Siga-nos no Facebook

Estou no mercado em força!!

Meus caros amigos, eu estou no mercado e em força! Procuro um colaborador aqui para o blogue. Os requisitos são os seguintes: ...

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Balanço 2017/2018: A direcção


Vou começar a fazer um balanço da época que terminou e começo por cima, pela direcção.


Para quem ainda não reparou, há uma correlação evidente entre o desinvestimento do FC Porto ao longo dos últimos anos, simplesmente porque não conseguem ombrear financeiramente com o Benfica, e o desinvestimento por parte do Benfica.

O Benfica foi olhando para aquele que mais poderia colocar em causa os títulos do Benfica e foi investimos menos consoante o seu directo adversário também o fazia. E é aqui que a direcção do Benfica esteve mal. O Benfica deveria ter seguido o seu caminho, não olhando ao que os outros estão a fazer.

Eu sou daqueles que acredito que o Benfica, numa fase é que o futebol é dinheiro, muito dinheiro, tem tudo para ser a maior potência desportiva do país e ter equipas altamente competitivas.

A direcção do Benfica nunca perde tempo em auto-elogiar-se sobre a sua gestão e faz sempre menção à grandeza do Benfica e que o Benfica gera receitas que mais nenhum outro em Portugal consegue sequer chegar perto. Ora, a direcção do Benfica não pode vir dizer isto e depois olhamos para a equipa e futebol do FC Porto, Sporting e Benfica e as diferenças em termos de qualidade individual não é assim tão grande.

O Benfica não precisa de desinvestir para equilibrar as contas, o que o Benfica precisa de fazer é deixar de comprar dezenas de jogadores para a equipa B e outros para a equipa A que nem sequer um jogo fazem, alguns nem um treino sequer.

Querem um exemplo recente? O João Amaral do Setúbal. Posso estar mesmo muito enganado mas o jogador vai tirar o lugar a quem no plantel? Temos Rafa, Cervi, Zivko, Pizzi, Carrillo, Diogo Gonçalves e Willlock que jogam nas alas. Agora digam-me lá o que acham que vai acontecer ao João Amaral... Pois... Será emprestado sem nunca jogar pelo Benfica. A única vez que vestirá a camisola será para a pose habitual dos jogadores contratados.

Nós temos dezenas de jogadores com contrato que nunca vestiram a camisola do Benfica e duvido que alguma vez o farão. Temos de fazer uma espécie de arrumação e ficar com o que efectivamente pode ser útil ao Benfica e vender aqueles que jamais jogarão no Benfica. Estes milhões, mais os que poupamos em vencimentos, dá para conseguirmos manter alguns jogadores importantes mais um ano ou dois.

Para terminar, e para termos um pouco de noção do que foi a preparação desta época, temos as rábulas dos GR, dos LD. Não preciso de dizer muito mais... Basta olharmos para o circo que foi a baliza do Benfica, e falo de circo não por o Varela ter estado muito mal ou assim mas sim pelo facto de o suplente do Varela ser um puto de 18 anos que se estreou a sénior em Manchester num jogo de Champions...

Posto isto, a direcção tem uma grande responsabilidade no fracasso que foi esta época. A prioridade do Benfica tem de ser sempre a sua equipa de futebol e a direcção falhou no que ao investimento da equipa diz respeito. Deixem de comprar por atacado e comprem com critério e para a equipa A. Sabemos de antemão que ninguém acerta sempre e que os jogadores são como os melões, só depois de abrir é que sabemos se são bons. Há jogadores que onde estão jogam muito e que chegam aqui e não conseguem fazer nada e há outros que estão "encostados" nos clubes e quando chegam ao Benfica brilham. 



1 comentário:

  1. e a direcção anda tão cega que acha que todos os jogadores jovens com potencial vão virar milhões e acha que deve ter desses aos montes no plantel e nem percebe que isso já foi tentado por alguns, varias vezes até, e que nunca resultou.

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado