Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

O mais importante foi conseguido mas...

Vitória por 4-0 e três pontos importantes depois de duas derrotas seguidas, uma delas uma goleada em casa.

Em termos exibicionais não andámos muito longe do jogo do Sporting só que desta vez fomos nós que marcámos e chegámos ao intervalo a vencer por três a zero.

O caminho faz-se assim, caminhando... Mesmo que a coxear...

O Clésio e o Talisca foram a novidades no onze inicial. todos nós ficámos perplexos com a convocatória e ainda mais quando o vimos no onze inicial mas tudo foi explicado no flash-interview por parte de Rui Vitória. O Clésio tem trabalhado com a equipa principal e está a ser preparado para lateral direito. Ao que parece o mesmo poderá acontecer com Nuno Santos mas para a esquerda.

O Jonas continua a ser uma espécie de 10 e desta vez colocou alguém no meio campo com capacidade para pensar e criar jogo, o Talisca.

Agora quero-me concentrar no Jonas... Que tal aquele golo à ponta de lança? Hum... Cabeceamento no meio dos dois centrais, portanto, a utilidade do outro avançado pouca importância teve no lance, além do mais o Jonas nem sequer vem de trás, está lá, adivinha onde a bola vai cair, salta mais alto que os seus adversários e faz um belo golo de cabeça, À PONTA DE LANÇA!!!

Portanto, aqueles que dizem que Jonas não pode jogar a ponta de lança sozinho, têm aqui mais uma prova que isso não é verdade. Agora imaginem o menino ter alguém nas costa e ao lado para fazer as tabelinhas em progressão ou alguém para lhe meter a bola nas costas da defesa ou em diagonais.

Quero também salientar as diagonais dos extremos do Benfica. Estás quase lá ò Rui Vitória!!


Atenção, não quero Talisca ao lado do Jonas mas sim atrás do Jonas, a 10, apoiado por Pizzi, Gaitan e Guedes.

Continuam lá os erros posicionais e as dificuldade do Benfica em criar jogo.

As estatísticas foram muito idênticas menos na posse de bola e não esquecer que jogamos contra o Tondela...



Um dérbi lix(istr)ado...



Portugal 30 de Outubro de 2015

Perdemos o derby por um resultado bastante pesado, tendo em conta o que estávamos habituados com o anterior treinador. A última derrota caseira por 3-0 aconteceu com a Académica, com Camacho e antes disso, e que me lembre nos anos mais próximos, tínhamos perdido com o Boavista 3-0 com Souness (estive no estádio a ver o jogo).
Por uma questão de racionalidade abrangente e transversal aos vários períodos de liderança do Benfica, podia falar aqui da comparação das equipas de tostões de Vale e Azevedo, com as equipas de milhões de Vieira, mas o que importa mais sublinhar é que estas derrotas desniveladas tiveram sempre um sabor amargo e doloroso.
Todas tiveram as suas próprias explicações, sem que com isso se possa dizer que podiam ser evitadas. Porque, e ao contrário do que os pensadores mais notáveis do futebol português defendem, aqueles pensadores que depois do jogo sabem tudo mas nunca treinaram uma equipa de futebol (e se o fizeram, nunca ou quase nunca foram bem sucedidos), um jogo de futebol precisa de 3 equipas, e há uma que sendo a mais pequena, pode comandar os ritmos do jogo, a favor de um lado contra o outro, pode condicionar os instantes das alterações tácticas por parte dos treinadores por interferência com decisões que originam ou impedem golos, podem marcar os instantes das substituições, etc., e tudo com base na forma como interpretam e aplicam as leis de jogo.
Nesta perspectiva, não se pode ser campeão sem arbitragens competentes, isentas, onde o erro se resuma ao limite natural da capacidade humana. E assim seja para todas as equipas. Só com erro tendencialmente nulo, podemos apreciar e avaliar o que vale uma equipa de futebol, o seu treinador, os seus jogadores.
Como se sabe, a comunicação social com a omissão (o silêncio que Vieira tanto gosta) do Benfica tem criado ou sugerido a ideia que somos beneficiados ou que andamos embrulhados com esquemas menos próprios com os árbitros, quando na realidade é o contrário que se passa. Não há inocentes nestas matérias, mas numa escala de interferência/condicionalismo dos árbitros, FCP e SCP vão uns anos à nossa frente.
Dito isto, eu resumiria o dérbi em 3 períodos distintos: 1) até ao golo do SCP, 2) entre o 1º golo do SCP e o intervalo, 3) toda a 2ª parte. São períodos com características muito próprias e como tal devem ser analisados.
No 1º período não existiu uma tendência de jogo definida, embora o Benfica tivesse mais ataques do que o SCP que já se postava com uma táctica reactiva de esperar pelo erro, mais do que o provocar.
No 2º período o domínio táctico e mental dos jogadores do SCP foi total, e a equipa do Benfica andou um pouco perdida em campo, raramente sabendo fugir à enorme pressão que 2, 3 e até 4 jogadores adversários faziam sobre o nosso homem que tinha a bola, e o espaço envolvente, impedindo assim as nossas linhas de passe.
No 3º período o Benfica tentou, o SCP defendeu (há quem lhe chame “gestão”) os 3 golos de avanço, e espreitou erros do Benfica, mais do que os provocar. Sublinho isto porque abona em favor da generosidade táctica do Benfica que continuou a procurar jogar o jogo pelo jogo, tentando marcar golos, objectivo principal de qualquer partida.
O “bom” jogo do SCP deveu-se a terem um golo de avanço, que lhes permitiu pressionar o nosso jogo, mais do que construir o seu jogo. Pressionar para procurar o erro, para depois contra atacar aproveitando o adiantamento do Benfica (a perder, ninguém coloca os jogadores na sua grande área).
Esta perspectiva do jogo parece-me pacifica e conclui assim: se Xistra assinalasse o penálti sobre Luisão, e se este fosse convertido), o panorama táctico e mental seria completamente diverso. Eram os jogadores do Benfica que teriam a folga de um golo do seu lado, eram os jogadores do SCP que tinham de ir atrás do prejuízo. Eram os jogadores do Benfica que podiam pressionar mais, eram os jogadores do SCP que tinham de construir mais (o que leva a pressionar menos, pois os jogadores ou estão num lado, ou estão no outro).
A influência do árbitro foi pois determinante. Não só nesse instante do jogo, fase inicial da partida, como pelo tempo fora. Terminou com 2 penáltis tirados ao Benfica, com a suprema habilidade de mostrar amarelo a Mitroglou por simulação (o penálti sobre Gaitan tinha sido 1 mn antes). Ora Mitroglou ficava isolado se não fosse derrubado com a anca do jogador do SCP, pelo que não se percebe porque quis simular o derrube que na realidade foi.
Poderão dizer-me que Xistra poderia ter expulsado Samaris com 0-3, pois fez duas faltas passíveis de cartão amarelo (agarrou o adversário). Mas o cenário corria-lhe de feição, o Benfica perdia 0-3 e ele sabia que tinha tirado 1 penálti ao Benfica, pelo que não valia a pena por em risco a imagem da sua arbitragem. Foi uma decisão de auto-defesa controlada. E sabe, com toda a gente, que depois disso pode entrar na lógica das compensações, para favorecer o adversário do Benfica. E foi o que aconteceu quando não expulsou Slimani por ter pontapeado Gaitan, ou quando não amarelou João Mário por ter pontapeado as “bolas” de Jimenez. Até na disciplina o SCP ficou a ganhar.
Por último, vi aí um trabalho de grande complexidade publicado no Ser Benfiquista, onde são divulgados vídeos com os supostos erros de posicionamento dos jogadores do Benfica. Os erros são definidos pela escala dos conhecimentos do autor (sempre subjectivos). O trabalho assenta contudo em dois erros de avaliação (pouco subjectivos): (1) ignora a qualidade competitiva do SCP (diferente do Estoril ou Belenenses por exemplo) e parte do princípio que os jogadores do Benfica teriam sempre de saber ultrapassar essa qualidade (a velha história da equipa que pode ganhar sempre, se for perfeita), (2) desvaloriza as implicações tácticas nas duas equipas, do 1º golo que naquele caso pendeu para o nosso adversário. É um trabalho interessante mas que nada acrescenta excepto criticar o desempenho dos nossos jogadores, os quais pelo contrário deveriam ser defendidos. Como por exemplo, invocando os erros grosseiros de arbitragem, como fazem Mourinho, FCP e SCP nas mesmas situações.

Pinto da Costa: «Benfica não negou acusações»



"O Benfica não negou nenhuma das acusações do ex-árbitro e veio com o ‘fait-divers’ de que teria sido o nosso treinador a ‘plantar’ a entrevista, como se fosse possível um jornal espanhol aceitar fazer uma entrevista porque interessava a este ou àquele", pode ler-se no texto.

O dirigente diz que as mais recentes declarações do ex-árbitro ao ‘As’ em nada diferem das prestadas "há três meses à RTP". "O que neste caso realmente importa é saber o porquê de passados meses das denúncias de Marco Ferreira nada ter acontecido quer nas instâncias desportivas, quer nas judiciais, como se o ex-árbitro nunca tivesse falado", escreveu Pinto da Costa, apontado o dedo ao lado de cá da fronteira: "Pode ser que a Federação ou o Ministério Público espanhol investiguem. (...) Porque cá por este retângulo há coisas em que ninguém quer tocar."

Num texto que escrevi à dias com o titulo Será que tiraram o projecto Roquete do baú?, digo lá que depois de tanto tempo calado o Pinto da Costa abriu a boca e face a isso eu estaria desconfiado se isto não será uma coisa concertada entre o triste do Sporting e o velho.


Pois aí está mais uma vez o velho a meter lenha na fogueira... Como no futebol Português eu não acredito em coincidências, estou cada vez mais convencido que uma espécie de Projecto Roquete poderá estar em andamento.


Espero que o Benfica esteja atento a estas movimentações, que na minha opinião, de inocentes não têm nada.

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

A RTP continua a brincar com o Benfica

A RTP só continua a brincar com o Benfica porque temos uma direcção, como diz o Rui Gomes da Silva, aburguesada senão já teriam a resposta adequada.

Aliás, se a resposta for igual aquela que têm tido os jornais desportivos depois de mentirem e atacarem o Benfica, então prevejo uma entrevista à RTP do Presidente ou de um jogador qualquer...

entretanto, ficamos todos com nosso Tweeter ligado à espera que o Sr. que se diz director de comunicação faça um tweet engraçado e irónico...

É assim que funciona o actual Benfica...

Enxovalhados...



Portugal 28 de Outubro de 2015

Num dos muitos momentos de agressividade que tem pautado o futebol português da “paz podre” em favor dos superiores interesses económicos de uma série de protagonistas com sejam Joaquim Oliveira, patrocinadores, empresários de jogadores e super agentes, dirigentes desportivos etc., o Benfica foi alvo de um ataque sem precedentes por parte do Presidente do SCP. Um ataque que não há memória nos anos mais recentes.
O ataque, gizado para atingir a preparação e desenvolvimento do derby de dia 25, desenvolveu-se a partir da participação de BdC no, passe a publicidade, programa “Prolongamento da TVI”, continuou depois com várias declarações do mesmo em várias actividades do seu clube, passou por entrevistas em duas televisões, a do próprio clube e a RTP África. Em todas estas participações o objectivo foi um só: atacar a credibilidade do Benfica, atacar figuras emblemáticas Benfica, como Eusébio, atacar a postura que o Benfica mantém na Liga e FPF, em suma ATACAR O BENFICA.
Ele não pretendeu esclarecer nada da situação económico-desportiva do seu clube, não pretendeu dissertar sobre as condições de igualdade de todas as equipas na competição, ele não quis falar do derby, ele apenas quis criar condições objectivas de fragilidade para o lado do Benfica, atacando em vários níveis de argumentação, sempre com a arbitragem no cerne do discurso, terminando com vários e sucessivos apelos à descida de divisão do Benfica.
Já depois da inacreditável entrevista que o ex-árbitro retirado Marco Ferreira deu ao AS, publicação espanhola que seguramente nem sabia quem era Marco Ferreira, veio o SCP através de comunicado emitido na véspera do derby, reforçando o teor dos argumentos do presidente do SCP, e pedindo novamente a descida de divisão do Benfica.
Perante o enxovalho continuado e crescente do Benfica na opinião pública, por acção do presidente do SCP e do própria Direcção do SCP, o que fizeram o presidente do Benfica ou a sua Direcção?
Diria que fizeram o que têm feito na gestão desportiva: a resposta do zigue-zague. Começaram por dizer que o ataque era tão baixo que não merecia resposta, no que foram acolitados pelo séquito habitual de oportunistas (António Figueiredo, Jaime Antunes, painelistas e paineleiros da BTV), a seguir e após uma semana de retórica sportinguista, Vieira, com o seu habitual oportunismo, enviou uma indirecta a Jorge Jesus na sequência da vitória em Madrid, quando da inauguração da Casa do Benfica de Abrantes, aproveitando para sublinhar o mérito de Rui Vitória em apostar em todos os jogadores dos 18 aos 30 anos. Como o BdC não se calava, atacando com mais e mais argumentos, o Benfica respondeu com a já esperada acção judicial contra Jorge Jesus, onde avaliaram o valor dos sócios e adeptos em 1 euro cada, e por último, e quando BdC já pedia a descida de divisão do Benfica lá vieram dizer que iriam interpor uma acção contra o SCP por danos morais provocados ao Benfica.
No final destas quase 3 semanas e perante a inépcia que, de tão habitual se chama incompetência de Vieira e “estrutura”, BdC tinha alcançado os seus objectivos: colocar o Benfica e Vieira (está agarrado ao lugar, disse) em sentido, e condicionar a arbitragem do derby.
A nomeação do suspeito Carlos Xistra foi apenas um pormenor neste longo processo. Tão “pormenor” como a nomeação de Proença na última vez que o SCP fez um “chavascal” idêntico, anunciando ao “mundo” que Proença era sócio do Benfica. Por mera coincidência acabamos por perder 3-1 em nossa casa, com uma série de erros de arbitragem que começou com 1 penalty inexistente que pôs o SCP em vantagem logo aos 8 mn.
Como hoje não pretendo dissecar o derby, coloco outra questão: o enxovalho ao Benfica teve sempre, da parte de Vieira e da Direcção, a mesma atitude passiva e até cristã, de dar a outra face, como agora? Vejam este link:
Este episódio aconteceu em Maio de 2004, o Benfica tinha acabado de ganhar a Taça de Portugal ao FCP (o que causa muita azia a gente dentro e fora do Benfica) e como podem ver Vieira foi até aos estúdios de TV onde os “paineleiros” colocaram a hipótese do Benfica ser sancionado desportivamente por ter inscrito irregularmente os jogadores Tiago e Ricardo Rocha. Entrou em directo no programa, mostrou cópias dos contratos que segundo ele, mostravam a lisura de processos do Benfica e fez uma afirmação, que há distância, não deixa de ser curiosa: comigo o Benfica não voltará a ser enxovalhado.
Como se vê, os tempos mudaram e Vieira também. Agora não se importa com o enxovalho, diário e permanente (ontem Bdc voltou a provocar o Benfica e os seus sócios)! Possivelmente porque sabe que a farsa da sua presidência, do projecto “sabemos para onde vamos”, começa a perder as bases que lhe têm permitido enganar os sócios e adeptos.
Duas notas de rodapé: 1) se repararam bem no vídeo, Vieira disse que estava em sua casa quando decidiu aparecer no programa. Vinha munido de cópias dos contratos da contratação dos dois jogadores. É habitual levarem-se cópias dos contratos para casa? Se sim, aqui está um erro que Vale e Azevedo cometeu e que hoje o senta no Tribunal por causa de “duplicados” diferentes dos “originais”. 2) Gomes da Silva terá criticado o “aburguesamento” da estrutura, excluindo Vieira da sua crítica, pela sua luta no Apito Dourado. Hoje Vieira já se pronunciou. 24 horas depois, a resposta surgiu. Relativamente ao enxovalho de BdC contudo, não há resposta de Vieira, não há defesa do Benfica. Pensem porra, pensem...

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Exclusivo: Bruno de Carvalho analisa arbitragem do derbi

video


Fica aqui o resumo da arbitragem feito por Bruno de Carvalho...

Espero que os dirigentes do Benfica tenham gostado da arbitragem...

Os regulamentos que Bruno de Carvalho estará a infrigir

Isto de andar aí armado em arauto da verdade desportiva tem muito que se lhe diga e gostaria de saber porque é que a Liga de Clubes ainda não abriu um processo disciplinar a Bruno de Carvalho que anda há duas semanas supostamente a infringir os Artigos 19.º, 68.º e 136.º do Regulamento de Disciplina da Liga de Clubes.

Esse sr. anda há mais de duas semanas a tentar condicionar todo o processo de inquérito que está a decorrer, este sr. anda há duas semanas a colocar em causa a honestidade e a idoneidade dos árbitros e delegados da Liga.

Este sr. anda há mais de duas semanas a dizer que o Benfica cometeu actos de corrupção ao oferecer vouchers, e escusa de fugir com o "rabo à seringa" porque as declarações de hoje, se é que havia dúvidas, são por demais evidentes quando se referiu ao Artigo 62.º. Neste caso, além do processo disciplinar a aplicar em termos desportivos, quando se provar que não houve qualquer violação do Artigo 62.º, o Benfica poderá mover também a Bruno de Carvalho um processo em tribunal por lesar a honra e o bom nome do Benfica.

Espero que os dirigentes do Benfica estejam à altura e que defendam sem intransigências o Benfica.

Estes são os artigos que o sr. presidente do Sporting poderá estar a violar e que ninguém fala, nem o Benfica:

Artigo 19.º Deveres e obrigações gerais

1. As pessoas e entidades sujeitas à observância das normas previstas neste Regulamento devem manter conduta conforme aos princípios desportivos de lealdade, probidade, verdade e rectidão em tudo o que diga respeito às relações de natureza desportiva, económica ou social.

2. Aos sujeitos referidos no número anterior é proibido exprimir publicamente juízos ou afirmações lesivos da reputação de pessoas singulares ou colectivas ou dos órgãos intervenientes nas competições organizadas pela Liga, bem como das demais estruturas desportivas, assim como fazer comunicados, conceder entrevistas ou fornecer a terceiros notícias ou informações que digam respeito a factos que sejam objecto de investigação em processo disciplinar.

3. Os agentes referidos na alínea b) do artigo 4.º são obrigados a apresentar-se aos órgãos de justiça desportiva se convocados no âmbito de um processo disciplinar ou de inquérito, mesmo quando neles sejam arguidos.


Artigo 68.º Declarações sobre a organização das competições

1. O clube que, publicamente, através de meio de comunicação social, por divulgação de escrito ou de outro meio de reprodução técnica, faça declarações ou emita juízos pondo em causa a imparcialidade ou a competência dos órgãos sociais da Liga, dos seus titulares ou dos funcionários e colaboradores da Liga encarregados da organização das competições, por causa e em virtude do exercício das suas competências relativas à organização das competições, é punido com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 25 UC e o máximo de 125 UC. 


Artigo 136.º Lesão da honra e da reputação

1. Os dirigentes que praticarem os factos previstos no n.º 1 do artigo 112.º contra os membros dos órgãos da estrutura desportiva, elementos da equipa de arbitragem, dirigentes, jogadores, demais agentes desportivos ou espectadores, são punidos com a sanção de suspensão a fixar entre o mínimo de um mês e o máximo de um ano e, acessoriamente, com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 10 UC e o máximo de 100 UC. 2. Em caso de reincidência, os limites mínimo e máximo das sanções previstas no número anterior são elevados para o dobro.


terça-feira, 27 de outubro de 2015

Será que tiraram o projecto Roquete do baú?

Até ao inicio da semana passada o que Bruno de Carvalho fez foi um ataque feroz à credibilidade do Benfica dizendo que o Benfica cometeu vários actos de corrupção ao oferecer os Vouchers. Esqueçam a treta das camisolas porque isso nunca esteve em questão, mas sim os tais Vouchers que podem fazer ultrapassar o tal valor recomendado de 183€.

No inicio da semana passada, sensivelmente, e após o silêncio sobre tudo isto, aparece Pinto da Costa com as suas habituais finas ironias de trampa. Passado mais 2/3 dias aparece a entrevista do Marco Ferreira ao jornal Espanhol AS onde fala de telefonemas de Vítor Pereira para beneficiar o Benfica, depois vem dar o dito pelo não dito e dizer que afinal nunca ninguém lhe ligou para beneficiar o Benfica. Mas o ruído estava lançado!!! Alguém acredita que foi o Marco Ferreira que ligou ao AS para dar a entrevista? Arranjaram a entrevista ao árbitro que todo contente disse o que lhe ia na alma e quem o ouviu colocou em papel aquilo que quem lhe ligou disse para colocar.

Eu vou aguardar para ver a postura do FC Porto a partir de agora porque ando muito desconfiado que isto foi tudo concertado entre o FC Porto e Sporting, como a nomeação do Proença para a Liga. Espero bem que o projecto Roquete não esteja já em marcha porque Pinto da Costa encontrou o maluco ideal no Sporting para levar isto em diante.

Como já disse, há coisas em que o Benfica não deve responder mas há outras, que pela sua gravidade, deveria responder sem provocações, sem entrar em diálogos e nisto dos Vouchers teria sido muito fácil. Bastaria o Benfica mostrar a tal caixa, dizer o valor dos vouchers, informar se os mesmo eram entregues antes ou depois das partidas e remeter depois tudo para a Liga e Federação para ajudar na investigação.

O mesmo com Marco Ferreira. Aquele tweet do João Gabriel e ao nível de clube amador e nao me revejo nessas posições. Era emitir um comunicado a informar que o Benfica nunca pediu nada a Vítor Pereira e nunca ligou a nenhum árbitro e que iria imediatamente accionar todas as medidas legais ao dispor para salvaguardar o bom nome do Benfica.




Vejam o que me assusta neste Benfica...

Eu falo aqui muitas vezes nas falhas posicionais da equipa do Benfica, sejam elas defensivas ou ofensivas, mas nunca consegui mostrar porque não tenho meios para o fazer mas alguém o fez no forum Ser Benfiquista de forma brilhante

Para muitos o grave é perder um jogo mas para mim perder um jogo pode ser algo natural no futebol se isso for a excepção que confirma a regra, que é a de vencer a maioria dos jogos. Mesmo nas derrotas podemos aferir se a equipa teve bons ou maus comportamentos, se há uma ideia de jogo, se foi só um dia mau e este Benfica de Rui Vitória, que já fez alguns jogos, não muitos, interessantes do ponto de vista ofensivo, continua a deixar-me preocupado... E muito!!!

Eu não estou preocupado por estarmos a 5 pontos, se vencermos o União da Madeira, ou por perdermos um jogo por 3-0, eu estou preocupado por aquilo que a equipa não fez, em termos ofensivos, por tudo o que de mau vi em termos defensivos, em termos posicionais, em termos de agressividade, em termos de pressão sobre a equipa adversária e sobre o portador da bola, a falta de intensidade, a ausência completa de uma ideia de jogo em condições, do constante jogo pelas laterais, pelo súbito desaparecimento de Jonas do jogo, dos dois médios que apesar de serem dois nunca estão onde devem estar, da ausência total de alguém que saiba construir jogo, que saiba fazer circulação de bola efectiva, que saiba jogar entre-linhas e etc...

O que me preocupou bem mais que o resultado contra o Sportign foi isto: Análise ao Benfica vs. Sporting

E sabem o que me faz ter ainda mais preocupação? É ter um treinador que não faça este tipo de estudo da sua equipa, não sei se Rui Vitória o faz mas se o faz está a demorar a corrigir as coisas.

Mantenho o que sempre disse, o Rui Vitória não pode e não deve ficar refém do 4x4x2 porque tem 3 bons pontas de lança e tem de jogar com dois, não tem de jogar com Jonas a fazer de uma espécie de 10 porque dizem que não pode jogar sozinho na frente.

O que Rui vitória tem de fazer é analisar o plantel do Benfica e ser fiel a si próprio, ás suas ideias de jogo e a um esquema táctico que domine e que tenha treino especifico para isso e não andar a jogar num 4x4x2 em que anda a improvisar e à procura de qualquer coisa boa.




Sem medo ó Rui Vitória!!!!


Este seria o plantel base com que Rui Vitória se deveria basear.

Dois jogadores por posição e bem definidas e só em circunstâncias especiais poderia haver algum tipo de alteração posicional. Por exemplo, os extremos estão trocados para procurarem mais jogo interior e naquelas posições o Talisca, Djuricic e Taarabt podem ocupar aquelas posições. Assim como o Gaitan pode ocupar a posição de médio ofensivo.

Eu sei que se calhar Pizzi não é o jogador ideal para a posição 8 mas é o melhor que temos no plantel a par de Cristante ou Talisca. Apostar no homem sem medo, dar rotinas e ritmo de jogo. O André Almeida poderá jogar no lugar de Fejsa se este não estiver em condições.

E não venham já com as tretas do Jonas sozinho na frente porque só jogará sozinho se não tiver apoio. Os extremos ao jogarem por dentro darão apoio tanto ao Jonas, ou outro avançado, assim como o 10 que estará nas suas costas.



Este seria o meu 11 base!!!!Está lá Sílvio porque nesta altura o Nelson está lesionado, senão eu até jogaria com Sílvio na esquerda no lugar de Eliseu.  Atenção que Djuricic, Taarabt ou mesmo Gaitan podem ganhar a posição 10 a Talisca mas para já seria este o meu onze.


Samaris é o melhor 6 que temos. Será ele a âncora da defesa e o jogador mais posicional, uma espécie de Javi Garcia para varrer aquela zona frontal e imediatamente à frente dos centrais. Também servirá para ser um apoio para a primeira fase de construção. O Pizzi é o melhor 8 que temos no plantel e tem de jogar porque o meio campo precisa de alguém que possa subir mais no terreno e nem André Almeida, nem Samaris o conseguem e se Rui Vitória soltar o Pizzi ele poderá subir mais no terreno.

O Talisca marcou o ano passado 12 golos, 99% deles como segundo avançado. É um jovem com enorme margem de progressão que não sendo uma estrela pode evoluir imenso mas é um jogador que gosta de ter bola, que muda muito bem o centro do jogo, que apoia bem o avançado mas tem de recuar mais para ir buscar bola à zona de Pizzi. Será ele a fazer a ligação entre o meio campo e o ataque, apoiado por Pizzi e pelos extremos que jogarão por dentro.

Os extremos estão trocado de forma a beneficiar o jogo interior e o apoio ao avançado e ao jogador que jogue na posição 10. A ideia é garantir sempre linhas de passe a quem tem a bola. Um losango no ataque constituído por Gaitan, Talisca, Jonas e Guedes tem tudo para destruir qualquer defesa desde que os jogadores sejam dinâmicos, procurem os apoios, dêem linhas de passe, façam diagonais quando Jonas desce para arrastar os centrais.

O Jonas será o ponta de lança!!! Meu Deus que já tudo levou as mãos à cabeça. Jonas pode perfeitamente jogar na frente "sozinho" porque efectivamente nunca estará sozinho por terá sempre nas costas Pizzi e Talisca e ao seu lado Gaitan e Guedes. A ideia é criar desequilíbrios interiores com a capacidade técnica de Jonas, Gaitan e Talisca. Passe curto, em apoio com 1-2 toques. Jonas baixa para a posição 10 e um dos extremos pode aparecer nas costas da defesa em diagonais. as trocas posicionais entre os 3 da frente mais Talisca serão importantes para desmontar a defesa e criar espaço até para a entrada de Pizzi.


O Benfica em posse seria mais ou menos isto.

Extremos mais por dentro, laterias bem aberto a darem profundidade, Pizzi e Talisca nas costas de Jonas.

O portador da bola terá sempre 2 linhas de passe.

O Samaris pode baixar para o meio dos centrais na primeira fase de construção mas terá sempre duas linhas de passe, Pizzi ou Talisca, poderá jogar também nas alas em Sílvio ou Nelson que terão os apoios de Pizzi para o Nelson e de Talisca para o Sílvio. Podem também jogar em Gaitan ou Guedes.

Em relação ao Jonas quero lembrar que é um dos jogadores mais inteligentes a jogar no nosso campeonato, aquele que lê o jogo como ninguém, aquele que sabe onde deve aparecer para meter a bola dentro da baliza, tem uma técnica fabulosa e atenção que mede 1,83m e joga bem de cabeça. Sim, e mais baixo que Jiménez e Mitroglu mas tem boa impulsão e posicionamento. Também não quero ver o Benfica a cruzar bolas atrás de bolas para a área, quero um futebol apoiado, com 1-2 toques, dinâmico, com diagonais.

Era assim que eu colocaria o Benfica a jogar mas eu não sou o Rui Vitóia mas sei que ele é bem capaz de fazer isto porque a base dele sempre foi o 4x2x3x1 ou o 4x3x3. Ele que ganhe coragem, que mande o 4x4x2 para um sitio que eu cá sei e seja fiel ás suas ideias de jogo. Não tenha medo de por mais estrangeiros que Portugueses se isso for o melhor para a equipa. Aposte em jovens de qualidade como Carcela, Talisca, Djuricic, Cristante e até Taarabt se ele se portar bem. Não tenhas medo de meter no banco Mitroglu e Jiménez ou até Jonas se os outros estiverem melhores. O importante é sempre a equipa, o colectivo, as vitórias

Não posso deixar passar o Renato Sanches, o Victor Andrade e o Nuno Santos. Estes três meninos é para estarem sempre com a equipa principal a serem trabalhados e num ou noutro jogo irem para o banco para irem entrando quando for possível. Basicamente é prepará-los e observá-los em contexto de elevada dificuldade de forma a ver se podem ser apostas efectivas na próxima época.

Vamos Rui Vitória!! Sem medo!!! Deixa de jogar com dois médios que não conseguem construir jogo da forma que precisamos, deixa de andar a jogar com um Jonas longe da baliza, deixa essas lateralizações e os cruzamentos atrás de cruzamentos, privilegia o jogo interior, aproveita a inteligência e a qualidade técnica de jogadores como Talisca, Gaitan ou Jonas.

CARREGA BENFICA!!!!



segunda-feira, 26 de outubro de 2015

As falhas posicionais recorrentes no Benfica


Este foi o lance do 3.º golo do Sporting.

Perda de bola na zona central e ninguém está na zona em frente aos centrais, na zona mais a vermelho. Pode-se ver na imagem que André Almeida subiu no terreno e Samaris ficou mais na esquerda não fechando o meio e assim o Sporting teve espaço  na zona mais perigosa e lançou um contra-ataque de três para três, fazendo assim o terceiro golo.

Este erro é recorrente no Benfica de Rui Vitória. Já na Turquia existiram lances em que os jogadores do Gala vinham embalados por ali fora sem qualquer oposição.

Quem joga com dois jogadores naquela posição isto nunca pode acontecer, aliás, é-me impossível perceber como é que é possível uma equipa como o Benfica a esta altura do campeonato comete este tipo de posicionamentos. Repito, o Benfica joga COM DOIS JOGADORES NAQUELA ZONA!!!

Lances destes ocorrem quase sempre na equipa do Benfica em todos os jogos, basta estarem atentos. são estes pormenores que me deixam apreensivo.

domingo, 25 de outubro de 2015

Sem desculpas!!!!


Meus caros, simplesmente não há desculpa para o que aconteceu hoje no Estádio da Luz. Eu já nem me lembrava do que era perder na Luz e muito menos perder duas vezes no mesmo ano, e ainda vamos jogar mais duas, contra o Sporting e muito menos por uns expressivos três a zero que poderiam ter sido mais.

O treinador que não ganhava jogos decisivos no Benfica, segundo a teoria de alguns, já nos limpou um Supertaça e acabou de nos GOLEAR NA LUZ.

Aquele treinador que vinha para ganhar os tais jogos decisivos que o JJ não vencia só venceu um desses jogos, com o Atlético num jogo, como disse o Rui Vitória hoje, também ele atípico. De resto perdemos com o Porto, Sporting(duas vezes e uma goleada) e Galatasaray.

E sim, eu vejo algumas evoluções na equipa mas ainda estão muito pouco consolidadas como são o duplo pivot mais defensivo, mais musculado, um Jonas a descer mais a tentar pegar no jogo mas também vejo coisas que continua na mesma, tais como:
  • Um meio campo sem criatividade;
  • Fraca reacção à perda de bola;
  • Pressão mal feita;
  • Posicionamento defensivo muito mau;
  • Médios geralmente mal posicionados;
  • Jogo demasiado exterior;
  • Extremos demasiados abertos;
  • Muitas dificuldades em fazer jogo interior;
  • Dificuldade na primeira fase de construção de jogo, falta-nos gente no meio que crie.
Não venham com as tretas do tempo porque JJ tem tanto tempo no comando técnico do Sporting como Vitória no Benfica e a evolução do Sporting é clara.

Comprarar este Benfica com o de JJ só de brincadeira e os jogadores são praticamente os mesmos...

O Rui Vitória está a ter dificuldades em implementar as suas ideias de jogo para o Benfica que já nem sei se é um 4x2x3x1 ou 4x4x2, o que sei é que a maior posse de bola que temos muita dela é "palha", não trás nada à equipa.

Hoje faltou-nos intensidade, agressividade e criatividade ao nosso jogo. Os extremos trocados é uma forma que me agrada de ver de forma a tentar beneficiar um jogo mais interior mas mesmo assim os extremos raramente apareceram em zonas interiores, entre-linhas ou fizeram diagonais.

Vou continuar a dar o beneficio da dúvida ao Rui Vitória porque nem todos os treinadores conseguem implementar as suas ideias rapidamente mas sinceramente, dos três grandes, é Rui Vitória que está com mais dificuldades em fazê-lo. Já houve jogos em que a equipa se apresentou bem mas é muito inconstante.

O Benfica hoje só criou UMA ÚNICA OPORTUNIDADE CLARA DE GOLO?! E mesmo esta nem foi criada por um movimento colectivo mas sim por uma falha enorme do Naldo numa protecção de bola.

Há muito que eu defendo que o 4x2x3x1 poderia ser implementado com Jonas na frente com um médio mais criativo atrás, tipo Gaitan, Djuricic, Talisca ou Taarabt. Sempre disse que num sistema de dois pivots no meio campo tem de haver sempre um deles com capacidade para criar jogo, para "comer" metros com bola e num 4x4x2 esse jogar tem ainda uma importância maior.

Depois temos a substituição ao intervalo que nem sequer vale a pena falar dela...

Perdemos por três e podíamos ter sofrido mais um ou dois golos.

Peço só para recordarem uma coisa... Há quantos jogos não vêem o Gaitan e o Jonas a fazer jogadas de tabelas em zonas interiores? Pois é isso mesmo... Gaitan e Guedes jogam demasiados encostados às linhas e o meio campo muito longe do ataque...

O campeonato não está perdido mas agora acabou a margem de erro até ao próximo clássico entre o Porto e o Sporting e aí que empatem para voltarmos a depender só de nós.

Atenção a uma coisa... Mesmo que eventualmente não sejamos campeões eu apoiarei a continuidade de Rui Vitória se vir que o Benfica apresenta um futebol de bom nível, a exemplo do que fiz com JJ no ano em perdemos tudo no final da época.




sábado, 24 de outubro de 2015

Marco Ferreira diz que Vítor Pereira lhe pediu para favorecer o Benfica

Podem ler aqui: DN - Desporto

Destaco:

""Não vou dizer que o Benfica pede ao Vítor Pereira que fale com os árbitros para favorecer o clube. Não digo isso. O que digo é que ele faz isso porque sabe que o Benfica é o único clube que o apoia. Por isso, não quer que nenhum árbitro que não goste do Benfica apite os seus jogos. O Benfica nunca falou comigo e nunca pediu para os favorecer. Mas Vítor Pereira sim" - Tentativa de evitar algum processo do Benfica.

Mas o que destaco mais é isto: " O que digo é que ele faz isso porque sabe que o Benfica é o único clube que o apoia." - Como é que é? O vitor Pereira anda a falar com os árbitros para que estes beneficiem o Benfica porque é o único que o apoia? Então mas o Benfica decide tudo sozinho?

Depois diz:  Vítor Pereira tem muitos inimigos e opositores, entre eles as pessoas do próprio Conselho de Arbitragem e muitos clubes da I Liga. Não o querem lá. Então, o único clube dos grandes que apoia Vítor Pereira é o Benfica" - Como?Está tudo contra o homem mas ele continua lá por o Benfica o apoia? Mas o homem endoideceu? Desde quando o Benfica sozinho manda e desmanda?

O Benfica tem de tomar sérias medidas contra este senhor!! O que ele diz é gravíssimo!!! Repito, gravíssimo!!! Está a ligar o nome Benfica a supostos benefícios de arbitragem por apoiar o Vítor Pereira. Espero que o Presidente do Benfica não deixe passar isto em claro e que tome medidas duras contra este senhor.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Dois derbys para os "comermos"

Meus caros, dois derbys no espaço de 1 mês e 4 numa época só é a loucura total!!!

Temos a oportunidade de nestes dois derbys acabarmos com as caganças do badocha e colocarmos o Sporting no seu devido lugar!! Espero que os responsáveis, técnicos e jogadores tenham noção da dimensão que estes jogos têm.

Nãos serão apenas dois jogos entre rivais, está em causa a nossa dignidade que foi posta em causa pelo presidente do Sporting e espero que os jogadores passem os próximos 180 minutos destes dois derbys a "morderem" os calcanhares aos jogadores do Sporting. Espero que nem os deixem respirar e que a dose comece já na Luz. É IMPERATIVO E VITAL A VITÓRIA NESTES DOIS DERBYS DE FORMA INEQUÍVOCA!!!!! Temos a oportunidade de meter aquela casa a arder e não a podemos deixar passar, já bastou a Supertaça que lhes deu alento, confiança e ânimo.

CARREGA BENFICA!!!!

Inconstantes


Só agora é que tenho possibilidade de falar um pouquinho sobre o jogo da Champions...

Penso que não podíamos ter tido melhor entrada com um golo logo aos dois minutos. Após o golo a equipa quis ter bola mas não para tentar ir ao segundo mas sim para andar a trocá-la entre os centrais e laterais. Isto levou a que a equipa com o passar dos minutos fosse perdendo intensidade e concentração e foi aí que o Gala começou a crescer e não mais conseguimos pegar no jogo de forma assertiva. O resultado foi que chegámos ao intervalo já em desvantagem.

Não é a primeira vez que fazemos aquele tipo de futebol de ter bola sem qualquer sentido prático, ou seja, a maioria da posse de bola é "palha" e só serve para as estatísticas. Aquele tipo de futebol é bom para os 10 minutos finais de um jogo em que estamos a vencer e que precisamos de tirar bola ao adversário, fazer isso a partir dos 15 minutos de jogo é arriscado e normalmente dá mau resultado. Não gosto de ver o Benfica a fazer este tipo de jogo. Não confundir posse de bola no meio campo adversário, como o fizemos muito bem na segunda parte, com aquela posse de bola em que os centrais trocam a bola entre si, passam aos laterais, estes devolvem aos centrais que a passam a um médio e este volta a devolver ao central e não passamos disto até errarmos um passe e permitimos que a equipa adversária venha por ali acima. Além do mais isto corta claramente o ritmo de jogo à equipa que depois tem dificuldades em acelerar o jogo quando é preciso.

Na segunda parte, apesar de o Gala ter tido 2 ou 3 oportunidades, fomos mais equipa e tivemos inúmeras vezes perto de fazer o golo. Continua-se a falhar no último passe de forma amadora. Tivemos duas ou três situações que têm de ter finalização e não tivemos porque o último passe foi ao nível amador.

O Jonas quando tiver dificuldade em encontrar espaços entre linhas tem de baixar para juntos dos médios e permitir que um dos extremos apareçam naquela zona, preferencialmente Gaitan, apoiado pelo médio que subiu na troca com Jonas. Na primeira parte houve pouco Jonas porque esteve demasiado longe dos médios.

O Eliseu teve um jogo para esquecer mas tem estado bem esta época.

O Jardel foi um gigante!!

O Sílvio esteve bem!!

O Samaris cada vez mais se aproxima do 8 que o Benfica precisa, com mais transporte de bola.

O Gaitan foi o Gaitan...

Destaco o André Almeida que continua a crescer de rendimento.


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

UEFA aplica um jogo à porta fechada com pena suspensa

Espero que aqueles que aqui vieram em defesa do indefensável estejam muitos felizes agora.

Mas já sei que virão daqui a nada com a treta - "Ah mas foi pena suspensa" - Pois eu digo que será pena efectiva porque essas bestas quadradas simplesmente não conseguem estar civilizadamente a puxar pela sua equipa sem agredir os adversários ou a envergonhar o Benfica.

Eu só gostava que o nosso Presidente tomasse medidas realmente concretas e não esta suposta medida de não pedir bilhetes.

Eu mantenho o que disse... Video-vigilância para cima das claques em coordenação com a PSP de forma a apanhar aqueles que continuam a colocar o Benfica na lama. Aliás, conseguem ser piores que o Bruno de Carvalho. Depois era expulsá-los de sócios do Benfica e impedir a sua entrada no Estádio da Luz porque o Benfica não precisa de gente desta.

Quanto ao resto da malta dos NN e Diabos, que continuem o seu apoio ao Benfica e que ajudem a limpar o Benfica desta gente que não merece o Benfica. Eu sei que vocês sabem quem são os petardeiros e aqueles que lançam as tochas para cima dos adversários e para o relvado, portanto, se são Benfiquistas à séria como dizem que são, identifiquem-os, entreguem-nos às autoridades e não mais os deixem estar juntos de vocês.

domingo, 18 de outubro de 2015

JJ apanhado de fato de treino - Já foste...


JJ foi apanhado a orientar o clube do badocha de fato de treino no jogo da Taça de Portugal, a exemplo do que aconteceu a Marco Silva.

Portanto, JJ, se a época correr mal já sabes que vais de patins, de fininho e a arder porque o pateta espeta-te com um processo disciplinar em cima por não teres usado o fato oficial. Já eras!!!

Aposto que o registo do momento vai ficar guardado para mais tarde, quando tentarem despachar o JJ com uma mão à frente e outra atrás, colocarem naquele blogue parolo com filtro verde para mostrarem que o palhacito tem razão. A razão dele, claro...