheram o que semearam...

O autismo da nossa comunicação social após o jogo do Dragão foi um dos factores que permitiram com que hoje ainda haja jornaleiro a dar voltas á cabeça para conseguir explicar a hecatombe do FC Porto na Alemanha.

Uns falam em erros defensivos, outros dizem que o patego espanhol falhou na abordagem estratégica para este jogo, parece que agora o interesse dos colossos europeus esfumou-se, outros porque faltaram Alex Sandro e Danilo, outros porque estava muito frio na Alemanha, outros era por falta de agressividade e etc...

O problema do FC Porto foi outro... Foi todos acharem que, com a ajuda da vitamina, a vitória da primeira mão se deveu á excelência da equipa do Porto, á excelência do seu treinador onde o puseram na rota do Real Madrid, que afinal o Bayern não era assim tão forte, ocultando sempre as ausências de jogadores chave no Bayern, tais como Robben, Ribery,Schweinsteiger, Alaba e Javi Martinez. Se juntarmos a isto a abordagem ao jogo em modo treino com que o Bayern encarou este jogo, os erros que permitiram dois dos três golos do Porto são disso exemplo, e temos os ingredientes para haver surpresa... Sem falar que esconderam por completo que no primeiro golo do Porto existe falta do Jakson.

Só alguém sem o minimo de noção do que tem sido o Bayern nos jogos em casa poderia pensar que o Porto conseguiria passar a eliminatória. E mais dificil ficaria se os ausentes regressassem... O Guardiola não anda a dormir e anda há muitos anos no futebol e aquela referência á infiltração de Jakson foi um recado para dentro do FC Porto a dizer que sabia das vitaminas do primeiro jogo, ou alguém acha que o Guardiola ia falar numa infiltração num jogador assim do nada e ainda por cima uma coisa legal e muito usada no futebol? Assim, o FC Porto foi obrigado a recuar no suplemento vitaminico e por isso é que vimos muitos Portistas a dizer que a equipa não mostrou a mesma garra, o mesmo empenho,  a mesma agressividade e a mesma velocidade da primeira mão...

O erro de todos foi acharem que o resultado da primeira mão foi fruto da classe e da categoria do FC Porto e do patêgo espanhol, escamoteando o facto de o Bayern jogar desfalcadissimo, em ritmo de treino e onde houveram jogadores que cometeram erros que raramente comentem, sendo que um desses erros resulta de uma falta de Jakson. Esta malta toda acreditou piamente que o Bayern não iria conseguir marcar dois golos ao Porto num estádio onde a maioria das equipas que lá defrontaram o Bayern sairam derrotadas e muitas delas goleadas... Colheram o que semearam!&

Imaginem o que seria com Robben, Ribery, e Javi Martinez em campo...



1 comentário:

  1. CHAMA SE A ISTO CAIR NA REAL. O PIOR CEGO E AQUELE QUE NAO QUER VER

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado