Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

quinta-feira, 16 de junho de 2016

A humildade acima de tudo…

Felizmente tenho tido pouca disponibilidade para escrever aqui no meu cantinho, um novo desafio profissional a juntar aos afazeres familiares fizeram com que a minha disponibilidade ficasse reduzida e como tal não escrevi nada sobre a nossa enorme conquista do TRInta e cinco. Irei fazê-lo como é óbvio e a partir de agora já consegui articular melhor a minha disponibilidade e irei escrever novamente com mais regularidade…

No entanto, não poderei falar da conquista do Tri sem antes me retractar sobre o que escrevi lá para os inícios do campeonato. Isto porque temos de ter sempre a humildade de reconhecer quando estamos errados ou quando fomos injustos porque, no meu entender, isso é sinal de inteligência, seriedade e honestidade.

O inicio do campeonato foi muito difícil para todos nós benfiquistas, que para além do gozo e ataques feitos por tudo o que era lagarto, a equipa não correspondia em campo. Vou ser muito sincero convosco… A dada altura achei mesmo que não venceríamos o titulo… Estar a tantos pontos do primeiro lugar e a jogarmos de forma sofrível, interiorizei que este ano ia para outros. No meio disto tudo fui injusto com Rui Vitória, dizendo inclusive que se a equipa continuasse a apresentar o futebol que apresentava, o caminho seria a sua demissão. Eu sempre disse aos meus amigos chegados que qualquer treinador no Benfica que não ganhe um campeonato mas que a equipa apresente um futebol de qualidade, para mim nunca seria despedido porque se jogarmos bem estaremos sempre mais próximos das conquistas. Era assim com RV e foi assim que fiz com JJ, mesmo no ano que perdemos tudo e em que fui dos poucos a defender a sua continuidade, que se veio a verificar acertada…

A realidade é que RV colocou a equipa a jogar bom futebol, a ganhar e a golear. Sinceramente, eu não acreditava! Eu não sou como alguns que têm sempre razão porque o que dizem, ou escrevem, são uma espécie de “nins”, nem  é carne, nem é peixe e assim, no final, podem sempre sair por cima. Eu assumo que errei no meu julgamento e endereço aqui o meu pedido de desculpas ao RV e sua equipa técnica.

Não era capaz de falar sobre a época do Benfica mais em concreto se não me viesse aqui retractar.
Dito isto, posso avançar e falar da nossa época e da conquista do Tri e de mais uma Taça da Liga, passando pela brilhante campanha na Champions. Mas não o irei fazer neste texto…


Até já…


Sem comentários:

Enviar um comentário

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado