Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

sábado, 3 de dezembro de 2016

O caminho faz-se caminhando...

Nunca ninguém disse que o caminho para a conquista do titulo seria fácil e a prova disso é que o Benfica é tri-campeão e foi sempre campeão na último ou penúltima jornada, aliás, os 5 títulos conquistados na "era Vieira", só conseguimos carimbar a conquista do campeonato na penúltima ou na última jornada. O máximo de pontos de vantagem que conseguimos sobre o segundo classificado foi de 7 pontos, de resto foi de 5 pontos para baixo, o que demonstra que para sermos campeões temos de sofrer sempre até ao fim.

Já por várias vezes que o Benfica pode "matar" o campeonato" ou desferir um duro golpe ao adversário directo e faz exactamente o oposto. Ontem não foi diferente!! Quando temos na próxima jornada um derbi com o Sporting onde podemos quase que "matar" o lagartedo, o que fazemos na jornada imediatamente anterior é dar-lhes um balão de oxigénio e uma motivação extra. Aos do Norte simplesmente estamos a ressuscitá-los para entrarem também eles na luta pelo titulo quando a hecatombe estava próxima.

Podem dar as piruetas que quiserem dar mas o facto indesmentível nisto tudo, e se os nossos rivais vencerem os seus jogos de hoje, é que na próxima jornada uma derrota nossa significará a entrega do primeiro lugar aos lagartos e ficaremos com os do Norte somente a 1 ponto, depois de vantagens de 7 pontos sobre o segundo classificado.

E mais... O registo de RV em duelos com os rivais é um pobreza em toda a linha... Vencemos somente 1 dos jogos e em todos eles fomos completamente dominados, excepção feita ao jogo que perdemos com os do Norte em que fizemos um belo jogo. Portanto, o saldo é tremendamente negativo e se o jogo do Nápoles correr mal chegaremos ao jogo com o Sporting completamente de rastos, mental e fisicamente.

Se há altura para "apalpar o pulso" a esta equipa e a RV é agora... Dois jogos de enorme importância, duas vitórias farão com que a derrota da Madeira não tenha passado de um simples deslize, duas derrotas poderão levar a que se comece a questionar muita coisa nesta equipa.

Eu quero acreditar que venceremos os dois jogos mas sinceramente, não estou nada confiante. O jogo de Nápoles seria importante vencer até pelo factor de confiança mas se me pedissem qual o jogo a perder eu escolheria o de Nápoles, sem qualquer dúvida.


Sem comentários:

Enviar um comentário

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado