Siga-nos no Facebook

terça-feira, 31 de julho de 2018

Cintra: O negociador implacável

Cintra está, neste momento, a fazer um enorme trabalho, pelo menos desportivamente porque financeiramente iremos ver mais á frente, mais propriamente a partir de 08 de Setembro.

No futebol futebol já deu para perceber que o que os jogadores querem é dinheiro e, na maioria das vezes, só olham para o seu umbigo e quem pensa que estes regressos se deveram ao amor ou agradecimento ao clube ou adeptos é ingénuo. Nestes regressos existiram promessas e dinheiro, muito dinheiro para que os atletas resolvessem voltar atrás.

Mas não foi só o dinheiro... Todos aqueles que voltaram não tiveram as propostas que eventualmente pensavam que iriam ter. O Mundial tramou o B. Fernandes que após uma grande época não conseguiu a titularidade na selecção e que lhe daria outra visibilidade. O Bas Dost é um ponta de lança com características muito próprias e que por norma não encaixa nos grandes europeus. Todos aqueles que tinham muito mercado, não regressaram!

A partir de Setembro é que se irá saber os reais custos destes regressos porque eu não acredito que não tenha havido altos prémios de assinatura e melhoramento substancial dos ordenados. Vamos ver como é que um clube com dividas a fornecedores e ao Estado em atraso, com dificuldades de tesouraria e sem Champions se vai conseguir aguentar.

Eu estou em crer que há acordos para facilitar saídas em Janeiro se houverem propostas ou, na pior das hipóteses, no final da época.

3 comentários:

  1. A única coisa que lhes interessou foi que nenhum jogador fosse para o Benfica.

    Como dizes, vamos ver como é que um clube com as finanças num estado calamitoso (e imagino que só saibamos da missa a metade), conseguiu pagar prémios de assinatura e aumentar substancialmente os chorudos vencimentos dos jogadores resgatados.

    Por este andar o Sporting precisará de mais uns perdões de 100 milhões para se manter à tona.
    Mas isso tem obrigatoriamente de ter um fim. Mesmo com Ricciardis e Bettencourts, as regras do BCE não permitem grandes desmandos (curioso como os nomes de muitos notáveis do Sporting são estrangeiros. Tal como o nome do clube).

    Não sei se a famosa declaração de Filipe Vieira na AG do Benfica, em que disse que iria fazer uma pequena loucura, foi apenas para forçar o Sporting a fazer uma grande loucura.
    Se foi, foi de mestre.
    JVP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele fez uma loucura, apresentou ofertas elevadas que eles tiveram que igualar. Por isso o Ruben voltou. O Gelson recebeu oferta mas queria ir para o estrangeiro, nunca aceitaria.
      Mas é verdade, eles ofereceram verbas muito elevadas para os voltar a contratar, duplicando os salários e oferecendo-lhes parte dos passes. Terão de vender porque mantêm os elevados custos que têm e terão mesmo de vender.
      A tesouraria é o seu calcanhar de Aquiles.

      Eliminar
  2. Aquilo só ainda não deu o 'estouro' porque a "alta finança"
    (desde a génese) e, no presente, a Máfia bancária, usando e abusando do dinheiro do erário público, sempre esteve lá metida
    e a controlar a 'lavandaria' !...

    Eu quero que o Saporting !...s@phoda. São uma cambada de aristosapos jactantes e ressabiados que põem o ódio e a inveja ao Glorioso à frente do amor (?!?) ao seu clube.

    Com raríssimas excepções os "difrentes" são uma gentalha odienta e arrivista.

    Só lamento que tenham escorraçado o alienado da Jubléu e psicopata aldrabão !...estariam mais próximo de todo o clube vir a acompanhar a equipa B no CNS.

    Que desapareçam. De vez e para sempre !!!

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado