Siga-nos no Facebook

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Tammy Abraham (Benfica tem 15M€ para um avançado)


Name:
 
Tammy Abraham
Current Team:
 
Aston Villa
Shirt Number:
 
18
Positions:
 
  • Forward
Age:
 
21 years old (02-10-1997)
Height:
 
190cm
Weight:
 
80kg
Nationality:
 
England

Tammy Abraham encaixa-se no perfil de jogador a contratar pelo Benfica tendo algumas características que podem fazer dele um avançado top mundial. É incrivelmente veloz tendo em conta a sua estatura (1,90), forte fisicamente, forte a jogar de costas para a baliza, tem golo fácil, é móvel, muito inteligente nas movimentações, forte no jogo aéreo e muito forte a jogar na profundidade.
  
Foi o segundo melhor marcador do Championship pelo Aston Villa, é internacional nos vários escalões de formação pela Inglaterra e conta com duas internacionalizações A (jogos amigáveis). No entanto, o jogador pertence ao quadros do Chelsea e aqui poderá residir o segredo de um eventual negócio.



No Chelsea não acredito que actualmente tenha hipóteses de jogar com regularidade e além disso o clube está sobre a alçada do fair play financeiro, querendo certamente fazer dinheiro com Hazard e alguns excedentários.

ÁGUIAS TÊM ATÉ 15 MILHÕES PARA INVESTIR NUM AVANÇADO


O golo é um factor pelo qual cada vez mais se paga no futebol e diria que os 15M€ são curtos para conseguir adquirir este jogador. Falamos de um jogador à beira da seleção principal inglesa, com todo potenciar de valor de mercado inerente ao facto.

Convencer o jogador seria outra tarefa, mas com promessa de "curta" passagem por Portugal, de luta por títulos e a possibilidade de jogar a Champions poderiam ajudar muito.


quinta-feira, 30 de maio de 2019

Entrevista ao Maestro...

Antes de mais sou "suspeito" porque sou um tremendo fã de Rui Costa.

Rui Costa actualmente como administrador do Benfica, nos últimos tempos tem vindo a ser visado pela única oposição visível à direção.
Para isso tem valido quase tudo, chegando-lhe mesmo a apontar, que como administrador só sabe fumar cigarros.

Para quem está mais atento, percebe o alcance.

RGS vê em Rui Costa um futuro candidato à presidência do Benfica e como é seu apanágio, a visão politico/felina de RGS diz-lhe que antes mesmo de uma hipotética candidatura, nada como denegri-lo como profissional, pessoa, ex jogador e benfiquista. 

Interessante é que tal como nos relvados, o maestro nunca respondeu sem ser com trabalho e na altura certa. 

Vale uma aposta que na próxima segunda teremos uma referência ao Rui Costa?


Rui Santos: Movimento pela paz no futebol

"Adere ao MOVIMENTO PELA PAZ NO FUTEBOL!

Face ao clima de intolerância e de antidesportivismo que caracterizou a actual época futebolística e que se encerrou com a atribuição do título de campeão nacional ao Benfica e a Taça de Portugal ao Sporting, patrocinei no Tempo Extra de ontem à noite o MOVIMENTO PELA PAZ NO FUTEBOL: NÃO À VIOLÊNCIA; SIM AO RESPEITO INSTITUCIONAL. Às vezes, dá a sensação que os portugueses e os adeptos dos clubes se conformam com este regime de intolerância e de ausência de fair-play, no momento das vitórias e das derrotas. Queremos provar que a maioria se revê nos principais valores do Desporto: sã rivalidade, ambiente de respeito nos estádios pelos adeptos adversários e rivais, tolerância zero perante manifestações de violência. Se estás de acordo com estes princípios, junta-te a nós. Se estás de acordo que o Estado e os organismos que tutelam o Futebol têm de fazer mais para acabar com este regime de degradação dos mais altos valores do Desporto, junta-te a nós. Envia o teu nome e localidade para movimentopelapaznofutebol@gmail.com, para adesão ao Movimento. Dá sugestões, reflecte sobre as causas e consequências e, sobretudo, manifesta-te a favor de um futebol que promova o respeito institucional, dizendo NÃO à intolerância e à violência. Partilha. Vamos unir-nos.
Juntos seremos mais fortes!
Rui Santos"
Isto vindo de um gajo que foca a época numa tabela de erros arbitrais para mostrar quem é mais roubado e assim ajudar ao clima de suspeição no futebol e ás discussões em torno do quem é mais roubado.

Isto vindo de um gajo que tem um programa sobre futebol, o seu futebol, pois aquele programa é um autêntico monólogo, sem contraditório onde diz aquilo que quer e que bem lhe apetece.

Isto vindo de um gajo que tem um programa num canal que tem vários programas supostamente sobre futebol, tais como o Play-Off e O Dia Seguinte, que passam 90% do programa a discutirem coisas absolutamente fúteis, onde se atacam mutuamente com discursos muitas vezes de ódio e desrespeito pelo rival. Nestes programas proliferam figuras como:
  •  Rodolfo Reis: jogador que apanhou a entrada do Pedroto e dos esquemas que todos sabemos e foi adjunto no Porto de 1998 a 2000, portanto, um homem do sistema;
  • Manuel Fernandes: perdeu toda e qualquer credibilidade depois do que se passou com Bruno de Carvalho, passando depois a atacar o Benfica em todos os programas;
  • Rodrigo Roquette: Um completo alucinado que não deixa falar ninguém e que tem como hobbie no programa atacar o Benfica por tudo e por nada. Percebe tanto de futebol como eu de aritmética;
  • Pedro Marque Lopes: O pseudo-entendido em politica e agora em futebol... Mais um em que o Benfica é o pai de todos os males no futebol e o Pinto é mesmo uma santidade... Futebol? Zero!!
De lembrar que o Rui Santos está num destes programas, no Play-Off, onde a maioria do tempo é para atacar o Benfica ou discutir aquilo que é sempre mais polémico e muito pouco de futebol.

Portanto Sr. Rui Santos, se quer um movimento pela paz no futebol, comece por pedir à SIC para aderir e que ponha a andar toda esta gente, incluindo o sr., que nada acrescenta , antes pelo contrário, à paz no futebol. Coloquem lá ex-jogadores recentes, com outro nível e elevação e deixem-se lá dos dinossauros do nosso futebol. O futebol mudou!!

Depois, pode ir à Liga de Clubes e pedir uma espécie de colóquio e convide todos os presidentes de clubes e comece aí então a sua demanda pela paz no futebol. Não comece por aqueles que se deixaram levar pelo discurso e atitudes de vários dirigentes ao longos dos anos... Nós, adeptos, podemos mudar muita coisa mas se os nossos dirigentes não mudarem, nada mudará. Não esquecendo a comunicação social que tem de dar menos importância aos directores de comunicação e mais importância aos jogadores...

Se tiver coragem para se sentar à frente dos presidentes e conseguir um compromisso com eles, então eu estarei consigo, até lá isto não passa de um fait-divert, de uma publicidade gratuita, de algo que espera que lhe dê mais visibilidade uma vez que precisa dela, pois o seu programa está a definhar a olhos vistos...

No Facebook em https://www.facebook.com/universobenfiquista
No Twitter em https://twitter.com/UnivBenfiquista

quarta-feira, 29 de maio de 2019

The New Yorker - Why European Soccer Is Damned and Thrilling at the Same Time

No inicio da semana saiu um artigo na revista The New Yorker sobre o Football Leaks… Link
 
 
Nós sabemos que o FL não tem nenhuma relação com o Benfica, mas como é usual em Portugal tenta-se fazer uma ligação entre o FL e a divulgação dos emails do Benfica negando simultaneamente essa mesma ligação. Decidam-se RP é autor de ambos os roubos ou não? Se sim e como sabemos RP pedia dinheiro para não divulgar leaks… RP "ofereceu" os emails? Até o Chico, FJM, tenta utilizar o artigo da The New Yorker para justificar o "interesse publico"... Chico… burro… ainda não percebeste que TU NÃO ÉS JORNALISTA?! 
 

Começando pela conclusão…
Ao contrário do que a comunicação do porto tenta passar… este artigo poucas ou nenhumas novidades traz para quem conhece o caso…
Relativamente a clubes portugueses os únicos destaques são que Alexandre PdC recebe comissões do clube presidido pelo pai e que BdC era contra fundos e empresários (lembra alguém?) mas a favor de Caálas (e posteriormente Batuques).
Estabelece uma ligação entre o FL o caso do roubo e divulgação dos emails do Benfica pela pessoa de FJM.
Sobre o Benfica são escritos uns parágrafos claramente influenciados pela "fonte", quer no conteúdo quer na forma.
O artigo tem dois tipos de abordagem conforme a fonte é FJM ou qualquer outra… Numa abordagem é informativo sem grande adjetivação e dedica-se a elencar factos e na outra tenta estabelecer a narrativa classificada pela ERSE como burlesca.
 
Mas vamos ao artigo.
Começando por revisitar os primórdios e evolução do FL e tendo como fonte principal Rafael Buschmann, um repórter da Der Spiegel.
"The message arrived early in the afternoon of September 29, 2015. (…) “Welcome to Football Leaks,” (…) “This project aims to show the hidden side of football. Unfortunately, the sport we love so much is rotten and it is time to say ‘enough.’
"Below was a collection of previously unseen documents involving Sporting Lisbon, the eighteen-time winner of Portugal’s national league. “
Lol… ver lagartos a defender este artigo como grande jornalismo com Sporting Lisbon e 18 títulos… O inimigo do meu inimigo meu amigo é ou o que não faz olhar a meios para atingir fins!
The first documents released by Football Leaks related to a controversial investment model known as third-party ownership. (…) But the contracts that Varela read on Football Leaks showed that Sporting Lisbon had entered into a secret, T.P.O.-like arrangement with an Angolan club named Recreativo da Caála. (…) One transaction that Pinto pieced together—a loan deal between F.C. Porto and Real Madrid for a young Brazilian midfielder named Casemiro—appeared to include a seven-hundred-thousand-euro fee for the son of Porto’s club president. “I felt like they were stealing my football club,” Pinto told me. “And that no one in Portugal even cared about it.”

Conforme "sabemos" o FL trouxe novidades sobre porto e sporting, entre outros… mas muito pouco sobre o Benfica… aliás RP não tem nada a ver com os mails do Benfica, certo?
"The warrant made no mention of the Benfica e-mails and the subsequent embarrassment for Portugal’s biggest soccer club" (…) "When I asked Pinto if he had anything to do with the Benfica scandal, he denied it, in Pintoesque fashion: “I’ve never seen a statement from the police or the Portuguese authorities linking me to this.” 

Passa de seguida a tentar estabelecer RP como whistleblower…
"In the following three years, Pinto supplied Der Spiegel (… ) with four terabytes of confidential information, more than eighty-eight million documents—a leak almost twice the size of the Panama Papers and sixty times that of Edward Snowden’s. (…) Pinto has studied the cases of celebrated leakers (his lawyer, William Bourdon, represented Snowden), and I often got the impression that he is trying to expand the definition of what a whistle-blower can be. "
Aqui gostaria de lembrar que Assange está preso e Snowden exilado na Rússia! Ou seja… não são heróis como alguma mitologia tenta fazer passar.
O artigo revela ainda falhas morais, já conhecidas, do nosso not-whitleblower favorito:
"On September 18th, Pinto had €31.67 in his checking account. The following day, he received a transfer of €34,627 from a client account at Caledonian Bank, (…). On Friday, October 11th, Pinto received a second windfall from Caledonian Bank (…) of €227,332.80. (…) According to a criminal complaint, filed with Portuguese prosecutors the following week, someone had used a phishing attack to access Caledonian Bank’s backup e-mail servers. Equipped with usernames and passwords, the hacker had ordered the transfers to a Deutsche Bank account in Lisbon registered to Rui Pinto. "Dass… um gajo que tem 30€ no banco tem conta no Deutsche Bank? Mas já não nos interessa sequer discutir o RP… já está mais que estabelecido que é um criminoso e não um whistleblower.

"On October 3rd, four days after Pinto posted the first documents, Lucas received an e-mail in excellent Portuguese from someone calling himself Artem Lobuzov. (...) Lobuzov threatened Lucas with more damaging disclosures. “The leak is worse than you can imagine,” he wrote. (…) “You certainly wouldn’t want that, right? But we can talk . . .” (…) Lucas reported the e-mail to the Portuguese police, who had already received a complaint about Football Leaks from Sporting Lisbon. "
Sim, amigos… convém sempre recordar que quem apresentou queixas sobre o FL foram a Doyen e o sporting.

"In Portugal, too, interest in Football Leaks had fallen away. After the initial stories about Sporting Lisbon and F.C. Porto, the platform had focussed mainly on the sport’s larger leagues. "

Chegamos a meio do artigo e novidades? Nenhuma… apenas uma compilação e resumo de tudo o que se foi sabendo ao longo deste tempo…
---

"But, on a Tuesday afternoon that April, Francisco Marques, the communications director for F.C. Porto, was leaving a restaurant near Porto’s stadium when he received a message from an encrypted e-mail platform called Tutanota."
Se RP sempre negou, conforme é relatado no texto que tenha relação com os emails do Benfica. Porquê e como é estabelecida esta relação?
Entramos aqui na parte que que é claramente parcial, pois a fonte é alguém interessado.
"When Marques dropped me off at my hotel in Porto."

Atente-se no paragrafo integralmente transcrito abaixo… e compare-se com as citações anteriores…
"The rivalry between Benfica and F.C. Porto contains multitudes. It is the south against the north; the capital against the rest; cosmopolitan glamour against honest toil. Between them, the clubs have won the Portuguese league sixty-five times. In a country of ten million people, Benfica claims to have six million supporters, an assertion that gives rise to the idea that it is the most powerful institution in the country. Supporters of other clubs refer to Benfica as the Octopus and to the supposed shadowy nature of its influence in Portuguese society as Benfiquistão, or Benficastan. When I asked Marques whether he considered returning the e-mails, he laughed. “No,” he said. “This is a war.”"
A visão sectária patente na dialética introdutória… o caracter regional de um clube que quer regionalizar o que é nacional… capital vs resto do país (lol! escrito como sendo o porto a representar o resto)… glamour vs trabalho honesto (um insolvente falar de honestidade)!
A contradição patente na tentativa da negação e afirmação da mesma realidade simultaneamente… "gives rise to the idea that it is the most powerful institution in the country" vs "influence in Portuguese society as Benfiquistão".
A própria utilização da expressão benfiquistão… não existe no texto completo do artigo mais nenhuma expressão pejorativa relativamente a mais nenhum individuo ou instituição referido… nem a CR que é acusado de violação!
Só este paragrafo introdutório demonstra a narrativa que foi transmitida pela "fonte" ao autor do artigo!

"“There were many dirty things,” Marques told me. The e-mails contained medical records and conversations between club officials and their wives, along with player contracts, tactical reports, and the club’s internal finances. "
Dirty things?
Ó Marques… repete lá de novo… disso tudo que é mesmo dirty? Relatórios médicos? Para que os querias? Conversas entre dirigentes e as esposas? Tal pai tal filho! Como dizia o Serrão… diga 1! Incrivel como mesmo sem contraditório não consegue acusar o Benfica de um único crime!

"The Benfica scandal, the biggest in Portuguese soccer in recent decades, has driven the enmity between the clubs to new heights. Benfica is currently suing F.C. Porto, seeking seventeen million euros in damages."
Então o maior escândalo origina pedidos de indemnização contra o porto? O jornalista não encontra aqui nada que lhe pareça estranho e conflituante com a narrativa que lhe venderam e à qual ele não procurou contraditório?
 
---

Após estes curtos e parciais parágrafos, muda a fonte e volta ao foco principal… descrevendo a fase final do FL, com as revelações de violações do fair play financeiro da UEFA pelo PSG, superliga europeia e a acusação de violação de CR… e a detenção do RP.
At the time, Der Spiegel and the E.I.C. were preparing their second wave of Football Leaks articles. (…) The first was about how the most profligate clubs—namely, the Qatar-backed Paris Saint-Germain and Manchester City, which is owned by Sheikh Mansour bin Zayed al-Nahyan, a member of Abu Dhabi’s royal family—had been able to defy the sport’s spending rules. (…) Der Spiegel also pursued a story about a long-rumored plan for Europe’s biggest clubs to leave their national leagues and form a closed, N.F.L.-style competition covering the Continent. (…) In September, in an interview with Der Spiegel, Mayorga accused Ronaldo of raping her, and the Las Vegas police opened an investigation.
In the middle of January, 2019, Pinto’s father and his stepmother, Elizabeth, visited him. (…) The following evening, Pinto and his father went to the supermarket. When they returned to Pinto’s street, there were police cars and men in uniform. “I realized, O.K., they are coming for me,” he said. (…) Pinto was released under house arrest.
Algum de vocês se vir a policia na sua rua imagina que "eles vieram por mim"?
O artigo finaliza com a descrição da situação atual de RP.
Pinto was extradited to Lisbon on March 21st. (…) in Portugal, Pinto’s return was front-page news. (…) Benfica Market, which has gone quiet since Pinto’s arrest.
While Pinto awaits his trial, he is being held at a prison next to police headquarters, in central Lisbon. Pinto’s Portuguese lawyer, told me that he expected prosecutors to try to add the theft of Benfica’s e-mails to the case.
 
No Facebook em https://www.facebook.com/universobenfiquista
No Twitter em https://twitter.com/UnivBenfiquista

Dois reis nús e um crime que não compensa


O caos está instalado a norte!

Incompetência económico/desportiva do FC Porto nos últimos anos é assustadora.

Por um lado, a UEFA diz que não cumpriram parte do acordo do fair play financeiro e avisa que o estado interventivo irá manter-se no próximo ano, por outro perderam a hegemonia do futebol português de forma gritante.

Milhões em vendas entraram naquele clube, sendo que, ninguém questiona como se esfumaram.

A democracia nunca foi bem vista para aqueles lados, mantendo-se um estado ditatorial que não permite grandes questões muito menos candidaturas assumidas.

O que é certo, é que a juntar a este estado económico/desportivo deplorável, vemos a debandada de jogadores importantes como Brahimi, Herrera, Adrián López, Hernani, Casillas, Filipe, Militão, Maxi e Fabiano... mantendo-se ainda em aberto várias vendas como Marega, Danilo e Alex Telles.

Um treinador à Porto, não é um treinador tipo Nuno Espírito Santo que dá os parabéns ao vencedor... esse rapidamente vai de vela por não agregar e não respirar Porto.
Um treinador à Porto é Sérgio Conceição, que segundo eles, tem sangue azul e mística Porto, este sim... encaixa que nem uma luva na forma Papal de estar no deporto. 

O treinador Conceição bem ao seu nível, já ameaçou que saía no caso de não ter uma equipa competitiva, colocando a direção do clube entre a espada e a parede, pois a SAD sabe que não tem condições para investir e vê nos campeões da youth league o principal reforço da equipa principal, algo que não é bem visto pelo treinador.

Sérgio Conceição sabe que com esta debandada e urgência de ter uma equipa afinada e competitiva já para o inicio da época nas pré eliminatórias da Champions não é tarefa fácil.

Não lhe prometam é uma coisa e façam outra, porque quando as coisas não correm bem, preparem-se que o "bicho" vira para todo lado, incluindo para dentro.

Sérgio Conceição agride Renan

Sérgio Conceição recusa cumprimentar o dr Fred

Sérgio Conceição recusa cumprimentar João Félix

Sérgio Conceição recusa cumprimentar treinado do Paços de Ferreira

Sérgio Conceição atira medalha para a bancada

Sérgio Conceição perde a paciência e agride presidente da Académica

Sérgio Conceição pegado com adepto do FC Porto

Sérgio Conceição deixa Olhanense após troca de insultos

Braga despede Sérgio Conceição por falta de respeito

Sérgio Conceição pode ser suspenso 5 anos por cuspir no adversário e atirar camisola contra o árbitro.

Mas não subestimemos nunca adversários, muito menos o FC Porto.
Enquanto os senhores do apito dourado por lá continuarem, o modus operandi do "vale tudo" não mudará, logo temos de estar preparados para truques novos anualmente. Os emails roubados foi um dos últimos truques encontrados e o mais inovador na era pós Apito Dourado... que é bem revelador, de que para a criminalidade certas mentes nunca se esgotam.


PS: Nas alianças Dragartas todos sabemos onde a vaselina com areia é aplicada, mas nesta época o cabeça de casal sente-se traído, desautorizado e penso mesmo, que algo terá que ser discutido maritalmente.

Estou curioso por ver se na próxima época a aliança continua em ambos os dedos...

terça-feira, 28 de maio de 2019

Pizzi




Aquele passe para o Seferovic no golo frente ao Porto na Luz. Aquele passe para o Rafa no Dragão frente ao Porto. Aqueles passes em Alvalade....

É craque! Só não vê a importância que tem na equipa quem não quer.

No Facebook em https://www.facebook.com/universobenfiquista
No Twitter em https://twitter.com/UnivBenfiquista

domingo, 26 de maio de 2019

Sou um discípulo de Lage!!!


Como eu sou um discipulo de Lage, quero dar os meus parabéns aos maues amigos Sportinguistas e aos profissionais do SPorting, prncipalmente aqueles que estiveram presentes há um ano atrás na invasão de Alcochete.

E fico-me por aqui, para já... Não dou os parabéns á actual direcção simplesmente por causa dos seus comportamentos para com o Benfica. Nesta felicitação também não cabem todoas os cúmentadeiros afectos ao Sporting que passaram a época inteira a "bater" no Benfica forte e feio.
Também não podia deixar de mandar um abraço ao Máxi Pereira por este 4 anos fantásticos no FC Porto!!!

Foram 4 época absolutamente fantásticas para a família, porque desportivamente foram más, muitos más...

Em 4 anos de FC Porto o Máxi venceu 1 campeonato e 1 Supertaça...


O Benfica nos mesmo 4 anos venceu 3 campeonatos, 1 Taça de Portugal, 1 Taça da Liga e 2 Supertaças...

Parabéns Máxi!!! Foi uma grande aposta!!!!! Agora sais pela porta pequena... Mas como sou um discípulo de Lage... Boa sorte na reforma ou para onde vás... Ah... E o que importante é a família...


Não podia deixar passar a oportunidade para dar um abraço a este Senhor do futebol...


Depois de cuspir num colega treinador, de andar o campeonato a insultar tudo e todos, de agredir um jogador, o último jogo da época não podia acabar sem mais um episódio de fairplay, profissionalismo, do "ser Porto"...

Grande abraço de um conterrâneo teu ó Conceição!!! Aquelas lágrimas são impagáveis!!!

E mais... Não tivesses tu uma boa imprensa e neste momento andava tudo a afirmar que ias de vela... Em dois anos venceste 1 campeonato e uma Supertaça... O Rui Vitória nos seus 2 primeiros anos venceu 2 campeonatos, 1 Taça de Portugal, 1 Taça da Liga, e 2 Supertaças... Venceu mais do dobro de ti Sérgio... Mas que continues, tu e o Pinto porque é contra gente dessa que dá mais gozo vencer, que cada vitória se torna mais saborosa...

Só te peço uma coisa Sérgio... Nunca digas que és de Coimbra!! Tens cá um Estádio com o teu nome, se calhar já nem te lembras, mas a malta aqui não se revê nas tuas atitudes, mesmo os Portistas...



No Facebook em https://www.facebook.com/universobenfiquista
No Twitter em https://twitter.com/UnivBenfiquista

sábado, 25 de maio de 2019

Seguir a palavra de Lage...

Nas comemorações do titulo do Benfica, BL disse:
Escrevi sobre isto:
"Muito bonito mas... NÃO!
Eu vi muitas vezes o Dolbeth (confesso que o achava divertido de tão idiota)... vejo os Otavios e os Rudolfos deste pais... Para um dragarto NUNCA o Benfica ganhou 1 jogo que seja por mérito... Se ganha 1-0 é sorte ou roubo... se ganha 4-0 é porque o adversário abriu as pernas e mesmo assim o árbitro também ajudou... se dá 10 é porque o campeonato não é competitivo... então não me peçam para dar mérito à espera de algo que NUNCA vai acontecer."

Hoje jogou-se o amigável que dava a taça de Portugal ao vencedor... fosse quem fosse o vencedor... eu não iria dar parabéns
Ganhou o sporting... ganhou devido ao treino que teve durante o ano... um numero irreal de penaltis assinalados a favor! 

A época resume-se então assim:
Benfica campeão nacional. Seferovic melhor marcador. Pizzi melhor jogador para a UEFA.
Sporting vice campeão dos jogos em casa, de inverno e dos penaltis. BF melhor marcador de penaltis. BF melhor jogador para o manél queiroz.
Porto campeão da vida.
 

Mantenho obviamente a mesma decisão.

Como destaque principal deste jogo relativamente ao sporting... uma equipa com 3 jogadores de futebol, que consegue ganhar mais do que com o suprasumo da táctica. Onde andam as viuvas do JJ?
No entanto... nem a ganhar conseguem merecer os parabéns.


Como destaque principal deste jogo relativamente ao porto... Eu sou do tempo em que o porto tinha feito um mercado de inverno que era uma lição para o incompetente do Vieira. Resultado ... Benfica campeão! Pepe e Andrade falham pênalti... Loum (7M) nem jogou. Pergunto: Ir verificar o que foi escrito a 01 de Fevereiro é demasiado injusto não é?
Por falar em Andrade...


Só para lembrar alguns esquecidos... o porto nos últimos 6 anos ganhou um titulo, não vence a taça desde 2011 e taças da liga lá se vão livrando de as ganhar! Na próxima semana voltaremos ao debate da hegemonia vs incompetência.


O boneco sonceição teve modos diferentes antes e depois do jogo...

Depois do jogo: Boneco modo agressivo


Antes do jogo: Boneco modo "cornos tão grandes que não cabem na porta"


Entretanto chegamos a Maio e continuamos à espera...


Pode ser "frontal" mas para cumprir promessas não serve...

Com uma cabeça ainda maior que a do SC... apenas BdC e da sua trupe!

O gajo é muito pouco inteligente, é sabido... tal como o Pina arma-se em humorista para só dizer inanidades e mostrar ignorância... escudando-se sempre no "é humor... você é que não percebeu"... mas coloco-o aqui como strawman da corja de adeptos do BdC SC.

O GG não gosta do FV... e eu concordo que ele tem todas as características de lagarto... basta imaginar o que ele diria se o SC fose o BL. 
Mas para mim, FV tem em si uma lição... a diferença entre BdC e FV deveria servir para os benfiquistas perceberem que não é com berros, comunicados a criticar tudo, cortes de relações, exigência que não passa de estupidez...etc... que se vai a algum lado.

Para terminar, tal como comecei; com a palavra de BL: ""Só vos quero agradecer, o vosso apoio, o que fizeram por nós. Foi assim que conseguimos chegar a um título mais que merecido. Não basta chamar nomes aos árbitros, aos treinadores, aos jogadores quando eles perdem e não correm."

Agora... treino a treino...
A caminho da supertaça... 


sexta-feira, 24 de maio de 2019

Entrevista de Domingos Soares de Oliveira






O Benfica precisa de vender jogadores ou os atletas só saem com a cláusula de rescisão?

São duas perguntas que não estão ligadas entre si. O Benfica tem hoje uma situação económica muito mais robusta do que já teve no passado, mas mesmo assim a venda de jogadores continua a fazer parte do negócio. Não significa que tenham de ser jogadores titulares, nós este ano sinalizamos aquilo que foram as vendas do Benfica ao longo do ano, não houve nenhum titular que tivesse saído e, no entanto, temos um volume de negócios com venda de jogadores ainda significativo.

Portanto, se aparecer um clube que dê 100 milhões de euros pelo João Félix, o Benfica não vende?

Se aparecer um clube que não bata a cláusula a intenção é não vender.

O que é que determina a decisão definitiva de venda ou não abaixo da cláusula de rescisão? Faz sentido, para a realidade económica e financeira em Portugal e do Benfica, haver uma oferta de 100 milhões de euros e não vender um jogador de futebol?

Sei que é difícil as pessoas entenderem isto, 100 milhões de euros é muito dinheiro. Nunca houve vendas de 100 milhões de euros de um único jogador em Portugal. Agora, o nosso objetivo principal, à data de hoje, é ganhar no relvado. Tudo o que tivermos de fazer para manter os jogadores que nos permitam ter mais condições de ganhar no relvado vamos fazê-lo. Já houve anos, há alguns anos, em que a situação económica era mais débil e, portanto, a necessidade de vender os jogadores que eram titulares era uma necessidade efetiva. Hoje, a situação é diferente. Portanto, se a cláusula de rescisão é de 120 milhões, se não aparecer ninguém a bater a cláusula de 120, que batam 100 ou 90 ou 80, o jogador fica.

Já houve algum clube a apresentar uma oferta concreta ao Benfica por João Félix?

Não chegou nenhuma oferta ao Benfica. Há conversas, há rumores, há algumas informações que até temos por via do jornal, de clubes que estão interessados. É verdade que, nas reuniões internacionais, a grande maioria dos clubes mais importantes da Europa pergunta pelo João Félix, todos têm uma expectativa relativamente ao João Félix, mas do ponto de vista objetivo, até à data, não chegou nenhuma proposta ao Benfica.

50 ou 60 milhões é já uma parte muito significativa do orçamento, por exemplo do orçamento que o Benfica está agora a executar e que termina no final do junho…

Estamos a fechar o exercício do ano, vamos fechar o exercício sem vendas de jogadores com um valor próximo de 200 milhões de euros. Sem receitas operacionais, sem qualquer transação de jogadores. E com transações de jogadores, se não houver nenhuma surpresa até ao final do ano, ou seja, se não houver nenhuma venda relevante, o valor deve ser 250 ou 280 milhões de euros. Se considerarmos que 50 milhões – este ano é cerca de 58 milhões de euros – vem das competições europeias… As competições europeias, à semelhança dos direitos televisivos, são as duas principais componentes do ponto de vista das receitas. E são one shot, ou seja, ou estou ou não estou. Não é venda de merchandising, não é venda de bilhética que é um trabalho diário. Aqui, ou se conseguiu ou não se conseguiu.

Sobre o naming do estádio, vamos ter novidades em janeiro ou fevereiro do próximo ano?

Não sei se vamos ter. Temos propostas… acredito que existem condições para fechar essas propostas durante os próximos meses, mas sou sempre cauteloso porque não queremos criar falsas expectativas.

É possível dar uma noção de valores?

Temos sempre apontado para um valor de cinco milhões de euros por ano. Estes contratos têm de ser de longa duração, a oito ou a dez anos.

Disse que começa esta época mais confortável. Quer dizer que o Benfica vai gastar mais? Recordo dois pontos, na emissão de obrigações assumiu o compromisso de aumentar os capitais próprios do Benfica e conter os gastos operacionais, isto é, não inflacionar orçamentos, nomeadamente com salários de jogadores. Como é que isso é compatível para ter uma equipa competitiva?

As receitas no mundo do desporto crescem sempre, não para todos os clubes, mas para a maioria e é o nosso caso. Este ano, temos um crescimento de receitas operacionais de 25%, e é uma época em que não fizemos nada de espetacular em termos de competições europeias porque saímos da Champions e fizemos depois até aos quartos de final na Liga Europa. Existe uma tendência neste momento no mundo do futebol que é de permanente crescimento das receitas. Na maior parte dos casos, temos receitas que estão de alguma forma contidas. Por exemplo, o contrato de direitos televisivos está fechado para os próximos anos, mas do ponto de vista de receita de bilhética, à medida que vai havendo maior escassez do ponto de vista de disponibilidade, e este ano já tivemos oito jogos em que não tínhamos mais bilhetes para vender. Naturalmente o produto mais escasso permite-nos crescer o valor, isto é válido para empresas e é valido para os particulares.

No caso das competições europeias aquilo que se nota é que de ano para ano as receitas sobem significativamente. Não é de ano para ano, mas nos ciclos 2018/2021 e agora 2021/2024. Há sempre um crescimento de receitas. Portanto, contenção de custos operacionais sim, desde que isso não ponha em causa a qualidade do plantel e desde que isso seja acompanhado de um crescimento das receitas como temos tido.

Uma futura Liga Europeia seria bem-recebida no sentido de mais facilmente poder aumentar as despesas porque as receitas serão muito maiores?

Uma futura Liga Europeia, seja ela fechada ou não — porque, no fundo falou-se durante muitos anos numa Super Liga e agora fala-se de uma competição diferente, com muitos mais jogos europeus, mas que não é uma competição fechada –, é um modelo para equipas como o Benfica e, provavelmente, para outras equipas com o estatuto do Benfica, é um modelo favorável. Naturalmente que, se em vez de seis jogos, numa fase de grupos disputamos 14, o incremento de receitas é um incremento significativo.

Um desafio que se coloca é: como é que o Benfica garante estar nesse patamar das melhores 32 equipas europeias? Até agora, do ponto de vista de ranking, estamos nesse patamar e até já estivemos melhor. Do ponto de vista de receitas também. Temos conseguido aguentar-nos dentro dos 30 maiores, mesmo com os crescimentos disparatados do valor dos direitos televisivos em Inglaterra, nós conseguimos manter-nos ali dentro dos 25/30 primeiros.

E é fulcral estar nesse espaço de referência europeu para poder manter a hegemonia do futebol português?

É fulcral estar no espaço europeu, sem dúvida. E penso que o nosso projeto tem de ser um projeto em que olhamos para os nossos concorrentes como os clubes que estão ao nível mais alto da Europa.

Mas é fulcral estar nos oitavos de final?

É fulcral estar nos oitavos de final e, a partir do momento em que se entra nos oitavos de final, qualquer coisa pode acontecer. É verdade que o último clube a vencer uma Champions, no modelo atual, que não fosse a união dos cinco grandes países, foi o FC Porto em 2004.

O Benfica acabou de fazer uma emissão de obrigações que correu muito bem. Tendo em conta o quadro que nos traça, porque é que ao mesmo tempo o Benfica teve de antecipar receitas dos direitos televisivos da NOS de 2022 e 2023?

Mais uma vez, as coisas não são coincidentes. Ou seja, primeiro fizemos essa cedência de créditos da NOS para reembolsar os 50 milhões que tinham origem num anterior empréstimo obrigacionista. Portanto, ao contrário de outras operações, em que o reembolso só era feito depois da emissão, neste caso fizemos primeiro o reembolso e depois lançamos a nova emissão, portanto, reembolsamos esses 50 milhões.

De alguma forma estenderam o pagamento dessa dívida aos obrigacionistas, a quem investiu. Está a valer a pena, mesmo com taxas baixas, mas, ainda assim, mais altas do que as da banca, trocar a dívida bancária por este tipo de dívida de obrigações?

Nós praticamente já não temos dívida bancária. A nossa dívida bancária é de cerca de 13/14 milhões de euros, não ultrapassa isso. O maior problema que existe em termos de dívida bancária em Portugal é que os bancos não financiam as sociedades anónimas desportivas, dizem, por regras…

Não é por vontade dos clubes…

Não. Nós gostaríamos muito de poder continuar a trabalhar com a banca, mas desde 2014 as regras têm sido mais apertadas e, do nosso lado, fizemos o reembolso de toda a dívida que tínhamos à banca, que não era só uma dívida do produto típico de empréstimo, mas também de papel comercial. Portanto, havia uma série de instrumentos financeiros que tinham taxas mais altas do que as habituais. Fizemos esse reembolso todo, com financiamento de 3,75% que eu acredito que se possa manter para os próximos. Estamos numa situação já bastante confortável.

Nos últimos anos, sucederam-se vários casos que envolveram o Benfica, nomeadamente e-toupeira e suspeitas sobre jogadores. A vitória deste ano é justa?

Não tenho dúvidas nenhumas. É uma vitória justíssima e os números falam por si. Tivemos um início de campeonato difícil, em que por culpa própria tivemos resultados menos positivos. E depois, a partir da entrada do Bruno Lage, fizemos um campeonato absolutamente irrepreensível. Acho que ninguém põe em causa isso.

Há quem ponha isso em causa, por exemplo num conjunto de resultados que foram consequência direta de erros de arbitragens.

Sempre ouvi dizer que o campeonato é uma prova de resistência e acho que é verdade. Um campeonato não se decide pelo jogo A ou B, pode haver um erro no jogo A a nosso favor e outro erro no jogo B a favor do nosso adversário. O que é verdade é que nas lutas diretamente com os nossos principais rivais, ganhámos essas lutas praticamente todas.

No ponto de vista de eficácia e ataque, demonstrámos que voltamos quase aos anos 60/70. Portanto, sinceramente, uma pessoa honesta não põe em causa o resultado deste campeonato, porque — eu sei que é desagradável para os nossos adversários –, mas ver a performance que tivemos e ver que conseguimos ultrapassar uma barreira que parecia inultrapassável — sei que é difícil e compreendo isso, já estive do outro lado –, mas é um campeonato irrepreensível.

A Benfica TV vai continuar a transmitir os jogos do Benfica no próximo ano?

Essa decisão não é só do Benfica, mas, acima de tudo, de quem nos comprou os direitos televisivos. E quem nos comprou — foi a NOS — partilha esse conteúdo e custos com restantes operadores de telecomunicações. Os operadores estão satisfeitos com o modelo que têm atualmente, do ponto de vista prático, quem assinar a TV contribui para o esforço que os operadores de telecomunicações fazem e, portanto, da parte dos operadores e daquilo que nos foi transmitido recentemente, existe todo o interesse em manter o modelo atual. Da nossa parte, obviamente, completamente disponíveis para manter o modelo atual, estamos satisfeitos com ele e é para continuar.




Acho muito importante todos estarem a par daquilo que o principal administrador da Benfica SAD na área financeira tem a dizer. 

Para mim duas coisas a salientar: cai por terra a ideia de que os jogadores só sairão pela cláusula de rescisão. Quem souber ler aquilo que DSO diz perceberá porque digo isto. Outra coisa que me salta à vista é os 5 milhões de euros pelo naming do Estádio, caindo por terra toda a demagogia barata de jornais a dizer que o patamar era os 10M€ / ano.

Muito interessante a forma como fala das receitas e da ideia de uma Liga Europeia. 

Bruno Lage o treinador pegou na equipa na 16.ª jornada e foi peça fulcral no 37


Para mim o 37 foi o campeonato mais incrível e saboroso de todos os que vi conquistar, pois num só campeonato, conseguimos reunir quase todos os ingredientes que vem nos livros a vaticinar um insucesso desportivo.

Os rivais estavam unidos como nunca contra nós com a campanha mais nojenta alguma vez feita, a oposição na pessoa de RGS sedenta de poder juntava-se à descredibilização publica da direção e os maus resultados obrigaram-nos a trocar de treinador a meio da época desportiva.
Fora de campo estávamos também afectados na dor de perder o penta com uma champions inqualificável e na honra de ver o nosso clube envolvido em vários casos de justiça. 

Uma parte significativa da nossa massa adepta dividia-se... uns embarcavam na cantiga comunicacional dos rivais, outros optavam pela ágil oposição política de RGS em campanha semanal angariando simpatias.

O mais curioso é que tanto rivais como RGS estavam de acordo com a estratégia delineada, ainda que paralela e desconcertada.

O objectivo de ambos era claro, passava por rolar com a cabeça de LFV.

Não deixa de ser estranho, antagónico e merecedor de parar para pensar dois minutos... Num mundo lógico, se RGS como benfiquista pretende o lugar de LFV, significa que na sua óptica a direção está a fazer um mau trabalho. Se está a fazer um mau trabalho, os rivais quererão é que este estado de coisas permaneça e não que se altere. Certo???

Porque será que ambos comungavam da mesma opinião?

Simples... Ambos sentiam que era a oportunidade tanto de uns, como do outro, da mudança. Ambos com consciência de que o Benfica ganhando chocaria de frente com os seus interesses.

Ganhamos! Foi incrível! Um enorme CHUPA para todos os que não o desejavam, pois este é dos tais, que se ganha contra tudo e contra todos.

Os méritos devem ser distribuídos...
Desde logo pela nossa comunicação que tanto critiquei por inação. Ajustou e percebeu, que ou comunicamos com esta corja "olho por olho, dente por dente", ou auto descredibilizamo-nos publicamente. Mérito também de todos os profissionais do clube nas mais diversas áreas, presidente Luís Filipe Vieira pelas decisões que assumiu, plantel e equipa técnica que nunca baixou os braços... a nós também, adeptos que acreditamos ser possível apoiar e fazer melhor do que estava a ser feito, ainda que muito poucos acreditassem no 37 (ou nenhuns).
Todos somos campeões justos, pois todos nós temos uma quota parte na conquista... mas há que destacar um homem... Bruno Lage.

Deixo uma entrevista a 10 julho 2018 quando regressou ao Benfica, assumindo o cargo de treinador principal do Benfica B. (Gratidão é um sentimento nobre e o minuto 2:39 é bem revelador do homem Bruno Lage...)

O segundo vídeo é um apanhado geral da história, trajetória e ascensão.

O terceiro vídeo corresponde à fantástica entrevista de ontem.





"OS NÚMEROS E OS RECORDES DE BRUNO LAGE NA LIGA NOS

FUTEBOL
O treinador pegou na equipa na 16.ª jornada e foi peça fulcral no 37.

O Benfica cumpriu o desígnio da Reconquista e confirmou o 37.º título para o seu palmarés. Todos foram fundamentais, mas há um nome incontornável nesta caminhada: Bruno Lage. O Site Oficial traz-lhe os números e recordes do treinador de 43 anos.

Derbi
Começou a temporada na equipa B, com bom trabalho registado e um dos melhores arranques da formação do Clube na II Liga, mas no início de janeiro de 2019 foi-lhe lançado o desafio de agarrar a equipa principal, quando esta se encontrava a sete pontos do FC Porto e a um do SC Braga.
O que se viu a partir daqui foi magia! Com Bruno Lage ao leme, o Benfica não mais perdeu na Liga NOS e a eficácia de triunfos só não é 100%, porque o Belenenses SAD empatou a duas bolas no Estádio da Luz. Ainda assim, contabiliza 94% de aproveitamento na prova, marca que o coloca como o treinador com melhor percentagem de vitórias, superando Jimmy Hagan. É sob a sua liderança que as águias registaram a melhor 2.ª volta de sempre, com 49 pontos (16 vitórias e um empate).
Termina 2018/19 com 19 jogos seguidos sem perder na Liga NOS, sendo que registou a melhor série de triunfos da época – nove vitórias – em duas ocasiões, entre as 16.ª e 24.ª jornadas e entre 26.ª e 34.ª rondas.
Na caminhada para o 37, todos os jogos foram importantes, mas há uns que, valendo três pontos, deixam indelevelmente uma marca motivacional grande nos jogadores. Exemplos? Os desafios com o Sporting, FC Porto e SC Braga, principais adversários do Benfica na presente temporada. Com Bruno Lage como treinador, o Benfica teve que se deslocar aos Estádios José Alvalade (Sporting), Dragão (FC Porto) e Municipal de Braga (SC Braga). O técnico não se amedrontou e alcançou três vitórias: 2-4 em Alvalade, 1-2 com o FC Porto e 1-4 no Minho, registo que só encontra paralelo 1990/91. Nessa época, Sven-Goran Eriksson logrou triunfos nas casas de leões, portistas e arsenalistas.
Benfica-Marítimo

Sob o signo do golo

Desde que o técnico assumiu a equipa, o golo tornou-se ingrediente principal no prato que a equipa servia aos adversários. Em 19 encontros, 72 tentos marcados (média de 3,78); dos 18 triunfos, 10 foram com números de goleada (55%).
Em 34 jogos, 103 golos apontados, o que cifra a média por partida em 3,03. Entre as 10 principais ligas da Europa, ninguém marca tanto como as águias. Este registo de golos é, inclusive, o melhor do Clube no Campeonato Nacional, igualando os 103 obtidos em 1963/64 e superando os 101 de 1972/73 e os 99 de 1946/47.
Se juntarmos as restantes competições, o Benfica contabiliza 140 remates certeiros, números que o Clube não atingia há 54 anos, quando, em 1964/65, sob o comando do romeno Elek Schwartz, os encarnados apontaram 157 golos."
Texto: Marco Rebelo
Fotos: Arquivo / SL Benfica

No Facebook em https://www.facebook.com/universobenfiquista

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Hegemonia - Sucesso desportivo ou propaganda - Campeonatos

Os últimos dias têm sido para a maioria dos benfiquistas de celebração… o Benfica chegou ao seu 37º titulo de campeão nacional!

Com este titulo e desde 2010… o Benfica venceu 6 campeonatos nacionais… Igualando a década de 70… apenas tendo feito melhor na década de 60! Para mim poucas duvidas há que o Benfica é, neste momento histórico, hegemónico no futebol português.

Em 85 edições de campeonato nacional o Benfica ganhou… 37 títulos! … “Benfica dá-me o 38”



“Ah e tal entregaram o penta”
Claro que há sempre os insatisfeitos, normalmente benfiquistas com muita memória e que se lembram de tempos há muito passados… choram porque no ano passado o Benfica não foi penta campeão… Um feito único na história do futebol português… que todos sabemos como foi obtido à época e que todos sabemos ao ponto que os rivais chegaram para evitar que o Benfica o atingisse.

Para dar a noção deixo uma tabela com as vitórias consecutivas no nosso campeonato, onde mais uma vez se demonstra a raridade que é um penta… Daí que criticas ao Benfica ter falhado o penta são ignorantes e injustas, na minha opinião!


Vitórias Consecutivas no Campeonato Nacional
Clube
Penta
Tetra
Tri
Bi
Benfica
1
6
9
Sporting
1
2
2
FC Porto
1
2
3
8


Mas pior do que criticar por se ter falhado… é a “teoria” de que foi intencional, “sabotagem” e incompetência! Conforme se pode verificar… aquele 1 que aparece na coluna do tetra já por si foi um feito inédito no Benfica! Logo se fosse para sabotar um feito histórico mais valia sabotar o inédito tetra… ou do tricampeonato (último da série de 4 tricampeonatos em que o sporting evitou sempre o há época 2º tetra do futebol português) que não acontecia desde 1974–75 / 1975–76 / 1976–77… ou o bicampeonato que não acontecia desde 1982–83 /1983–84… mas isso a memória deles não deve alcançar! Se falhar um penta é incompetência que dizer de quem nunca conseguiu ter a oportunidade de falhar um penta porque nem tetras obteve? Foram todos os presidentes do Benfica incompetentes? Claro que não! Mas isto é a lógica e não tenho expectativas que todos lá cheguem… Uns porque não conseguem mesmo chegar lá… outros porque querem culpar LFV de um insucesso desportivo que apenas eles veem.

Sucesso desportivo ou propaganda?
Já sobre as vitórias dizem "correu bem", "BL safou LFV", "a estrutura era o JJ"... Entre outros.

LFV é presidente do Benfica desde 31-10-2003… o Benfica disputou 15 campeonatos completos sob presidência de LFV… mas julgo ser justo incluir 2003/04 nas contas pois foi quase totalmente disputado sob liderança de LFV…

Com LFV… o Benfica ganhou 7 campeonatos em 16 anos… isto representa que na presidência de LFV o Benfica ganhou 1 titulo de campeão a cada 2,29 campeonatos vs média histórica de 1 titulo de campeão a cada 2,3 campeonatos. Se a comparação for com igual período anterior à presidência de LFV… 1987–88 a 2002–03… 3 campeonato em 16 anos… sendo que nos últimos 9 anos o total de campeonatos era ZERO e nos últimos 7 (!!!) anos o Benfica tinha ganho ZERO troféus em futebol! (Sim… isto era o Benfica, desportivamente, em futebol… à data da chegada de LFV à presidência… onde fica a memória?) 

What?!
Quer dizer que a média de campeonatos com LFV é igual à média histórica que fez do Benfica, o Campeão dos Campeões? É isto a destruição do Benfica? Igualar a média histórica e a 2ª melhor década da História do Benfica em 15 anos… com tendência de melhorar. E isto partindo de um ciclo em que o clube não ganhava há 9 épocas e contra um porto vencedor da taça UEFA e Champions?

Deixo uma tabela com os campeonatos ganhos para que todos possam tirar outro tipo de conclusões…

Décadas
Campeonato Nacional
Benfica
Porto
Sporting
Outros
Pré 25 Abril 1974
20
1921–22
1922–23
1923–24
1924–25
1925–26
1926–27
1927–28
1928–29
30
1929–30
1930–31
1931–32
1932–33
1933–34
1934–35
1
1935–36
1
1936–37
2
1937–38
3
1938–39
2
40
1939–40
3
1940–41
1
1941–42
4
1942–43
5
1943–44
2
1944–45
6
1945–46
1
1946–47
3
1947–48
4
1948–49
5
50
1949–50
7
1950–51
6
1951–52
7
1952–53
8
1953–54
9
1954–55
8
1955–56
4
1956–57
9
1957–58
10
1958–59
5
60
1959–60
10
1960–61
11
1961–62
11
1962–63
12
1963–64
13
1964–65
14
1965–66
12
1966–67
15
1967–68
16
1968–69
17
70
1969–70
13
1970–71
18
1971–72
19
1972–73
20
1973–74
14
1974–75
21
1975–76
22
1976–77
23
1977–78
6
1978–79
7
80
1979–80
15
1980–81
24
1981–82
16
1982–83
25
1983–84
26
1984–85
8
1985–86
9
1986–87
27
16 anos Pré Luis Filipe Vieira
1987–88
10
1988–89
28
90
1989–90
11
1990–91
29
1991–92
12
1992–93
13
1993–94
30
1994–95
14
1995–96
15
1996–97
16
1997–98
17
1998–99
18
2000
1999–00
17
2000–01
2
2001–02
18
2002–03
19
Luis Filipe Vieira
2003–04
20
2004–05
31
2005–06
21
2006–07
22
2007–08
23
2008–09
24
10
2009–10
32
2010–11
25
2011–12
26
2012–13
27
2013–14
33
2014–15
34
2015–16
35
2016–17
36
2017–18
28
2018–19
37




No Facebook em https://www.facebook.com/universobenfiquista
No Twitter em https://twitter.com/UnivBenfiquista