Siga-nos no Facebook

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Tem a palavra: os leitores

Como já muitas vezes referimos... O blog Universo Benfiquista, e os seus autores, tem todo o gosto na sua interatividade com os leitores.
Há uns tempos atrás publicamos um post da autoria do leitor Dr. Foca... Hoje destacamos dois interessantes comentários ao post anterior (eu, pessoalmente, concordo com um e discordo com o outro, mas julgo que ambos são interessantes para debate).

António Madeira
"Os resultados volumosos parecem ir acontecendo de forma quase natural, quase que uma conclusão lógica para a forma como abordamos os jogos." 

Esta é a frase que resume o atual momento do Benfica. 
Mesmo num resultado de 5-0, tal como contra os sapos, agora é ver os Benfiquistas a discutir... a cor das chuteiras do Chiquinho, ou o charutão do Seferovic para a bancada. A equipa joga de tal maneira, de forma descontraída e "natural" que já se exige pelo menos o 3-0 ao intervalo. É bom? Claro que sim. Afinal de contas, o número incrível de situações de golo criadas, o número de jogadores que metemos na área ou nas imediações dela, a quantidade de jogadas diferentes que apresentamos, seja pelas laterais, pelo meio, em jogo apoiado ou direto, é absolutamente avassalador e é dificílimo manter a concentração defensiva perante um leque tão alargado de soluções, que surgem em catadupa, sem dar descanso físico e mental a quem defende. 
Não me lembro, desde que sou do Benfica, de ver este futebol total, ocupando todos os setores do campo, com a bola no chão ou no ar, com pressão constante e com uma suavidade natural de quem sabe claramente o que está a fazer em campo. Sem gritarias, com naturalidade e respeito pelos adversários. 
E a prova está no empolgamento que esta equipa gera antes dos jogos, com o espetáculo que são as conferências do Lage, com o Clube a carburar em todas as suas muitas modalidades, com os Benfiquistas orgulhosos do caminho que temos trilhado e ansiosos pelo futuro que nos espera. 

Mas nada disto servirá se não mantivermos o foco. Se não trabalharmos diariamente para chegar ao próximo jogo e lutar até ao fim pela vitória. Com o Laje, estamos sempre mais perto de manter os níveis de concentração, não é por acaso que ele promove a competição em cada posição, para ninguém se acomodar, transmitindo também para fora que lá dentro não há euforias. Não é uma frase feita, porque se vê isso espelhado nos olhos de quem entra para substituir um colega, seja dentro ou fora do relvado. 

Ainda agora a procissão está a sair do adro e muita coisa vai ainda acontecer. Não esperem que a aliança dragarta fique de braços cruzados a ver tudo isto a acontecer. Alguma macacada hão de arranjar. Não para saírem do buraco onde se encontram, mas para tentarem arrastar-nos lá para dentro. 

Cabe-nos a nós mantermo-nos ao lado desta equipa, nos bons e nos maus momentos. 
Eu lá estarei, no início, como no fim. 
Força, Benfica!"

Jorge
"Será que o SLB nao deveria de gerir o resultado (a partir de por exemplo 3-0) em detrimento de, procurar fazer mais e mais e com isso evitar que os jogadores se lesionam sem necessidade (caso do Gabriel) ou criar demasiada fadiga na equipa (lombalgias, roturas musculares etc...) e assim poupar jogadores???"

O que têm a dizer?

No Facebook em
https://www.facebook.com/universobenfiquista
No Twitter em https://twitter.com/UnivBenfiquista