Siga-nos no Facebook

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

E pluribus unum... e muita calma.



Admito que fiquei muito desanimado com o jogo contra o Moreirense no passado fim de semana. Acho mesmo que nunca tinha visto o Benfica fazer uns 45" tão maus em toda a minha vida.

Mas tenho consciência, que os restantes maus resultados Ajax e Belenenses fora, foram jogos nos quais não tivemos uma pontinha de sorte. Se no Ajax não merecíamos a derrota, contra o Belenenses a vitória era o resultado justo.

Contra o Moreirense não!
Fomos derrotados justamente e em casa...

Daí que ontem, tinha elevadas expectativas em ver a resposta e os sinais da equipa em campo.
Basicamente avaliar o compromisso a união da equipa e se estão verdadeiramente juntos para ultrapassar esta fase tremendamente negativa.

Na globalidade e dadas as circunstâncias, acho que fizemos um bom jogo.

Se os jogadores não acreditassem, não estivessem com o treinador ou a mensagem não passasse... não os tínhamos visto devastados no final do jogo por não conseguir ganhar.

O jogo e algumas estatísticas...
Tivemos menos posse de bola é verdade, mas acho normal contra um Ajax com jogadores de elevada qualidade e que gosta de ter bola.

Basta dar uma vista de olhos para as percentagens de passes certos... para estar mais que justificado.
No entanto fizemos mais remates e o dobro dos remates enquadrados que é bastante positivo e significativo.

Lutamos e merecíamos mais esta vitória, que o Ajax na Holanda. Mas infelizmente, ao Ajax nestes dois jogos conosco tudo lhes saiu bem.

Se ao minuto 92´ na Holanda o Ajax ganha o jogo, nós na Luz ao minuto 94´ não conseguimos fazer o 2-1 final.
   
Ajax logo1

ESTATÍSTICAS

42%
Posse de bola
58%
12
Total de remates
10
8
Remates para golo
4
2
Remates para fora
4
2
Remates Bloqueados
2
2
Cantos
2
1
Impedimentos
2
18
Faltas
14
3
Cartões amarelos
4
3
Grandes oportunidades
2
2
Grandes chances perdidas
1
9
Remates de dentro da área
4
3
Remates de fora da área
6
3
Defesas do guarda-redes
7
364
Passes
497
256 (70%)
Passes certos
394 (79%)
28/69 (41%)
Passes longos
25/67 (37%)
1/5 (20%)
Cruzamentos
1/8 (13%)
12/22 (55%)
Dribles
8/19 (42%)
15
Perdas de Bola
16
68
Duelos ganhos
69
17
Disputas aéreas ganhas
18
17/26 (65%)
Desarmes
21/25 (84%)
11
Interceptações
15
9
Cortes
13


Mesmo com o erro de posicionamento no lance do golo do Ajax, Rúben Dias terá sido o nosso elemento mais competente em campo.
RúbenDias

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
90'
Gols
0
Assistências
0
Cortes
3
Chutes Bloqueados
1
Interceptações
2
Desarmes (ganhos)
3 (2)
Driblou
0
Duelos (vencidos)
9 (8)
Perdas de Bola
0
Faltas sofridas
1
Faltas
1
Passes certos
32 (80%)
Passes Decisivos
0
Cruzamentos (Aproveitamento)
0 (0)
Bola longa
10 (5)
Chutes no gol
0
Chutes para fora
0
Chutes bloqueados
1
Tentativas de drible (Sucedidas)
2 (2)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

O que poderá ter corrido mal nesta fase...
Antes de mais, ninguém está isento de culpas e num grupo de trabalho todos deverão assumir as responsabilidades. TODOS!
 
Tivemos uma fase inicial de época, tremendamente exigente. A equipa respondeu positivamente no acesso à Champions e nas primeiras 7 jornadas éramos inquestionavelmente a equipa, que melhor futebol praticava.

Acho que poderemos ter quebrado, por haver vários jogadores que baixaram substancialmente de forma, sem que tivessem sido substituídos ou tivessem substitutos, com alguma rodagem para os render.

Também não temos tido uma defesa estável. Lesões e muitas expulsões, não dão estabilidade e permanência de rotinas entre jogadores, num sector primordial.

Também acho que Gabriel e Fejsa dão uma estabilidade à equipa, que não é possível nem com Fejsa/Gedson muito menos com Fejsa/Pizzi.

Viu-se neste jogo a diferença em jogar com um 8 de equilíbrios como Gabriel.  

Basicamente o meu meio campo a três, seria sempre composto por Fejsa e Gabriel optando por um dos dois... Pizzi ou Gedson.  

Pizzi naquela posição desgasta-se demasiado, porque a posição lhe exige tanto a atacar como defender e manifestamente não tem características defensivas, nem pulmão para uma posição tão exigente como esta.

Gedson, é um jogador que não pode ser "amarrado" a uma posição 8. Ele necessita de espaço e liberdade para esticar o jogo e percorrer terrenos diferentes.
Caso Gabriel ou Fejsa não possam jogar ou quebrem fisicamente, a minha opção seria Alfa. 

Finalmente a finalização.
É completamente diferente jogar com um finalizador como Jonas ou com Seferovic.

O faro de golo de Jonas, faz com que a equipa esteja sempre mais próximo de ganhar. Esta época, com poucos minutos de 6 jogos, leva já 3 golos.

O Tondela...
Este jogo será ou o virar de página com vitória, ou a continuidade de algo que urgirá mudar. Acho mesmo, que não bastará ganhar... terão que ser convincentes na exibição.

Caso não se consiga ganhar, a mudança terá que existir até porque vêm uma paragem para o campeonato e será uma oportunidade de ouro, para trabalhar com um hipotético novo treinador.

Não sou apologista de mudar de treinador a meio da época, e serão mesmo, baixíssimas as vezes que resulta numa equipa que luta por títulos, mas todos os treinadores vivem de resultados. 

8 comentários:

  1. Não me interessa a exibição. Interessa-me ganhar. Só!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando a equipa produz e se sente capaz, os índices anímicos estão positivos. Nesse estado, estamos sempre mais perto de ganhar...
      Além disso, faz com que a massa associativa tenha empatia e se envolva mais facilmente com a equipa.

      Eliminar
  2. Caro só ganha quem joga sozinho, nao ganhamos mas fica a garra a vontade, o BENFICA um clube centenário nao ganhou sempre nem vai ganhar mas dias melhores virao.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao contrário do jogo com o Moreirense, neste vi vontade de dar a volta ao momento. Veremos que cara teremos em Tondela.

      Eliminar
  3. Os artistas que só querem ganhar são os mesmos que quando se ganha vão bater palmas e dar palmadinhas nas costas dos Jogadores . Não se lembram que fazer o jogo do inimigo não dá vitórias só da azia e da mais trafulhices no seio dos sócios e adeptos Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! Esse é um truque usado pelos nossos adversários que tem levado alguns dos nossos a cair no engodo.
      Tudo farão para nos dividir... Se alguém pensa que assobiar a equipa durante o jogo, os ajudará a ultrapassar o mau momento estão bem enganados.

      Um adepto do Porto ou do Sporting na bancada da Luz faria exatamente o mesmo... assobiava.

      Eliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado