Siga-nos no Facebook

terça-feira, 10 de setembro de 2019

As congruências do merceeiro RGS


Decidi que sempre que achar pertinente, irei acrescentar frases ou declarações de RGS sobre a temática Jorge Mendes, Luís Filipe Vieira, o Benfica e a venda de João Félix.
Quem conta um conto acrescenta-lhe um ponto, mas como nisto das reticências o Rui é imbatível, serei apenas literal. Em 2020 espero ter matéria suficiente para que o livro de capa grossa saia nas bancas.

---------------
RGS 24 de junho de 2019
"Só que - agora - com 120 milhões do João Félix para - como diz o povo - torrar ou derreter!"

RGS 12 de agosto de 2019
"Apesar da grande exibição de anteontem de Nuno Tavares, falta-nos outro lateral direito.
O ideal seria também mais um 9 e meio e um” box to box”, à imagem de Gabriel (que surpresa ... confesso).
Não temos — de momento - alternativa a Pizzi, embora me pareça que o Chiquinho poderá lá chegar perto!
Isto se queremos mesmo uma equipa para a Europa ... para o que precisaremos - ainda - de mais um defesa central e de outro guarda redes (curiosa coincidência a de todos os que “queremos” custarem ... 15 milhões)."

RGS 9 setembro de 2019

"Pois é... João Félix terá sido vendido por 120M€ menos 71,95 milhões (12 de comissão + 20 +2 de comissão + 17 + 1,7 de comissão + 2,5 + 0,25 de comissão + 15 + 1,5 de comissão)"
---------------

No dia 24 de junho íamos torrar o dinheiro todo, no dia 12 de agosto como é possível com tanto dinheiro em caixa não contratarmos um defesa direito, um avançado, um 8, um médio interior direito, um defesa central e um guarda redes. Ontem, dia 9 setembro, noves fora nada e o merceeiro RGS desconta todo orçamento anual gasto em contratações ao valor da venda do João Félix, criando com isto, um caso de polícia para todos os benfiquistas de gema... Bravo Zé, bravo!!!

Como às suas contas, ainda sobram uns módicos 48 milhões, para o próximo ano ainda vamos ver o Zé a sacar do bloco de notas e a descontar os restantes 48M€...

Enfim, eu diria que é difícil descer mais baixo. Mas semanalmente admito que vou ficando surpreendido.