Siga-nos no Facebook

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Ranking UEFA - O Benfica Europeu de Luís Filipe Vieira


Na semana passada ouvimos o treinador do Benfica, Bruno Lage, no seu diferente estilo dentro do futebol português, falar sobre a eliminação do Porto da Liga dos Campeões e falou na importância que o Porto teve para que Portugal colocasse neste momento uma equipa directamente na fase de grupos Liga dos Campeões.

Ranking de Clubes Portugueses

Olhando ao que Bruno Lage referiu fui verificar o Ranking de Clubes Portugueses nos últimos 5 anos, 10 anos, 15 anos, 20 anos e 25 anos. Esta verificação é particular porque o método mudou ao longo destes anos, no entanto mudou para todos os clubes e portanto em termos relativos não fará diferença. Os valores que apresento aqui são aqueles que no ano vigente foram apresentados. Ou seja, no ano de 1995 estava a ser utilizado o 1º método de cálculo e portanto o valor é o calculado por esse método, e assim sucessivamente.


De um ponto de vista objectivo o Porto apresenta valores superiores ao Benfica quando temos os finais dos anos 90 e início do século XXI, ou seja nos valores de 20 e 25 anos. Nos valores de 10 e 15 anos o Benfica apresenta valores muito idênticos ao Porto, sendo mesmo um valor idêntico a 10 anos. No último caso, a 5 anos o Porto apresenta um melhor registo que o Benfica muito fruto de 2 anos maus do Benfica.

De um ponto de vista objectivo, pode-se verificar que quando se fala que o Porto tem uma prestação muito superior ao Benfica na Europa não é de todo verificável nos últimos 15 anos! Precisamente o tempo de Presidência de Luís Filipe Vieira. Ou seja, se considerarmos desde 2004 o Benfica tem menos 4 pontos que o Porto nesse período, ou seja menos de 1,5% de pontos comparativamente ao Porto. Se considerarmos que o Benfica que Luís Filipe Vieira encontrou em 2004 estava longe do campeão europeu que era o Porto em 2004... deixo para vocês fazerem a análise dos 15 anos europeus do Benfica com Luís Filipe Vieira como Presidente.

Para terem uma melhor noção de como estava o Benfica em 2004 em termos europeus e qual a evolução deixo o gráfico de Ranking ao longo dos diversos anos.












Tendo apenas em análise os 3 grandes do futebol português podemos verificar que o Porto nestes últimos 15 anos tem-se mantido sempre no top-20 europeu enquanto o Benfica só atingiu esse patamar a partir de 2007, curiosamente quando os anos que contavam para esse ranking entraram no reinado de Vilarinho + Luís Filipe Vieira. Ou seja, 2002/2003, 2003/2004, 2004/2005, 2005/2006 e 2006/2007.

Quanto à afirmação de Bruno Lage sobre o Porto mais ter contribuído para que Portugal ainda tivesse o campeão com entrada directa na Liga dos Campeões é preciso primeiro perceber como funciona a atribuição de lugares para a Liga dos Campeões. Neste momento, e desde 2018-2019, estamos com uma entrada directa na fase de grupos e uma equipa na 3ª pré-eliminatória. Esses lugares foram atribuídos face ao Ranking UEFA de 2016-2017. Essa distribuição na Liga dos Campeões é feita do seguinte modo:

- Associações 1–4 qualificam quatro equipas de cada.
- Associações 5–6 qualificam três equipas de cada.
- Associações 7–15 qualificam duas equipas de cada.
- Associações 16–55 (exceto Liechtenstein) qualificam uma equipa cada.

Aos vencedores da Liga dos Campeões da UEFA e Liga Europa da UEFA são dadas a cada um uma entrada adicional se não se qualificarem através da sua liga nacional.

Portugal no final da época 2016-2017 estava em 7º lugar do Ranking de Países e portanto só qualificou duas equipas. Quem é que contribui mais para esse lugar e consequentemente contribuiu mais para pelo menos termos uma equipa com entrada directa? Deixo aqui o Ranking de Clubes da época 2016-2017.


Benfica aparece em 9º lugar com 111,866 pontos arrecadados e Porto aparece em 13º lugar com 98,866 pontos amealhados. Acho que é bastante claro quem mais contribuiu para Portugal nesse ciclo.

Por fim deixo aqui o Ranking de País actualizado. No final deste ano iremos saber se terminamos em 7º lugar (2 equipas na LC) ou 6º lugar (3 equipas na LC) para determinar a distribuição de equipas para a Liga dos Campeões de 2021-2022.







Neste momento estamos a cerca de 1,400 pontos da Rússia mas com a Rússia a já ter perdido uma equipa nas competições europeias, o que ajuda bastante. Caso o Porto chegue longe na Liga Europa e caso o Benfica consiga ter uma boa prestação na Liga dos Campeões, acho muito possível Portugal saltar para 6º lugar e voltar a ter três equipas na Liga dos Campeões. Os Sportings de Portugal (de Lisboa e de Braga) podiam dar uma ajuda que claramente serão os mais beneficiados com essa situação.

Liga dos Campeões vs Liga Europa

Outra coisa que é perfeitamente visível é que Portugal tem melhores desempenhos no ranking quando as suas equipas vão longe na Liga Europa. Acaba por ser uma falácia estar constantemente a dizer que devíamos ter mais equipas na Liga dos Campeões quando de facto os melhores anos de Portugal no ranking é quando tem mais equipas a disputar fases avançadas da Liga Europa. Será muito complicado a uma equipa portuguesa estar numa meia final ou final da Liga dos Campeões mas já aconteceu recentemente termos três equipas nas meias finais da Liga Europa.

Apontamentos Finais

O Benfica nos últimos 15 anos, não fosse três anos anormalmente maus (2008, 2014 e 2017) seria a equipa que mais contribuiu para o Ranking do País. O Benfica nos últimos 12 anos tem-se mantido sempre dentro ou muito próximo do top-20 europeu. Este período, quer se queira quer não, coincide com a Presidência de Luís Filipe Vieira no clube e isso é de salientar. A ideia criada de que o Benfica não tem dimensão europeia no reinado de Vieira é desmentida por estes dados. Nos últimos 12 anos o Benfica esteve sempre no top-23 e em 5 desses 12 anos esteve dentro do top-9. Se tivermos em atenção que nos últimos 7 anos o Benfica teve no top-9 em 5 deles, acho que é um dado assinalável. Este ano de 2019-2020 basta fazer melhor que a época 2014-2015 do JJ (ficou em ultimo do grupo) para que o ranking seja melhor que o do ano passado.

Quanto ao que Bruno Lage afirmou sobre o Porto ter feito mais pelo Ranking de País que possibilitou a Portugal ter uma entrada directa na Liga dos Campeões este ano, não é de todo verdade. Foi o Benfica que mais contribuiu para essa situação.

De um ponto de vista objectivo, quer Benfica quer Porto têm feito muito mais pelo país em termos europeus que qualquer outro clube, se o 3º lugar da Liga Portuguesa a partir de 2021-2022 passar a ter possibilidade de entrar na Liga dos Campeões a esses dois clubes podem agradecer e acabará por ser um pouco enganador, Portugal nesta altura não merece mais que 2 clubes na Liga dos Campeões. Para além disso, a probabilidade de terem mais sucesso na Liga Europa é maior que na Liga dos Campeões.

------------------------------------------------------------

Cálculos dos Coeficientes

Como já sabem gosto de informação e gosto que os benfiquistas e desportistas em geral tenham informação sobre algo que está na ordem do dia. Então o que é que precisamos de saber sobre estes rankings da UEFA? 

O Ranking da UEFA é uma lista ordenada dos clubes que tenham participado nas competições UEFA. Essa lista é ordenada consoante um coeficiente. Existem dois tipos de rankings: ranking do país e ranking do clube. E a esses rankings coincidem os diferentes coeficientes, seja de clube seja do país.

Coeficiente do País

Este é fácil de calcular, na prática é a soma de pontos das equipas do país a dividir pelo número de equipas nas competições europeias. Ou seja, a média de pontos.

Coeficiente do Clube

Este coeficiente nos últimos 25 anos tem sido actualizado de forma sistemática. Em 2019-2020 será o quinto método já utilizado para o cálculo deste coeficiente com a UEFA a actualizar os rankings consoante os novos métodos. 

 - 1º Método (até 1998)

 - 2º Método (1998 a 2003)
 - 3º Método (2004 a 2008)


 - 4º Método (2009 a 2017)


- 5º Método (2018 em diante)


Agora que se viu como se calcula cada um dos coeficientes, seja de clubes, seja de país, temos de perceber como se calculam os pontos para cada um desses coeficientes. O número total de pontos para o coeficiente do país não é calculado da mesma forma que o número total de pontos para o cálculo do coeficiente do clube.

Total de Pontos para o Coeficiente do País

Vitória nas Eliminatórias até aos play-off = 1 ponto
Empate nas Eliminatórias até aos play-off = 0,5 pontos

Vitória na frase de grupo = 2 pontos
Empate na fase de grupo = 1 ponto

Pontos bónus

Entrada na fase de grupos da LC = 4 pontos
Entrada na fase de grupos da LE = 3 pontos
Passar eliminatória após fase de grupos = 1 ponto

Total de Pontos para o Coeficiente dos Clubes

Neste caso houve uma modificação recentemente para simplificar o cálculo. na prática houve um método até 2017-2018 e um método depois disso. Que entrou em vigor basicamente na época passada. 


 - Antes de 2018

Eliminação na 1ª Pré-eliminatória da LC = 0,5 pontos
Eliminação na 2ª Pré-eliminatória da LC = 1 ponto
Vitória na frase de grupo da LC = 2 pontos
Empate na fase de grupo da LC = 1 ponto

  Pontos bónus

Entrada na fase de grupos da LC = 4 pontos
Passar eliminatória após fase de grupos da LC = 1 ponto


Eliminação na 1ª Pré-eliminatória da LE = 0,25 pontos
Eliminação na 2ª Pré-eliminatória da LE = 0,5 pontos
Eliminação na 3ª Pré-eliminatória da LE = 1 ponto
Eliminação nos Play-offs da LE = 1,5 pontos
Vitória na frase de grupo da LE = 2 pontos
Empate na fase de grupo da LE = 1 ponto

  Pontos bónus

Passar eliminatória após fase de grupos da LE = 1 ponto

- Depois de 2018

Vitória na frase de grupo da LC = 2 pontos
Empate na fase de grupo da LC = 1 ponto

  Pontos bónus

Entrada na fase de grupos da LC = 4 pontos
Passagem aos Oitavos-de-Final = 4 pontos
Passar eliminatória após fase de grupos da LC = 1 ponto


Eliminação na Pré-eliminatória da LE = 0,5 pontos
Eliminação na 1ª Eliminatória da LE = 1 ponto
Eliminação na 2ª Eliminatória da LE = 1,5 pontos
Eliminação na 3ª Eliminatória da LE = 2 ponto
Eliminação nos Play-offs da LE = 2,5 pontos
Vitória na frase de grupo da LE = 2 pontos
Empate na fase de grupo da LE = 1 ponto

  Pontos bónus

Passar eliminatória após fase de grupos da LE = 1 ponto