Siga-nos no Facebook

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Descemos ao nível do Porto e Sporting

Sempre elogiei o Benfica pela sua postura de não entrar na javardice diária que o Porto e Sporting faziam através dos seus directores de comunicação mas eis que o Benfica decide baixar o nível e ir chafurdar na trampa juntamente com os acima citados.

Até posso concordar que no tal programa da BTV "Chama Imensa"o Benfica explique o que fez e está a decorrer na justiça, o que não concordo é que o faça pelo final de todo este rol de acusações de parte a parte, ou seja, que começa por aquilo que o Benfica fez chegar à justiça.

Se isto tudo começou pelos tais emails que o insolvente divulgou, onde acusa o Benfica de vários crimes, então o programa deveria começar por aí. O Benfica deveria mostrar então os tais emails mas desta vez completos e sem as manipulações que o Benfica diz terem sido feitas. Por ventura alguns dos emails não poderão ser divulgados porque poderão estar sob segredo de justiça e se tal fosse o caso, então explicariam isso aos Benfiquistas e passariam então ao assunto do "Novo Apito Dourado". Assim, passaram por cima dos emails como se não existissem...

Outra situação que está a arrastar o Benfica para o lamaçal onde estão os directores de comunicação social de Porto e Sporting é a conta de Twitter criada pelo Benfica, a @SLBenficaPress. Agora andamos todas as semanas, quase diariamente, a fazer comentários sobre as arbitragens dos jogos dos outros, ou seja, se acusamos os outros de fazer pressão e coação sobre os árbitros o que temos feito nós ultimamente?

Então esta história do vídeo é do mais ridículo que vi o Benfica fazer! Acredito totalmente que o Benfica não tenha manipulado o video, ou que o mesmo não seja manipulado mas a minha questão nem é essa... Então agora andamos a partilhar vídeos de baixíssima qualidade, numa conta oficial do Benfica no Twitter?! Então agora andamos dia sim, dia sim a dar resposta aqueles que dissemos que só iríamos falar em tribunal? Então agora andamos a "dialogar" através de Twittes?

Encerrem a trampa da conta e deixem-se de serem iguais aos outros. Se têm alguma coisa a dizer fazem um comunicado oficial do clube a explicar o que tem de ser explicado!

Já só falta o nosso presidente criar uma conta do Facebook...

Parem com isso!! Tudo o que disserem sobre o Benfica que ponha em causa o seu bom nome é para enviar para o Ministério Público para ser anexado aos processos que o Benfica já deu entrada.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Do 8 para o 80? Nem por isso...

Foi uma vitória importantíssima, principalmente pelos números. A equipa precisava de um jogo assim de forma a ganhar mais confiança para que fosse possível arriscar mais nos passes de rotura e na subida das linhas.

Mas vamos com calma. O Benfica marcou dois golos em lances de bola parada, no jogo da Taça já tinha ficado a ideia que este Vitória tem imensas dificuldades neste aspecto. Não é desvalorizar em nada o que o Benfica fez até porque existiram evidentes melhorias em alguns aspectos. Mas a verdade é que o jogo ficou resolvido aos 40 minutos com a expulsão do jogador do Vitória. 

A segunda parte serviu para ganharmos confiança e continuarmos a trabalhar este sistema de três médios. A equipa está a sofrer de dores de crescimento em virtude da mudança de sistema táctico e das dinâmicas a ele associado, um trabalho que deveria ter sido feito nos últimos dois anos na sombra do 4x4x2 ou, na pior da hipóteses, na pré-época.

A análise que vou fazer será somente referente aos 40 minutos que jogamos em igualdade numérica.

A equipa cresceu e melhorou em relação à pressão, intensidade, agressividade, reacção à perda de bola e velocidade na circulação de bola. A falta de confiança foi notória porque alguns passes que deveriam ter entrado no último terço do terreno ou entre-linhas, não entraram. Existiram algumas boas movimentações mas o passe não saiu e não saiu porque há falta de confiança em alguns jogadores.

Continuo a achar que Salvio exagera nas situações de um para um, ou contra o Mundo muitas vezes. Raramente espera por apoio mas faz uma coisa que Cervi, por exemplo, raramente faz, movimentos de ruptura atrás da defesa contrária.

Notei também uma maior preocupação dos médios, Pizzi e Krovinovic, em dar apoio e linhas de passe quando a bola chega às alas. Ainda assim terão de ser mais rápidos neste aspecto, terão de se posicionar melhor. Penso que o Benfica deve variar a sua saída a jogar, ora a dois, pelos centrais, ora a 3 com Fejsa a baixar. Neste último caso, Pizzi, Krovinovic, Cervi e Salvio deverão baixar, sendo que Cervi e Salvio deverão procurar as zonas interiores. A profundidade deverá ser dada pelos laterais.

Não é por termos vencido este jogo por números expressivos que agora tudo passou a estar bem. Esse será o caminho para tudo ruir. A equipa tem de ter a noção que tem mesmo muito que crescer ainda e que vencemos somente umas das piores equipas do nosso campeonato no actual momento, com todo o respeito pelo Vitória. Não se esqueçam que o jogo com o CSKA foi somente há quatro dias e aí vimos todas as debilidades colectivas da equipa, que foi, e é, o maior responsável pelas exibição menos conseguidas da equipa. Sempre disse isto e mantenho! O Benfica tem jogadores com qualidade suficiente para vencer o campeonato e tinha jogadores para se qualificar para os oitavos da Champions. Não o conseguiu porque RV cometeu demasiados equívocos nas preparação da equipa para este ano, como o disse noutro texto.



CARREGA BENFICA
#RUMOAO37




quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Mais do mesmo...

Tanto faz ser em 4x4x2, 4x2x3x1 ou 4x3x3 que o Benfica não passa disto. Uma equipa perdida em campo, sem ideias, sem pressionar, nada... Não há apoios, não há jogo entre-linhas, não há diagonais, nada...

Jogamos com dois médios na zona frontal aos centrais mas continuamos a dar um espaço enorme nessa zona isso porque nenhum dos 2 fecha aquela zona porque estão sempre a jogar paralelos um ao outro.

O jogador que faz a posição 8 e 10 aparecem pouco em zonas de finalização, não criam roturas, não fazem diagonais ou movimentos em profundidade. Está tudo muito preso á sua posição. Dou o exemplo de um movimento fantástico e que o Benfica fez no jogo com o Guimarães... No golo do Samaris... Jonas baixa e Samaris aparece no espaço vazio criado pelo movimento do Jonas. Excelente movimento mas que nunca mais vi...

Se Rui Vitória não era aquilo que o pintaram, também não é tão mau como agora o pintam. O que acontece é que Rui Vitória não soube trabalhar na sombra do que deixou JJ. Eu sempre disse, e mantenho, que Rui Vitória nunca jogou em 4x4x2 e que o seu sistema preferido é o 4x2x3x1 ou 4x3x3. Em vez de aproveitar os últimos dois anos para ir trabalhando o 4x2x3x1 ou 4x3x3 na sombra do 4x4x2 deixado por JJ, preferiu deixar andar e agora estamos numa espécie de pré-época onde ele decide mudar o sistema da equipa em Novembro, isto depois de fazer uma pré-época a trabalhar no 4x4x2.

Esqueçam a qualidade dos jogadores porque eles não deixaram de saber jogar, não perderam qualidades, quando uma equipa não está bem colectivamente as individualidades ressentem-se, quando está bem eles ás vezes até parece que jogam mais.

Houve gente que foi atrás dos últimos resultados e pensou que tudo estava resolvido mas não estava e não está. Basta apanharmos uma equipa com mais qualidade individual e colectiva e ficam logo expostas todas as nossas debilidades.

Reparem que quando as coisas não correm bem ao intervalo ele tira um extremo e mete outro. Isto é um sinal de desnorte, de achar que é por lá estar outro tipo de jogador que as coisas mudam. Ele é incapaz de alterar o que quer que seja a partir do banco.

A prova maior de que o 4x4x2 era para manter esta época foi a vinda do Gabriel, o natural substituto de Jonas. Ou seja, Jimenez e Severovic seriam o pontas mais fixos, digamos, e o Gabriel e o Jonas os segundos avançados.

Se, como disse o presidente na sua entrevista, Rui Vitória é para manter, eu acredito então que o sistema de jogo do Benfica passará por ter 3 médios. Se for isto que Rui Vitória quer para o futuro, então na próxima época o presidente que consiga resolver dois dossiers, o de Talisca e o de Cristante. São dois jogadores que estão a fazer excelentes empréstimos e que terão de fazer parte dos planos para a próxima época. E ambos serão titularíssimos!!! Como seriam já este ano!

Mas nunca esquecer que mais importante que a táctica é o modelo de jogo. É a forma como a equipa esta equilibrada em campo, como reage à perda de bola, como está posicionada, os apoios que dá ao portador da bola, os espaços que cria entre linhas e a forma como o consegue, como joga na largura para depois entrar por dentro, as diagonais dos extremos, o jogo interior do extremos a contrapor com a largura e profundidade dada pelos laterais. Existe muito pouco disto no Benfica.