Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Hoje tivemos de volta o "Rolo Compressor"

Quando o Benfica joga desta forma não há adversário que resista!!! Agressivos na defesa, meio campo e ataque!!

Com Gaitan a música é outra!!! O que vinha faltando ao Benfica era um maestro para que com Pizzi o Benfica conseguisse produzir futebol de qualidade e fazer mais jogo interior. Com dois extremos puros, como Ola John e Salvio, o Benfica tinha pouco jogo interior e quando o tentava fazer pouco ou nada fazia porque só Pizzi não chegava para as encomendas. Assim o jogo do Benfica era demasiado lateralizado acabando muitas vezes em cruzamentos para a área sem resultados. E foi isto que nos faltou em Alvalade, que se notou emalguém que transportasse jogo, alguém que aparecesse junto a Pizzi em zonas mais interiores.

E, para mim, Gaitan e Pizzi foram os homens do jogo!!!

Tenho pena que o Bernardo Silva não tivesse ficado no plantel do Benfica este ano porque para mim seria o novo Gaitan na próxima época.

Para fazer as funções de Gaitan só temos... O Gaitan... O Sulejmani não consegue encontrar-se, o Talisca não conta para JJ nessa posição e Pizzi é o 8 que precisamos.

Já sei que vai haver aí cúmentadeiros que vão procurar mil e uma razões para esta vitória expressiva. Uma coisa é certa, jamais será fruto da competência, do trabalho e da qualidade do Benfica.

Em relação à arbitragem... Aposto que se vão agarrar com unhas e dentes em algum amarelo por mostrar contra o Benfica, ao penalti que será considerado excesso de zelo e ao vermelho do jogador do Estoril que podia ser evitado para beneficiar o espéctaculo.



CARREGA BENFICA!!!!

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Já estamos mais que avisados...

Eu quero acreditar que a equipa esteja mais do que avisada para o perigo que corremos amanhã. É vesperas de um derbie que pode ser importante na definição do titulo. Se facilitarmos como fizemos com o Paços e com o Moreirense,  estamos a por-nos a jeito para que a campanha do colinho funcione e que sejamos alvo de uma "capelada".

Espero que tenham mostrado aos novos e relembrado aos mais antigos o jogo com o Estoril de há dois anos . Neste jogo temos de entrar demolidores e simplesmente dizimar o Estoril, com todo o respeito que o Estoril obviamente merece.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Grupo fácil na Campions?

O Leverkusen venceu o Atl. Madrid por 1-0.

O Mónaco foi vencer a Inglaterra o Arsenal por 3-1.

Depois o Benfica é que tinha um grupo fácil...







terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

O perdão da treta


DIVULGUEN ISTO AO MÁXIMO!! NÃO DEIXEM QUE A MENTIRA PREVALEÇA SOBRE A VERDADE!!


Juniores: Estamos nos quartos-final


Trememos mas não caímos

Não caímos mas a jogar assim podemos cair...  Já sei que muitos irão dizer que preferem jogar mal e vencer que jogar bem e perder,  como é óbvio,  o que eu quero é conquistar os 3 pontos.  Mas não posso fechar os olhos para a dificuldade que o Benfica vem demonstrando em termos ofensivos.  O Gaitan está a fazer muita falta neste momento.  Jogar com dois alas bem abertos e só Pizzi no centro como criativo é insuficiente.  Ainda para mais quando jogamos com dois pontas de lança,  dois homens que não estão talhados para organizar o jogo. A juntar a isto temos um Talisca a acusar desgaste,  não fosse isso e eu jogaria com Jonas e Talisca na frente quando não há Gaitan.

Defensivamente o Benfica deve ser a equipa que melhor defende na Europa. Não estou a falar a defender com muitos atrás mas sim a defender com poucos,  ou seja,  os adversários do Benfica chegam poucas vezes á baliza do Benfica com condições para marcar. O Moreirense fez dois remates á baliza do Benfica.

Quanto á arbitragem,  nada a apontar. A expulsão é correctissima depois de sabermos o que disse o jogador do Moreirense. O canto que dá o primeiro golo do Benfica não devia ser canto,  nem pontapé de baliza,  deveria ter sido penalti.

CARREGA BENFICA!!!









quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Sentido de humor lagarto

O Sporting só tem sentido de humor quando são eles a fazê-lo... Quando lhes toca a eles, aqui del'rei que é um desrespeito pelo Sporting e pelo Rui Patricio.

Não passam de uns hipócritas!!! E ainda metem ao barulho o Benfica... O que teve o Benfica a ver com isso? Razão tinha Paulo Bento quando disse que o Sportig tinha, e tem, um complexo de inferioridade em relação ao Benfica.






Je suis Sagres

A hipocrisia não tem limites...

Foi há bem pouco tempo que andou por aí uma onda de solidariedade pelo atentado ao jornal francês Charlie Ebdo... Nessa altura eram todos Charlies, eram todos a favor da liberdade de expresão, eram todos a favor da forma como o jornal caricaturou de forma cómica várias pessoas e credos. Eram todos Charlies!!! Je suis Charlie era o lema da altura...

Bastou a Sagres fazer um video sobre uma cena cómica que aconteceu com um desportista e cai o carmo e a trindade. Todos podem ser Charlie menos a Sagres!!!! Ou melhor, pode-se gozar com todas as figuras Mundiais menos com o Rui Patricio, aí já não somos Charlies, aí perdemos todo o nosso sentido de humor, aí já não está em causa a liberdade de expressão.

O que digo é que essas pessoas não passam de gente hipocrita!!!!! Hoje são Charlie mas se amanhã brincarem com algo que lhes toca já deixam de ser Charlie.

Tenham vergonha na cara!!!!

JE SUIS SAGRES!!!!!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Vitória tranquila

Depois do que se viu para a Taça da Liga, no campeonato não seria muito diferente. O Benfica a jogar em casa dificilmente perderá pontos.

O Setúbal nunca foi capaz de incomodar Artur em todo o jogo. O destaque vai para Pizzi que fez um excelente jogo, no entanto, é muito cedo para fazer avaliações, ainda para mais com o Setúbal. Veremos em futuros jogos.

O suposto penalti nem o vou comentar porque o jogador do Setúbal estava em fora-de-jogo.


CARREGA BENFICA!!!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

6 em 8

E lá vamos nós disputar a nossa 6.ª final em 8 edições da Taça da Liga, competição que vencemos por 5 vezes e espero que vençamos a 6.ª.

O jogo não teve grande história. O Benfica entrou como se de um treino de descompressão se tratasse depois do jogo intenso no fosso. Este inicio relaxado poderia-nos ter custado caro, não fosse Lisandro a fazer um corte a evitar o golo do Setúbal. A partir daqui foi jogo de sentido único mas, diga-se a verdade, sem grande inspiração e sem grande velocidade. Com o primeiro golo de penalti e expulsão do jogador do Setúbal, o jogo ficou decidido.

Uma referência para Gonçalo Guedes que fez um excelente jogo e com os minutos que vai jogando vai crescendo, e para Ruben Amorim que regressou após longa paragem. Se não tiver mais nenhum azar é um reforço de inverno de peso.

Quanto à arbitragem, de salientar que as duas grandes penalidades foram bem marcadas. O cartão vermelho no primeiro penalti é acertado e deveria ter acontecido o mesmo na segunda grande penalidade, pois Talisca preparava-se para rematar à baliza em posição frontal e só com o guarda-redes pela frente. Faltou dar o amarelo ao Suk por simulação de penalti. Podem dar as piruetas que quiserem mas não existe contacto absolutamente nenhum entre Lisandro e Suk. De registar ainda um penalti por marcar contra o Setúbal por mão na bola. Ao que parece os comentadores referiram o lance, disseram que seria penalti mas depois quando anunciavam que os lances polémicos iriam ser analisados só fizeram referencia aos penaltis concretizados do Benfica e a simulação de Suk, este lance deverá ter ficado esquecido como é muito conveniente.

Entretanto o Dani veio dizer que: «Há ladrões que estão presos e não roubam tanto». Aceito que um jogador tenha liberdade de expressão e possa dar a sua opinião, agora da forma como ele o fez é que não o pode fazer. Com esta declaração já ficamos que Benfiquista não é de certeza...


quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Objectivo 1000 "Gostos"

Estamos a 50 "Gostos" de chegar aos 1000 na nossa página de Facebook!!!

Ainda não visitaste a nossa página do Facebook? Estás à espera de quê?

Bora lá e ajuda-nos a atingir a marca dos 1000 "Gostos" aos fazeres "Gosto" na nossa página do Facebook!!

(clica e faz "Gosto")

Fico à tua espera!!!


terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Corte de relações entre Benfica e Sporting

Vou começar pelo inicio... A malta das claques tem de começar a puxar pelos neurónios. Pelo facto de apoiarem, e bem, a equipa em TODOS os jogos, não lhes dá o direito de fazerem aquilo que bem entendem colocando em causa o bom nome do Benfica. Aquela tarja relativa à morte do adepto leonino é de um nojo e asco que não consigo descrever. Aquilo foi do mais baixo e do mais nojento e não é Benfica!!! Aquilo não é Benfica!!!! Desculpem mas não podemos andar a falar dos outros e depois temos os mesmos comportamentos. Estou-me a borrifar para o que eles já fizeram!!! Preocupa-me o que os nosso fazem e se é para fazer daquilo, então não precisamos de vocês no estádio ou no pavilhão. Prefiro um estádio ou pavilhão mudo do que ter malta a fazer barulho com tarjas daquelas. É isso e os petardos!!! Acabem com essa treta!!!! Isso serve para quê mesmo? Apoiem o Benfica como sei que vocês sabem fazer, com cânticos de apoio à equipa, com tarjas de apoio à equipa mas deixam-se de fazer coisas que só envergonham o Benfica.

Mas não pensem que a culpa é só vossa, porque não é!!! A direcção do Benfica deveria ter solicitado à PSP que fosse retirada imediatamente a tarja em causa, retirando também a tarja do Sporting que insultava os Benfiquistas. Tivessem feito isso e não era preciso se desculparem de absolutamente nada. Mas não!!! Ficaram quietos e mudos e no Domingo tiveram a resposta...

E em relação à resposta, os adeptos leoninos limitaram-se a responder à provocação de mau gosto porque quem não se sente não é filho de boa gente e responderam na mesma moeda. Como é mais do que óbvio, eu condeno as tarjas exibidas!!!! Mas condeno ainda mais a direcção do Sporting porque se querem ser diferentes deveriam ter feito aquilo que a direcção do Benfica não fez no Sábado, que era mandar retirar as tarjas. E aí eu tiraria o chapéu ao Sporting e aplaudiria de pé!!! Mas a direcção não fez nada disso e ainda ajudou na festa... Não apresentou o 11 inicial do Benfica, não anunciou as substituições do Benfica e o speacker do estádio referiu-se sempre ao Benfica como "visitante".

Depois de tudo isto temos o comunicado mais hipócrita que pode haver!!! Condena que o Benfica não tenha feito um pedido de desculpas pela tarja de Sábado mas não o faz em relação às tarjas que os seus adeptos colocaram no Domingo, nem ao comportamento anti-desportivo do clube e do speacker. Este comunicado faria sentido, e eu aplaudiria de pé, se tivessme eles mostrado que são efectivamente diferentes, mas não o fizeram e como tal, Bruno de Carvalho, e o Sporting, foram hipócritas.

Quanto ao corte de relações, mas elas existiam? Então mas o Benfica não andava de mão dada com o Porto? Então o Benfica não era uma das nádegas como ele referiu? Então não foi ele que falou em casamento entre o Benfica e o Porto? Em que ficamos? Mas ficas a saber que o Benfica não precisa do Sporting para absolutamente nada!!! Nada!!! Porque vocês são falsos como judas mas querem passar a imagem que são a Virgem Maria. A mim tu não me enganas e penso que o Vieira também já te topou a milhas... Espero que o Benfica responda à altura a este senhor apresentando as imagens das tarjas de Sábado e Domingo dos seus adeptos e que coloque a nú a falta de fair-play desta direcção do Sporting .

Quanto à declaração do João Gabriel... Patética!!! Aquilo é descer ao mesmo nível deles. Inconcebível!!!


Olé



Portugal 10 de Fevereiro de 2015

Conseguimos um bom empate em casa do SCP, com essa saborosa perversidade de marcarmos na última jogada do desafio, mostrando que as derrotas com Chelsea e FCP no último minuto, não são questão de maldição ou incompetência, mas sim fruto das “leis” próprias do futebol.
Foi um jogo de padrão diferente de tantos que temos feito, mas convenhamos que não foi muito diferente do que fizemos em casa do FCP. Na altura fomos mais felizes e marcamos dois golos, desta vez não conseguimos. Por mérito do adversário, ou por demérito nosso, o que é um facto é que não conseguimos chegar à baliza deles, como chegamos à baliza do FCP. E na única vez que o fizemos, marcamos um golo, o que foi algo de justiceiro para a campanha que a comunicação social sportinguista fez durante a semana contra o Artur Moraes.
O empate e o padrão de jogo apresentado por Jesus fizeram palrar os habituais “filósofos futebolísticos” benfiquistas. Uns, porque Jesus teve “medo” do SCP, outros porque tivemos “sorte”. São os mesmos que quando perdemos com o Chelsea e com o FCP terão dito que o Benfica arriscou de mais. De facto não lembra a ninguém jogar contra o Chelsea com 2 avançados, Lima e Cardozo, contra um do adversário, Torres. E jogamos. Ou no caso do FCP, não lembra a ninguém substituir Ola Jonh por Aimar a 8 mn dos 90, obrigando Enzo Peres a desviar para a ala direita (onde estava Ola Jonh) saindo do miolo onde, com Matic fazia uma muralha intransponível, provocando o desequilíbrio organizacional de onde surgiu o tal golo que veio branquear uma data de erros de arbitragem contra o Benfica.
Os filósofos benfiquistas são o pior que pode existir neste clube.
À critica do ao “medo”, respondo que o plantel milionário do Chelsea jogando no seu estádio, se apresentou com um modelo táctico e funcional para não sofrer golos, quando há 1 semana atrás jogou contra o Man City, num jogo que empatou 0-0. E nessa altura, Mourinho foi elogiado pelo pragmatismo e capacidade de adequar a exibição à necessidade de um resultado específico. Qual a diferença entre O Chelsea e o Benfica, que jogando no estádio de um adversário moralizado, privilegiou um modelo de jogo reactivo que impedisse o adversário de marcar golos? Fomos bem sucedidos, com sorte e competência. Porque razão Jesus tem de ser acusado de algo que Mourinho não foi? Porque treina o Benfica? Porque doeu ao SCP? Porque não andou a estudar com Mourinho?
À crítica “sorte” e em particular ao jornal A BOLA que chamou para título principal “sorte grande”, apenas recordo o título quando o Benfica perdeu com o Chelsea: “maldição”, que não deve ter sido muito diferente do que quando perdemos com o FCP um jogo e um campeonato. Porque razão o Chelsea não teve sorte, o FCP não teve sorte, e o Benfica teve?
Já agora: qual foi o título de A BOLA quando o SCP venceu o Braga com 1 golo de livre directo no último minuto?
Quem não percebe porque existe uma certa cultura anti-Benfica a partir da comunicação social, estes exemplos fundamentam essa tese...
Quanto ao jogo em sim, jogando numa táctica de 4-4-2 com 2 avançados mais ou menos móveis, mas essencialmente com apetência pela baliza adversária, entende-se porque existiu espaço entre o meio campo e o ataque, situação de jogo por mim diversas vezes criticada ao longo deste e anteriores campeonatos. Talvez resida nesta opção a nossa menor competência relativamente ao jogo com o FCP, onde apenas fizemos alinhar 1 avançado, Lima e mais um médio, Talisca.
Há anos que critico esta forma de jogar, tão tradicional no Benfica, porque se comprova que não funciona com adversários de melhor nível. E quer se queira, quer não, o SCP era um adversário moralizado, com não sei quantas vitórias consecutivas, com um treinador que quebrou não sei quantos mitos vencidos, etc, etc. Como na final com o Chelsea (Lima e Cardozo) onde a dificuldade era o poderio adversário.
Por último, acho que agora já poderiam colocar um dos muitos jornalistas avençados a perguntar a Jesus: “com este empate o Benfica já perdeu tantos pontos na 2ª volta, como em toda a 1ª volta. Ainda acha que consigo o Benfica é mais forte na 2ª volta como disse há tempos?”. Penso que era importante que alguém confrontasse Jesus com as suas afirmações, pois não tenho dúvidas que levaria a equipa a ser mais humilde, mais focada nas dificuldades dos adversários, mais conscientes que não se podem perder mais pontos se quisermos ser campeões. E ajudava um pouco Jesus a pensar melhor antes de falar.
Uma coisa é perceber muito de futebol. Outra bem distinta é saber gerir as múltiplas implicações das mensagens que se mandam cá para fora.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Responder dentro do campo

Durante esta semana foram escritas coisas que só neste país... Desde a questão da renovação a JJ, os frangos de Artur, de falarem ex-jogadores do Sporting sobre a última vitória desse clube, a única em 10 anos, corrijam-me se tiver enganado, e até Mauricio que nunca venceu 1 derbi mas foi entrevistado porque marcou um golo ao Benfica.

Todos percebemos bem a intenção mas o Benfica fez o que tinha a fazer... Silêncio total!!!!

Espero que a resposta esteja a ser preparada para ser dada em campo... Para nós será mais uma vitória rumo ao objectivo 34, para os outros será o mesmo que a conquista de um campeonato. Se perdermos, será somente um precalço no nosso caminho, manteremos o primeiro lugar por muito que tentem passar a ideia que não. Os outros continuaam atrás á espera que o Benfica escorregue e rezar que a sua equipa não perca pontos.

Mais logo teremos de entrar com humildade e respeito pelo adversário mas cuidado para não o respeitarmos demais...

CARREGA BENFICA!!!!









terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

MAXImizar o efeito...



Portugal 3 de Fevereiro de 2015

O nosso desporto é pior que as novelas que todos os dias nos trazem episódios diferentes, para entreter. A diferença é que no desporto os novos episódios nos devem suscitar alguma reflexão.
Começando pelas partes boas, vencemos a Taça Hugo dos Santos dando continuidade ao domínio hegemónico que vimos exercendo no Basquetebol, no Futsal vencemos o Braga pela segunda vez consecutiva em sua casa, no Hóquei tivemos uma vitória mais difícil do que o esperado contra o Hóquei de Barcelos, apuramo-nos para a fase seguinte da Taça de Portugal em Vólei e só destoou o Andebol onde voltamos a perder com o ABC (2 jogos, 2 derrotas) e já estamos a 7 pontos do 1º lugar, o invariável FCP, havendo poucas mas algumas possibilidades de encurtarmos distâncias para entrarmos na 2ª fase com o mínimo de distância pontual possível.
No futebol tivemos uma exibição de boa qualidade, que a comunicação social lisboeta confundiu com facilidades concedidas pelo Boavista. Ainda bem que pensam assim, pois contra o SCP esperamos que esta qualidade exibicional se mantenha, para eles voltarem a dizer o mesmo. No Benfica, como não me canso de repetir, o copo está sempre meio cheio, excepto quando ganhamos ao SCP.
Destaco na vitória sobre o Boavista, Maxi Pereira, um exemplo de profissional que se confunde com o que consideramos ser um jogador “à Benfica”: não dá uma bola por perdida, remata com o pé que tem mais “à mão” e está sempre em jogo. Foi ele quem fez a assistência para o 1º de Lima e foi ele a marcar o 2º golo com o pé esquerdo, teoricamente o seu pior pé.
No geral penso que o Boavista quis perder por poucos, pois só talvez a meio da 2ª parte se abriu um pouco mais, e também penso que o árbitro estava bem colocado para marcar os dois penaltys que existiram, e para não marcar o que marcou, e que não existiu pois ainda não há lei que transforme livres fora da área em penaltys dentro da área. Mas este é o Hugo Miguel que há 3 épocas em Coimbra viu Aimar ser ceifado dentro da área e ainda conseguiu marcar falta contra o Benfica, perante o silêncio da nossa Direcção.
Nestes dias tivemos também dois acontecimentos “sociais”, a despedida da arbitragem do “heterossexual e benfiquista”, Sr.º Proença e a apresentação da biografia do dito super empresário Jorge Mendes. Em ambas as ocasiões, lá esteve o Sr.º Vieira, sorridente, ao pé dos seus amigos do futebol, de tanta e tanta gente que lhe abriu as portas para ser o que hoje é. à custa do Benfica.
Não me incomodou ver Vieira dar um abraço efusivo e até algo comovido, ao Proença que tantas e tantas vezes nos “roubou” em campo, e que alguns campeonatos nos tirou. Vieira consegue dizer hoje uma coisa e amanhã o seu oposto com a mesma naturalidade de quem acordou de um sono letárgico entre um dia e o outro. Assim como consegue aparecer no local onde sabe que as televisões estavam, para zurzir – faz - de conta no Proença, após o jogo perdido para o FCP com um golo em fora de jogo de 2 metros, mas na hora da verdade, nunca patrocinou uma queixa do Benfica contra Proença ao contrário do que fez o SCP contra Bruno Paixão e Duarte Gomes, entre outros, e o FCP contra Bruno Paixão entre outros.
Há que fazer de conta, pois os sócios do Benfica isso esperam do Presidente do Benfica. Mas na hora da verdade, lá esteve na homenagem e lá estará a apoiar uma promoção de Proença a um qualquer lugar internacional de relevo, pois a vida de Vieira no Benfica não se faz a pensar no clube, sócios e seus interesses, mas sim na forma que ele tem de tirar o maior partido de cada situação. Nem que seja na vertente social.
Podia também falar de Vieira e da sua “aposta na Formação”, título de um chavão que a comunicação social avençada “vende” bem aos adeptos do Benfica (pois há muitos que acreditam e elogiam os progressos na Formação), mas vou terminar com a evocação dos dois derbys com o SCP, um para o campeonato e que é mais importante do que o outro para o Futsal também para o campeonato.
Uma vitória no Futebol “arruma” o SCP e dá-nos confiança. Nos últimos tempos contudo temos vindo a assistir a uma alteração de discurso de Jorge Jesus, mais arrogante e menos humilde como era a sua imagem de marca. A afirmação “os adversários é que têm de olhar para cima” não se encaixa no padrão da sua filosofia de “pastilha elástica”, como lhe costumo chamar.
O SCP vem de uma longa de série de jogos a ganhar, pelo que matematicamente está mais perto do jogo que não vai ganhar. Nós iniciamos com o Boavista uma nova série de jogos a marcar golos, que a manter-se 80 e tal como de costume, nos garante um golito no mínimo em Alvalade. Vamos ver para que lado cai a matemática. Que não tem a ver com quem joga, se é o Artur se o Júlio César. Nos 3 últimas deslocações a Alvalade para o campeonato, com Artur apenas perdemos 1 vez, com um golo de penalty, e “roubados” de princípio a fim de jogo pelo Soares Dias, para dar o título ao FCP. Também ganhamos 1 e empatamos 1.
No Futsal, o jogo não é tão decisivo, mas joga-se para ganhar. O Benfica dificilmente sairá do 1º lugar da fase regular e irá começar o play-off com o factor casa a favor, em caso de necessidade de desempate.
Esperamos que se consiga Maximizar o efeito da última jornada, vencendo novamente....