Siga-nos no Facebook

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Em vantagem ao intervalo

A eliminatória vai para o intervalo e estamos neste momento em vantagem.

O jogo teve duas partes distintas em que na primeira, apesar do domínio do Benfica, poucas ou nenhumas situações de perigo ou de golo existiram.

O Benfica entrou a jogar da mesma forma que o fez durante a época passado e isto preocupa-me porque isto são instruções de RV e a equipa nada ganha com esta forma de jogar. Quem fica mal na fotografia é o avançado que anda perdido lá na frente. existiu demasiado espaço entre os sectores, voltamos a jogar demasiado por fora, os médios interiores pouco subidos e a não darem linhas de passe dentro do bloco adversário, os extremos normalmente colados à linha com os laterais na mesma linha, isto tudo faz com que o avançado não tenha apoio, seja ele o Jonas, o Ferreyra ou o Castillo.

Na segunda parte já tivemos dentro daquilo que eu acho que deveria ser a matriz de jogo do Benfica. Espaço entre sectores reduzido, extremos dentro do bloco, laterais a darem largura e muitas vezes a aparecerem por dentro quando o extremo estava na largura, médios interiores mais subidos e mais próximos do avançado e dos extremos. Isto tudo permitiu que conseguíssemos entrar inúmeras vezes dentro do bloco adversário e assim tivemos inúmeras bolas dentro da área adversária.

O sinais menos é que abusámos das tabelinhas e do passe quando algumas vezes podíamos ter procurado a finalização.

O Castillo acabou por beneficiar desta mudança, para melhor, e assim teve mais bola, esteve mais por dentro do jogo do que Ferreyra.

Eu não consigo compreender como é que RV continua a insistir no jogo da primeira parte... não dá para perceber...

Eu continuo a achar que Rafa na esquerda desequilibra mais que Cervi e que Zivko ou Pizzi na direita dão muito mais jogo dentro do bloco do que Salvio.

Foi um bom resultado, vencemos e não sofremos golo, mas na Turquia estou convencido que teremos outro Fenerbahçe. Os turcos vieram jogar na expectativa, no erro do Benfica e eu acredito que esta equipa vale muito mais do que aquilo que mostrou. O Benfica poderá aproveitar o maior balanço ofensivo que o turcos terão em casa, coisa que não fizeram na Luz.

Na Turquia, o segredo da qualificação passa por marcarmos um golo lá!

Uma palavra para o árbitro... Não é incrível uma arbitragem destas, o que é incrível é que os árbitros que cometem erros graves continuem a arbitrar nas competições europeias como se nada fosse. Ontem permitiu tudo aos turcos, até um penalti perdoou logos aos dois minutos. Esse lance poderia dar o primeiro golo do Benfica bem como a expulsão do jogador da equipa turca. é um lance onde ele não disputa a bola e limita-se a impedir o jogador do Benfica de jogar a bola.




3 comentários:

  1. "Na segunda parte já tivemos dentro daquilo ": que linguajar é este?

    ResponderEliminar
  2. eu não concordo no que se refere ao cervi/rafa, quer dizer eu até concordo que o rafa é mais desequilibrador agora tudo o que ele faz é completamente inconsequente, e não é só na finalização.

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado