Siga-nos no Facebook

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Os cabeçudos


Esta semana fui presenteado com um comentário onde me chamaram carinhosamente de "cabeludo", isto a propósito da excelente vitória sobre o Tondela, essa equipa maravilha do campeonato tuga mas em relação a isso falarei noutras núpcias.

Hoje a pergunta que faço a quem enviou, cobardemente, o comentário sobre anonimato é a seguinte: Que tal estás hoje ó cabeçudo?

Eu hoje é que estou cabeçudo e muito!! Depois deste empate com as reservas do Portimonense quando jogámos em casa e a vencer ao intervalo por 2-0 é realmente de uma equipa que transpira saúde e que não temos nada com que nos preocupar.

highlight imageMais uma vez, apanhamos uma equipa que consegue fazer alguma boa circulação de bola e deixa o nosso meio-campo, agora a três, complemente aos papéis. Mas já sei que a responsabilidade de tal acontecer é do Vieira que não colmatou as saídas de Ederson, Nelson Semedo, Lindelöf e Mitroglou.

Este Benfica é uma autêntica montanha russa mas só nos resultados porque nos processos de jogo continua uma desgraça, mais nos defensivos. Reconheço que vislumbro muitas melhorias no processo ofensivo mas as reacções ás perdas de bola e as transições ataque-defesa são absolutamente banais. Eu até acho que o facto de a equipa ter enormes dificuldades nas transições ataque-defesa prende-se pelo facto de existirem ainda maus posicionamentos mesmo no processo ofensivo.

Mas basta uma vitória folgada contra uma equipa do fundo da tabela e lá vêm alguns cheios de peito mostrar que afinal somos é um rolo compressor. Acordem mas é para a vida porque isso está longe de acontecer! Acontece é que é as equipas que temos jogado para o campeonato são manifestamente fracas no seu processo de jogo e juntando a algum crescimento da nossa equipa no processo ofensivo, algumas vezes poderá resultar em goleadas. No entanto, o RV tem muito, mas mesmo muito que trabalhar nos processos defensivos da equipa. Contaram ontem o número de vezes que os jogadores do Portimonense, não esquecendo que eram as segundas linhas, conseguiram desbaratar o nosso meio campo com meia dúzia de passes e assim virem embalados para cima da nossa defesa? Quantas situações criou a equipa de reservas do Portimonense?

Já nem vou falar nas substituições absolutamente incompreensíveis para quem estava a ver o jogo... Nem da conferência de imprensa onde parece que o nosso treinador esteve a ver um jogo completamente diferente... Tínhamos o jogo controlado?! Então não tínhamos...

Como se pode ver nas estatísticas, cilindrámos completamente as reservas do Portimonense... Ou talvez não... Mas para alguns isto é absolutamente normal...



quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Vejam a lástima do Benfica a defender...


Vejam o vídeo para terem a noção real daquilo que venho a dizer. Erros atrás de erros posicionais e de transição defensiva que contra equipas que tenham uma maior qualidade de jogo e de jogadores custam muito caro, como por exemplo o nosso trajecto na Champions e agora a eliminação da Taça de Portugal.

Depois de verem o video ainda acham que é ir ao mercado comprar jogadores que vai resolver o problema? Depois de verem o vídeo ainda acham que o problema do Benfica é a ausência de qualidade dos jogadores?

E isto é só um pequeno exemplo...


Há que manter a fé...

Penso que sobre o actual Benfica o que se passa com a equipa já toda a gente sabe... É um misto de erros de casting, de falta de soluções e de um treinador que começou de uma forma, andou perdido e agora reencontrou-se mas foi só ele porque a equipa ainda anda meio perdida.

Não temos jogadores da categoria que tivemos num passado recente mas esta equipa tem de jogar muito mais, muito mais!!

Apoio totalmente o RV neste novo sistema de três médios porque sei que é nisso que ele acredita, jogou sempre assim em equipas anteriores, e quando assim é eu aplaudo qualquer treinador. Já vem é tarde!!! Não consigo compreender, e se tivesse pessoalmente com RV faria esta questão, como é que alguém anda a jogar dois anos consecutivos num 4x4x2 que se ia deteriorando, não consegue ter percepção disso, arranca para a terceira época com um plantel claramente preparado para um 4x4x2, faz a pré-época em 4x4x2 e quando vê que as coisas não estão a correr nada bem muda drasticamente tudo, ou seja, a equipa começa a fazer uma segunda pré-época mas desta vez em competição.

Além disso, continuam alguns equívocos no onze escolhido... O Samaris continuam de fora e jogamos com dois jogadores que gostam de organizar e pautar o jogo, acabando por se anularem um ao outro, falo de Pizzi e Krovi. O RV tem de perceber que Samaris na posição 8 confere mais "peso" à equipa, ficamos mais agressivos nos momentos defensivos, melhoramos a nossa reacção à perda de bola e não perdemos capacidade ofensiva porque Samaris consegue subir muito bem no terreno, como prova o seu golo contra o Guimarães.

O Salvio continua demasiado agarrado à bola mas faz uma coisa que mais ninguém faz, diagonais nas costas da defesa adversária. No entanto, eu jogaria com Pizzi na direita e Zivko na esquerda. Ou então Zivko na direita e Cervi na esquerda. O Pizzi e o Krovi alternariam na posição do terceiro médio.

Hoje nem fizemos um mau jogo mas as lacunas da equipa continuam lá e notam-se mais com defrontamos equipas que jogam como equipas grandes e o Rio Ave tem esse futebol. O Rio Ave sobe muito as suas linhas, pressiona alto, gosta de ter bola e gosta de sair a jogar de trás.

O Benfica, na generalidade do jogo, conseguiu anular o aspecto em que o Rio Ave é forte, a posse de bola. Sendo uma equipa trabalhada para ter bola, o Benfica conseguiu anular a saída de bola do Rio Ave, aliás, dos três grandes foi a única que o conseguiu fazer de forma tão evidente.

Depois ficamos também exposto no nosso processo defensivo que está muito longe de estar afinado. Continuamos a dar demasiado espaço e tempo ao portador da bola, vide golo do Ruben, as transições ataque-defesa são uma nulidade e quando defendemos com a equipa organizada somos facilmente atraídos pelo jogador, ou seja, procuramos ir atrás do jogador do que adoptar um posicionamento que condicione a construção adversária. Continuamos a dar algum espaço entre a defesa e o meio campo e Fejsa continua praticamente sozinho naquela luta titânica no meio campo porque nem Pizzi, nem Krovi têm as características para ajudarem Fejsa na "batalha" do meio campo.

Já que estão para ir ao mercado, não entrem em loucuras porque, na minha opinião, só precisamos de um lateral direito que dê mais profunda ao ataque e um verdadeiro 6 para ser alternativa ao Fejsa. Para a posição 8 temos lá o Samaris e o Filipe Augusto, para o ano poderíamos ter o Cristante, não sei se será possível. Para a posição de 10 ou terceiro médio temos o Pizzi, Krovi e João Carvalho.

Para ponta de lança temos soluções mais que suficientes. Dizem que o Jonas não encaixa a jogar a 9 mas a verdade é que continua a marcar, agora jogando sozinho na frente...

Eu mantenho a minha opinião, o problema do Benfica actualmente é mais no plano táctico, de modelo de jogo do que falta de jogadores de qualidade. Atentem à forma como o Rio Ave tem jogado neste campeonato e não têm estrelas absolutamente nenhumas...