Siga-nos no Facebook

domingo, 5 de maio de 2019

Péssima exibição com um resultado exagerado...

 
Muitos erros defensivos, muitas bolas perdidas de forma infantil e a bola a queimar com a pressão de ganhar.
É nestes jogos que se sente a diferença de idades e experiência com todos os riscos inerentes.

Como se tudo isto não bastasse, já é pelo menos o terceiro jogo, que vejo o Benfica a não conseguir contrariar equipas que joguem num sistema de três centrais... Já era tempo de encontrar um antídoto para este tipo de sistema.

Depende do opositor, mas normalmente jogando em 442 no papel (que não é o sistema ideal), para contrariar este tipo de equipas pede-se que os médios alas sejam solidários de forma constante e que um dos dois avançados faça de médio quando não temos bola. Além disso, a pressão terá que ser constante e conjunta, com basculação da linha média permanente e rápida.

O que vimos, foi mais uma vez o nosso meio campo constantemente em inferioridade numérica, com pressão ao portador ineficaz.
Cheguei a ter pena do Florentino. Com 19 anos andou a tentar apagar fogos grande parte do jogo, sem que do banco houvesse correção de posicionamentos...

Porra! O nosso treinador tem que conseguir corrigir posicionamentos com o decorrer da partida, nem que para isso, se tenha que dar indicações ao Vlachodimos para cair e pedir assistência.

Faltam dois jogos tremendamente difíceis onde só a vitória interessa. 💪🙏

Ps1: Os comentários já são possíveis sem conta google, ainda que sujeitos a aprovação.
Ps2: Fui só eu que vi irregularidade na marcação do penalti do Soares?



22 comentários:

  1. Concordo perfeitamente. O meio campo ontem esteve uns bons furos abaixo. Não me surpreenderia com o Fejsa no meio campo em Vila do Conde, para dar experiência que se nota fazer falta a esta maravilhosa equipa!

    Sim, faz uma paradinha e até anda para trás um bocado. Mas não era o Pizzi ou outro jogador do Benfica, por isso nem reclamações dos adversários!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meio campo nada podia fazer em inferioridade numérica. Ninguém faz milagres.
      O problema foi a estratégia de jogo que continua errada contra equipas com sistema de três centrais.

      É falta em qualquer parte do mundo, retirando para esta arbitragem, VAR e imprensa desportiva que percebe ZERO de bola.

      Eliminar
  2. A equipa está intranquila fruto da pressão especialmente por causa das arbitragens ridículas.
    Mas o que vale é que na segunda parte eles soltam - se e fazem o que sabem fazer melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podemos fazer 45 minutos apenas em Vila do Conde. Se isso acontecer, arriscamos o campeonato já na próxima jornada.

      Eliminar
  3. Concordo que algum nervosismo é fruto da juventude... Era menos "pressão" ir em 2o e não ter nada a perder mas a recuperar do que ir na frente e ter algo a perder... Felizmente, e tal como conversa o Braga, o empate do porto deu alguma margem... Mesmo a perder só estávamos a 1 golo da liderança!

    Discordo do título... Acho que fizemos um bom jogo contra um adversário muito difícil.

    Uma equipa com qualidade técnica e que utilizando a mesma se refugiou numa posse de bola sem grande objetividade (semelhanças com o Belenenses, a circular a bola na entrada da própria área e ao menor sinal de pressão a passar para o Gr) que com as tentativas de pressão do Benfica a serem ultrapassadas chegava com alguma facilidade a zonas de finalização.
    O Benfica ou arriscava mais para tentar recuperar ou baixava para sair em contra ataque... Numa 1a parte, com o adversário fresco não me parece possível condicionar muito mais.

    Lembrando ainda que logo a abrir temos um golo cantado do seferovic.

    É normal que os adversários comecem a ter adaptações para o modelo de jogo do Benfica... E normalmente passam por encher o corredor central... Aí julgo que devíamos ter sido mais pacientes a circular á largura... O que permite maior segurança na posse de bola, subida de todos os jogadores e começar a abrir espaços interiores...

    Já no final da 1a parte começamos a ter situações de finalização sucessivas...

    Vi alguns benfiquistas desapontados com a exibição do FL... Eu acho que o miúdo é monstruoso... O que ele condiciona o jogo adversário e recupera é incrível! Ontem falhou 2 passes em zona perigosa... Não se pode criticar se o Jardel chuta na frente e o FL porque não chuta!!

    O golo deles fez o jogo entrar numa lógica de perdido por 100... E o BL meteu o Jonas... E com o Pizzi no meio tivemos melhor seleção de por onde atacar e menos bolas perdidas... E demos a volta... Depois enquanto não voltou o Pizzi para o corredor eles tiveram uns ataques perigosos, especialmente aquele passe do Jonas (á Pizzi x Setúbal)... Com Gedson o Benfica baixou e matou o adversário em contra ataques e ataques rápidos sucessivos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno, ele são uma boa equipa mas não são 10 Maradonas e ontem parecia. Se assim fosse não estavam a lutar para não descer.
      Eles estavam confortáveis no jogo mais por demérito nosso que por serem craques.

      Fazer um bom jogo na luz perante 60 mil, e na primeira parte poder estar a perder 3 ou 4 zero não posso concordar contigo.

      O Florentino é um craque, e também concordo que não foi por ele o que vimos na primeira parte. Ninguém faz milagres constantemente em inferioridade numérica.
      Sim, tenta sair sempre a jogar, mas com maturidade algumas dessas vai perceber que é melhor um chutão na frente. Faz parte da aprendizagem.

      Com a entrada do Jonas começamos a pressionar na frente e toda a equipa ficou compacta e a jogar a 30m, aquilo que até aquele momento não tinha sucedido. Pressionando de forma compacta, não deixamos sair a jogar e automaticamente 80% do seu jogo perde-se.

      O importante é a vitória, mas este tipo de exibição em 45m tal como em Braga, não me deixam tranquilo.

      Eliminar
  4. Alguns apontamentos:

    - Jogar contra 3-5-2 é penoso para o Benfica, enquanto há pernas dos adversários. A equipa ressente-se muito de estar a jogar contra 5 no meio campo sem que Rafa e João Félix ajudam. Só Pizzi na ajuda aos dois do meio não chega.

    - Nota-se e muito a falta de experiência de jogadores como Florentino e Ferro. Ontem estiveram mal durante 60 minutos. Podemos enaltecer e muitos as suas qualidades mas ontem fizeram um jogo a roçar o banal com muita dificuldade em assumir passes ou controlar a bola. Sentiram e muito a pressão do momento.

    - Jardel, Pizzi, Jonas e André Almeida ontem foram esteios. Jardel principalmente. A experiência dele ditou-nos a vitória no jogo. E a jogar num lado que não é o dele. Transmitiu, e muito, tranquilidade quando a equipa mais precisou. Pizzi foi novamente o melhor em campo. Jonas trouxe a estabilidade ao meio campo que o Félix não estava a dar. Mesmo a jogar devagar ou parado é um tremendo jogador.

    - Então hoje ninguém fala do Vlachodimos? Que injustiça tem sido feita a este miúdo. Tremendo nas saídas e a fechar espaços. Só não perdemos este jogo por causa dele. Assim como em muitos outros jogos. Em toda a época teve 1 erro grave (Belenenses) e um ou outro apontamento mais negativo. Salvou o Benfica de inúmeras derrotas. E foi quase crucificado nas últimas semanas.

    - Não perdendo o jogo em Vila do Conde só uma hecatombe nos tirará o 37. Somos de longe a melhor equipa do campeonato, como aliás sempre soubémos desde o primeiro dia. Melhor plantel de longe. Melhor qualidade de jogo de longe. Se ainda não somos campeões foi por uma das campanhas mais vergonhosas de arbitragem que há memória. Com VAR. Não deixa de ser impressionante a falta de vergonha na cara.

    - Já agora. Excelente atitude do Portimonense, assim como o Braga. Não veio de autocarro. Não veio fazer anti-jogo. Não veio partir pernas. Veio jogar futebol. Quebraram fisicamente aos 60 minutos e o Benfica mostrou mais uma vez que não tira o pé.

    - Sinceramente, ao contrário da maioria, tanto em Braga como neste jogo, mesmo quando começámos a perder... nunca duvidei da vitória. A equipa está a querer o título muito. Os jogadores querem muito. Os jogadores têm muito mais qualidade que a concorrência. Só um mero azar ou factores externos impediriam a vitória. E a verdade é que nas ultimas jornadas as arbitragens nos nossos jogos têm sido de excelente nível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo Rui, e ontem eram maioritariamente 6 no meio campo.

      Nota-se muito a falta de experiência também na forma como se interpreta o jogo. Um jogador mais maduro, por vezes ajusta sem que ninguém lhe diga nada, já os miúdos são muitos disciplinados e formatados no que lhe é pedido e torna-se difícil ajustar posicionamentos. Mas o Lage nisto também denota falta de experiência, pois se quer ajustar, não pode estar à espera do intervalo. Alguém tem que cair no chão, para que reúnam e dialoguem.

      Vlachodimos esteve muito bem, concentrado no jogo e bem nas saídas, ao contrário de alguns jogos que já teve esta época. Também é miúdo para guarda redes e a sua primeira época no Benfica.

      Tanto Braga como Portimonense, vieram para ganhar o jogo e exactamente com a mesma estratégia. Por isso me irritou ver os 45 minutos do Benfica, porque normalmente o que se faz após um jogo, é analisar os erros cometidos e vendo de longe, parece que nada disso foi feito.

      Eu sinceramente duvidei e sem dúvida que tivemos em ambos os jogos estrelinha que espero seja de campeão.

      Eliminar
    2. As outras equipas tb jogam e a verdade é que apanhamos com as equipas que melhor jogam em Portugal. Portimonense é um caso à parte em Portugal com jogadores de enorme qualidade. Rio Ave será novamente um tremendo jogo e mesmo o Santa Clara tem um excelente treinador.

      Cada jogo é um jogo. Ng sabe ao certo como o outro jogará. Não é assim tão habitual 3-6-1 ou 3-5-2 em Portugal. Espero um jogo muito complicado em Vila do Conde e espero que marquemos nos primeiros minutos para acalmar a equipa.

      Eliminar
  5. Falta um empate em Vila do Conde e uma vitória na Catedral com o SClara, a inexperiência e o consequente nevorsismo aparecem, mas acredito neles, um empate e uma vitória e já está!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com a equipa como está, temos que ganhar em Vila do Conde, porque se empatamos imagino a pressão de ter de ganhar ao Santa Clara que não é pera doce.

      Eliminar
    2. Já eu, prefiro uma vitória e um empate, pelo motivo apontado pelo GG. Mas acredito numa vitória e numa vitória.

      Eliminar
    3. Um empate em Vila do Conde temos de ir para a vitória ,o santa Clara como se viu no dragão não é fácil

      Eliminar
    4. Isso até pode ser verdade GG, mas se não vencermos o Santa Clara em casa no ultima jornada.... jogando mal ou bem.... o jogo da consagração do título terá de ser sempre vitória. Vila do Conde tem de ser a ultima etapa nessa caminhada.

      Eliminar
  6. Bom, lendo a blogosfera benfiquista, especialmente nestas últimas semanas, fico com a sensação que o Bruno Lage não percebe nada de futebol e que actualmente os grandes experts do desporto rei não são treinadores mas sim os bloggers.

    Aliás, a minha teoria é a seguinte: O Bruno Lage era um grande seguidor da blogosfera benfiquista e quando pegou na equipa apenas aplicou o que por aqui aprendeu. Com o decorrer do tempo começou a ficar mais arrogante, a pensar que já sabe tudo, não vem ler o que escrevem os experts, e a equipa ressente-se. Deixam de se saber posicionar em campo, deixam de saber rematar, enfim, desaprendem.

    Só vejo duas soluções. 1 solução é o Bruno Lage retomar as leituras dos blogs. A segunda solução é o GG ou o Shadows substituirem esse treinador que nada percebe de futebol.

    Adriano Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Adriano,
      O que eu me ri com o teu comentário (com sinceridade).

      O Bruno Lage não precisa de lições de ninguém e certamente que terá explicação sobre o sucedido.
      A grande diferença dele para nós que só opinamos, é que não decidimos nada e opinamos maioritariamente depois das coisas acontecerem.
      No entanto não deixarei de dizer o quer penso de forma construtiva. Quando abordo certas temáticas, não quero dizer a todos os que leem que tenho razão, quero que leiam e retirem as vossas próprias ilações, pois eu já dei a minha. Discutível ou não, é a minha e nunca deixará de ser.

      O que gostaria da parte do Adriano era precisamente esses mesmos minutos que "perdeu", mas para dar a sua opinião relativamente ao que foi escrito ;)

      Eliminar
  7. não retirando nada aquilo que dissestes acho que o que faltou mais nos sessenta minutos iniciais foi agressividade, nem estou a falar de pressão, não ganhamos uma bola dividida a equipa apenas se limitava a olhar os outros jogar.
    alias no lance que deu o empate ganhamos mais bolas divididas e importunamos os adversários que em todo o período anterior.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para se ser agressivo sobre a bola e em duelos é necessário estar bem posicionado e isso não tivemos pelo menos durante toda a primeira parte.

      Eliminar
    2. sim sem duvida.

      mas mesmo não estando bem posicionados podes chegar e pelo menos encostar no adversário e importunar coisa que nunca fizemos.

      e mesmo nos lances em que até estávamos bem posicionados eles conseguiam mesmo estando pior posicionados muitas vezes ficar com a bola.

      Eliminar
  8. O portomonense apresentou-se muito motivado, bastante a agressivo, não permitindo que o Florentino ou o Samaris fizessem fluir o jogo!
    Acresce que o Jardel tem lacunas a sair jogar e o Ferro (também muito pressionado) esteve um pouco nervoso e inseguro.
    Não dá muito para criticar os da frente porque a bola não lhes estava a chegar, e quando chegou ainda criaram algumas oportunidades.
    Para ser sincero, quando vi a substituição do Samaris pelo Jonas, pareceu-me suicídio, pois se o meio campo não estava por cima, pior iria ficar (se calhar por isso é que não sou treinador).
    Não atribuo a reviravolta à substituição, mas antes a um momento de inspiração do Rafa que sacou um golo do nada!
    Esse golo despertou a equipa que percebeu que pressionando mais a defesa do portomonense, eles iriam começar a falhar.
    Com o resultado 2-1 o Jardel tem um corte extraordinário, num lance que acaba por ser o canto do cisne, porque depois só deu Benfica!
    Se considero o resultado exagerado? Não! Pelo simples motivo de que os jogos têm 90 minutos (exceto em tondela com o sapos, em que podem chegar aos 115), e o Benfica criou oportunidades e concretizou-as ...
    Os nervos são muitos e acho que todos os Benfiquistas se sentiram apertados e sentiram o título a fugir, quando o portomonense marcou. Mas a equipa voltou a dar resposta e isso é o que é mais importante!
    Quanto à questão da experiência ou falta dela! Não faltou quem atribuísse a eliminação da LE à não utilização do Ferro e do Florentino, pelo que não se entende que agora digam o contrário ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O apoio dos adeptos tem sido inexcedível, e a humildade tanto da equipa como de quem apoia parece prevalecer. Prefiro este tipo de atitude do que o "vamos dar 4", que normalmente se traduz em falta de humildade e campo a vacilar e os adeptos a assobiar por elevadas expectativas.
      Tenho confiança na vitória nos dois próximos jogos.

      Eliminar
  9. Se uma equipa faz pressão alta com qualidade, como o fez o Portimonense, é deixá-los esgotar as pilhas e depois ir para cima deles. É difícil contrariar essa pressão e o SLB estava com medo de com isso desguarnecer a defesa.

    Mesmo assim eles marcaram, porque a juntar a tudo isso havia muito nervo à flor da pele. Aquela intervenção do Florentino junto da linha de fundo que depois de ganhar a posição e roubar a bola ao adversário a perde inexplicavelmente diz muito da falta de concentração que exibiram mais ou menos todos. Não foram só os mais novos. Samaris, Pizzi e Rafa falharam imensos passes.

    Não concordo com o título. A exibição foi péssima 2 terços e de gala 1 terço. O resultado também não foi exagerado, porque se tivéssemos concentrados desde o início da partida provavelmente tínhamos dado 7 ou 8.

    Parafraseando aquela máxima "não é como começa mas como acaba" tenho total confiança na equipa e no treinador e sei que vamos ser campeões. Até aposto que o SCP vai roubar pontos ao Porto...

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado