Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Sobre a Supertaça


Devido a férias só agora é que venho falar sobre o jogo da Supertaça.

O que irei escrever é única e exclusivamente sobre o jogo em si e não sobre o actual estado da equipa do Benfica, texto que publicarei mais á frente.

Sobre o jogo tenho a dizer o seguinte:

Jogo em si: Não foi um jogo muito bem jogado, mas sim muito disputado!! Muitos querem passar a imagem de um jogo super-desequilibrado, dominado por completo pelo Sporting e com um Benfica completamente perdido e manietado. Quero dizer que não concordo na totalidade com este tipo de análise!! O Sporting venceu bem a Supertaça porque foi capaz de fazer um golo, mesmo ás 3 tabelas mas foi um golo. O Sporting deve ter tido mais 1 ou 2 situações de golo que o Benfica, não foram muitas durante o jogo. Situações de perigo, ou jogadas perigosas o Sporting teve mais mas foram sempre resolvidas de forma brilhante pelo Benfica, assim como as jogadas de algum perigo do Benfica foi bem resolvidas pelo Sporting. O jogo foi sempre muito equilibrado e dividido e é isso mesmo que dizem as estatísticas. Foram cinco remates para cada lado, em que 2 do Benfica foram á baliza do Sporting e 3 do Sporting á baliza do Benfica. Na posse de bola temos 55% o Sporting e 45% para o Benfica, o que se traduz em 49,5 minutos de posse de bola para o Sporting e 40,5 para o Benfica, uma diferença de 9 minutos, alguns deles em trocas de bola entre os centrais após o golo.

Benfica: A diferença entre o Sporting e o Benfica foram duas... Uma foi a visível diferença de "andamento" entre o Sporting e o Benfica. O Benfica pagou a factura de ter ido ganhar 3,5 milhões de euros para um clima "assassino" com viagens longas e desgastantes, ainda para mais em fase de pré-época. A equipa chegou na segunda-feira à noite, teve folga na terça-feira e a partir de quarta-feira foi para preparar a Supertaça e recuperar as mazelas da digressão, ou seja, foram 4 dias para fazer tudo isto... A segunda foi aquilo que eu sempre disse, e mantenho, de JJ... O seu modelo de treino é absolutamente fantástico porque os jogadores assimilam as suas ideias de jogo de forma muito rápida. Foi assim no Benfica e está a ser assim no Sporting. O Benfica mostrou que ainda está longe das ideias que certamente Rui Vitória tem para a equipa. O Gaitan jogou muito "preso" na ala, o Talisca nem foi 10 nem segundo avançado, o dois médios centros são muito iguais e Samaris não conseguiu criar jogo nem transportar jogo da forma que faz Pizzi e quem sofreu com isto tudo foi mesmo o Jonas que andou numa autêntica "luta" com os centrais do Sporting quase sempre em lances de cabeça. O Rui Vitória errou na abordagem ao jogo, na escolha do 11 e na forma da equipa jogar. O Talisca tem de ter bola no pé, tem de jogar de frente para a baliza adversária, tem de ser mesmo um 10, tem de baixar mais e organizar jogo a par de Pizzi. Quando Gaitan vem ao meio, Pizzi ou Talisca "fogem" para os corredores, a equipa não pode ser tão estática. Foi nisto que o Benfica falhou!!! Não houve dinâmica, não houve quem organizasse e transportasse o jogo do Benfica e quando Pizzi entra a diferença notou-se mas, se calhar, se o Talisca baixasse um pouco mais para junto de Samaris e os dois organizassem jogo, o Benfica desenvolvida outro futebol ofensivo. Defensivamente não estivemos horríveis mas há posicionamentos que têm de ser corrigidos. A linha de fora-de-jogo quase nunca surtiu efeito, as bolas colocadas entre os centrais e os laterais foram uma constate, aqui os laterais têm de fechar mais por dentro, e a pressão ao portador da bola foi quase inexistente.

Sporting: O Sporting apresentou-se à Benfica como seria de esperar. Tiveram uma ou outra jogada bem delineada, mostraram estar melhores fisica e tacticamente mas ainda cometeram muitos erros, principalmente defensivos. Um Benfica com outro andamento poderia ter feito estragos!!! Apesar de algumas dificuldades ainda, e ao contrário do Benfica, percebeu-se a sua ideia de jogo, percebeu-se que a equipa sabia o queria fazer com a bola e sem ela, apesar de muitos erros ainda que levaram algumas vezes JJ ao desespero. Ainda há aquela tentação dos laterais de centrarem a bola sempre que a recebem na linha á procura de Slimani, com JJ o lateral tem jogar mais curto, muitas vezes ir por dentro. Uma boa entrada na segunda parte, já tinha sido assim na primeira parte, foi o suficiente para fazerem um golo ás três tabelas.

Arbitragem: Na minha opinião uma má arbitragem!!! O Adrien jamais acabaria o jogo se o árbitro cumprisse as regras, o mesmo para o Silvio e ao Slimani dou o beneficio de ser avançado e depois de um amarelo um avançado só vê outro se for mesmo muito burro. O lance em que é supostamente invalidado um golo ao Sporting não sei se o auxiliar marca fora de jogo ou dá a indicação que a bola fez um arco por fora aquando da marcação do canto, o que me pareceu que aconteceu efectivamente. Ficou um penalti claro por marcar a favor do Benfica por falta clarissima sobre Gaitan. Se alguém se pode queixar é o Benfica que viu um penalti não marcado. O lance do Sporting, a bola fez um arco por fora, portanto, deveria ter sido pontapé de baliza. Não creio que o árbitro quisesse prejudicar propositadamente o Benfica senão tinha validado o golo ao Sporting.


1 comentário:

  1. "O Benfica mostrou que ainda está longe das ideias que certamente Rui Vitória tem para a equipa."

    Quais?

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado