Siga-nos no Facebook

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Pizzi carrega o Benfica às costas...



Pizzi ano após ano é um dos jogadores mais influentes do Benfica.
Eu sou fã de Pizzi e é-me difícil explicar, porque é que jogadores como ele são sempre os patinhos feios nos maus resultados da equipa. 

Talvez se explique por ser um jogador de características peculiares e em campo visualmente pouco elegante, não é forte fisicamente, não é agressivo nem veloz... mas Pizzi tem muitas características difíceis de encontrar num jogador só, pois tem liderança, é jogador de equipa, tecnicamente evoluído, precisão elevada no passe, visão de jogo fora do vulgar, inteligente na ocupação de espaços, disciplinado em campo no que lhe é pedido, é simples como pessoa e atleta e assiste para golo com a mesma satisfação de um golo do próprio.

Basicamente, é para os adeptos no geral, o primeiro a ser colocado em causa nos momentos menos bons da equipa e daqueles jogadores que todos os treinadores apreciam e desejavam ter na sua equipa.
Actualmente todos falam na época tremenda que Bruno Fernandes está a fazer no Sporting, mas não deixando de ser verdade, Pizzi está a fazer a sua melhor época de sempre e a ser decisivo num hipotético campeonato nacional conquistado pelo Glorioso.

Após o jogo com o Braga, o Benfica no site oficial explanou-nos alguns números bem interessantes e só ao alcance dos predestinados.

SUPER-PIZZI: O MÉDIO MAIS INFLUENTE NA EUROPA

FUTEBOL
Participou em 33 por cento dos 91 golos apontados pelo Benfica em 31 jornadas na Liga NOS.

Marca, dá marcar e, no meio-campo do Benfica, supera alguns dos melhores registos em 2018/19, batendo a concorrência aos pontos. Dois golos e uma assistência na partida com o SC Braga (1-4) elevaram Pizzi a jogador mais influente da Liga NOS. É também o médio que mais participa em golos nos 15 principais campeonatos da Europa.

Diante dos bracarenses, Pizzi foi o homem do jogo, com a plataforma Sofascore a dar-lhe nota de 8,9 (numa escala até 10), a mais alta no jogo. A equipa da casa até saiu na frente ao intervalo, mas, aos 59’, o camisola 21 marcou o primeiro de dois penáltis de que iria dispor e consumou a reviravolta no marcador. Aumentou assim para 12 o número de golos no Campeonato. Aos 69’, num pontapé de canto, ainda foi a tempo de fazer a 18.ª assistência nesta Liga NOS, servindo o cabeceamento de Rúben Dias para o 1-3.
Juntam-se, igualmente, três remates (dois deles enquadrados), cinco passes para finalização dos colegas e uma eficácia de passe de 84%.
Esta está a ser uma época de sonho para o camisola 21. Os 12 golos e as 18 assistências fazem com que tenha estado diretamente ligado a 30 dos 91 tentos das águias no Campeonato Nacional (33%). 

Mas há mais: Pizzi acaba de bater o recorde de golos marcados em todas as provas numa temporada!

Os 14 já conseguidos deixam para trás os 13 feitos em 2016/17. Curiosamente, nessa época, o médio, de 29 anos, realizou os mesmos jogos que soma em 2018/19 – 52 –, sendo que a atual ainda decorre.
Não foi só internamente que Pizzi deixou a sua marca de qualidade no jogo ofensivo do Benfica. O médio participou em cinco tentos (dois golos e três assistências) nas competições europeias – Champions e Liga Europa – e num na Taça de Portugal, com um passe para golo. Nas provas da UEFA marcou nos dois golos com o PAOK (play-off de acesso à fase de grupos) e assistiu Jardel na segunda mão; fez o passe para o golo de Grimaldo em Atenas com o AEK (fase de grupos) e na Luz com o Dínamo Zagreb, este já na Liga Europa.

Sem paralelo na Europa

O que o internacional português já conseguiu em Portugal é impressionante, mas, se abrirmos a pesquisa ao Velho Continente, percebe-se o quão ímpar são os números do benfiquista. O Site Oficial pesquisou entre os 15 maiores campeonatos da UEFA e chegou à conclusão de que Pizzi é o médio mais influente da Europa, com participação direta em 30 golos da equipa.
É preciso chegar à Liga holandesa para encontrar quem lhe faça sombra. O marroquino Ziyech teve influência em 29 tentos do Ajax (17 golos e 12 assistências). Perto, para além de Bruno Fernandes, do Sporting, seguem Hans Vanaken (Club Brugge) com participação em 27 tentos (13/14), Pablo Sarabia(Sevilha) e Edin Visca (Basaksehir) com 25 (12/13). Nesta luta, o benfiquista ultrapassa nomes como Paul Pogba (Manchester United), Eriksen (Tottenham) ou mesmo Marco Reus (Borússia Dortmund).
Texto: Marco Rebelo
-----------------------------

Pizzi é dos médios mais influentes da Europa e o que mais assiste em todos os campeonatos europeus.

#JogadoresIdadeNac.Clube / LigaJogosGAPts
1
Pizzi
Médio Direito
29Portugal
Sport Lisboa e Benfica
Portugal Liga NOS
311218
2
Amir Dervisevic
Médio Centro
26Eslovénia
NK Maribor
Eslovénia Prva Liga
27415
3
Pablo Sarabia
Médio Ofensivo
26Espanha
Sevilha FC
Espanha LaLiga
311213
4
Edin Visca
Médio Direito
29Bósnia-Herzegovina
Istanbul Basaksehir
Turquia Süper Lig
301213
5
Hans Vanaken
Médio Ofensivo
26Bélgica
Club Brugge
Bélgica Jupiler Pro League
301113
6
Julian Brandt
Médio Ofensivo
23Alemanha
Bayer 04 Leverkusen
Alemanha 1.Bundesliga
30513
7
Paolo Jiménez
Médio Esquerdo
35Costa Rica
CS Cartaginés
Costa Rica Primera Div. Clausura
43113
8
Bruno Fernandes
Médio Ofensivo
24Portugal
Sporting Clube de Portugal
Portugal Liga NOS
301612
9
Igor Coronado
Médio Ofensivo
26Brasil
Itália
Sharjah Cultural Sports Club
Emirados Árabes Unidos UAE Gulf League
221412
10
James Forrest
Médio Direito
27Escócia
Celtic FC
Escócia Premiership
301112

Ora se Bruno Fernandes tem 28 golos e 16 assistências, os dados são referentes a todas as competições, pois se avaliarmos apenas o campeonato nacional, Pizzi é sem dúvida o mais influente dos dois.

Melhor jogador da liga portuguesa Pizzi ou Bruno Fernandes?
Para mim, sem dúvida Pizzi...

7 comentários:

  1. G a culpa ser sempre do Pizzi é explicado por um fenômeno que não está definido mas que é o por as culpas nos melhores... Normalmente coloca-se a responsabilidade do fracasso em quem tem qualidade para evitar esse fracasso e não em quem não tem essa qualidade! Não conheço nenhum conceito para esta definição.
    Por exemplo... No Barcelona, se correr mal a culpa é do Messi... Na Juventus é do CR... Etc. A culpa é sempre dos bons e não dos que não são bons pois desses ninguém espera nada!

    O Pizzi é um facilitador da vida dos outros... É o gajo que faz chegar de A a B... E o mérito normalmente fica para o B... A não ser quando o número de assistências é inegável para ser por acaso. Vai ficar na história do Benfica! (Por muita azia que dê a muita gente)... Tetracampeão... O que nunca tinha sido atingido!

    De qualquer forma esses números de Pizzi são exponenciados pelo contexto da liga tuga.. fraca fraca...

    Queria só terminar a desmontar uma critica que é muitas vezes feita mas que é factualmente falsa... A que só joga porque não eram contratados jogadores para a posição dele... o que não faltou foram jogadores contratados para n8 ou ext ao longo deste tempo... simplesmente não tinham hipótese de jogar porque o Pizzi é melhor! Claro que é mais fácil odiar o gajo... E como ninguém lhe tira o lugar dizer que quem é contratado é fraco e que ele joga porque os outros é que são fracos.

    PS. Quase tudo isto serve para o AA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim é um bocado assim, mas para muitos dos críticos de Messi e outros craques, já Pizzi muitos dos críticos colocam em causa a qualidade do mesmo para ser titular e jogar num clube como o Benfica. É muito mais grave!

      "De qualquer forma esses números de Pizzi são exponenciados pelo contexto da liga tuga.. fraca fraca..."

      Os grandes jogadores se forem acompanhados de grandes jogadores mais facilmente colocam em campo o melhor de si e Pizzi é craque em qualquer equipa desde que o coloquem no lugar certo. Pergunta ao Bernardo Silva o nome dos jogadores dos quais ele é fâ ;)

      O André Almeida é um craque, pois é um jogador que tem crescido de época para época e com 28 anos está a fazer a sua melhor época de sempre. É um exemplo de um jogador que tem noção das suas debilidades que se notam mais quando se eleva o nível do adversário mas nunca ninguém o poderá acusar de falta de atitude.

      Eliminar
  2. Olhe que nao... Todos os experts da Internet dizem. Pizzi nao Vale nada, so chuta para o lado. Era por-lhe o laco e leva-lo ao aeroporto. 😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A conversa do laço só aparece nos jogos menos conseguidos, já quando é decisivo ninguém o refere. ;)

      Eliminar
  3. A definição de MVP é sempre muito subjectiva. Há quem diga por exemplo que é o melhor jogador na melhor equipa. Há quem diga que é o jogador que ao retira-lo da equipa mais impacto terá. Eu concordo com um misto de tudo.

    O Pizzi para mim tem sido o MVP desta temporada. Normalmente a par de Jonas são os jogadores que mais impacto têm. Não vou falar dos haters nem do porquê de não gostarem de um jogador como Pizzi. No entanto só vou dar mais alguns pontos:

    - Já são 3 treinadores que não prescindem de Pizzi. Não um, nem dois, mas três. Todos com sistemas tácticos e dinâmicas bem diferentes. E Pizzi foi sempre um dos principais jogadores em cada uma dessas equipas.

    - Comparar Bruno Fernandes é limitativo. Primeiro porque são jogadores com características totalmente diferentes e depois porque não lutam pelo mesmo. O Bruno Fernandes tem coisas melhores que Pizzi, mas o Pizzi também tem coisas muitos melhores que BF. O Bruno nunca conseguiria jogar em tantos sistemas como o Pizzi e manter a qualidade de jogo. Pizzi já jogou à esquerda, à direita, como 8 ou como segundo avançado. E sendo verdade que tem posição melhores ou piores é daqueles que nunca faz nenhuma delas mal. Cumpre sempre. Depois o Bruno Fernandes tem esses números numa equipa num ano em que não luta para nada a não ser para as Taças secundárias. Lamento mas jogar no campeonato sem pressão alguma ou jogar para manter liderança não é a mesma coisa.

    Para mim dizer que Bruno Fernandes fez uma melhor temporada que Pizzi no campeonato quando se tudo correr bem o Benfica será campeão e o Sporting ficar em terceiro a 8 pontos do Benfica... E quando de um ponto de vista de números o Pizzi tem mais G+A que o BF e a jogar a lutar pelo título?

    Bruno Fernandes também tem outro problema. É portista e bastante mauzinho nas entradas que faz, muitas vezes sem pensar e para magoar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim.
      É muito subjectivo tal como todos os prémios que não são atribuídos com dados concretos checados.
      Bota de ouro vs Bola de ouro. Um é concreto o outro terá sempre um grau enorme de subjetividade e até a sua transparência por vezes questionada.

      Será sempre diferente um jogador com pressão de titulos para outro que joga a feijões, no entanto também podemos pensar que se Bruno Fernandes tem este rendimento nesta equipa, numa que tenha jogadores a lutar pelo campeonato teria tudo para subir o rendimento. Tal como dizes é subjectivo.

      Acho que o melhor jogador do campeonato português é eleito pelo numero de vezes que foi jogador do mês (não tenho a certeza) e aí, Bruno Fernandes vai destacado.

      Eliminar
    2. Discordo em completo com o segundo parágrafo. Na verdade ao colocares um grande jogador duma equipa pequena numa equipa grande ele tende a esfumar-se em números. É exactamente o oposto e nada subjectivo.

      Eliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado