Siga-nos no Facebook

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

“Pais” de Bruno Lage e “Vitimas” de Chiquinho e Vinicius

Sempre tive para mim que a ignorância é sobranceira... Os ignorantes têm uma tendência maravilhosa (para mim, que sempre confessei, a estupidez fascina-me) para saberem tudo.


Percebem de lesões e de relvados, de tácticas e de contas, de comunicação até hábitos tabagicos! Contratações? São precisos 10 jogadores novos (excepto para o lugar de algum fetiche) e deve ser dado lugar simultaneamente aquele miúdo da equipa B... Medicina? Claro que todos os departamentos médicos têm sido incompetentes... chegando a provocar apendicite a jogadores antes de jogos para valorizar o jogador (!?)..

Tudo o que não encaixa na sua mundividência é corrupção, negociata, conspiração... e como a realidade se encarrega de quase sempre ser diferente do que imaginam... quase tudo é negociata ou corrupção!

Na pesquisa para elaborar este post descobri que este fenómeno fascinante tem um nome: efeito Dunning-Kruger... “fenómeno pelo qual indivíduos que possuem pouco conhecimento sobre um assunto acreditam saber mais que outros mais bem preparados (...) a sua incompetência restringe-os da habilidade de reconhecer a própria ignorância”.

E, assim, tornam-se “exigentes”:
e·xi·gen·te - adjectivo de dois géneros
1. Que tem exigências; que exige.2. Difícil de contentar.
e·xi·gên·ci·a - substantivo feminino
1. Acto de exigir.
e·xi·gir - verbo transitivo
1. Reclamar (em virtude de direito que se julga ter).
in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

E não é que a a forma como esses se auto intitulam... é mesmo correta? São difíceis de contentar no seu ato de reclamar porque “julgam” que têm esse direito!

Durante o verão, 2 temas dominaram a internet benfiquistas onde essas criaturas exigentes  pululam... Bruno Lage e as contratações na sequência da venda de JF... Sempre visando um objectivo: Criticar!

O mesmo escritor que diz que não se deve lutar com um porco porque o porco leva-nos para a lama e gosta... disse também:


A brasileira Rita Lee acrescentou:


Quem vive de criticar encontra-se num degrau muito baixo da escada do saber fazer!

Tivemos 2 meses de odes a Bruno Lage e de criticas às contratações com foco nos jogadores que chegaram para o ataque (posição que eles identificavam como carenciada) e que não correspondiam às listas de desejos made in FM.

Todas as diferentes sensibilidades e forma de reclamações eram agregadas pelo mashup RGS - Rui Gomes das Sombras... 

(Imagem de pessoa que concorda com todas as criticas e exigências do mashup Rui Gomes das Sombras)

Isto não significa que os reclamadores se identificassem com a pessoa que dá a cara ao mashup RGS mas que o mashup tenta fazer congregar todas as criticas... levando a que em epistolas consecutivas se critique o mesmo facto por duas análises que divergem 180º  entre si: 
RGS antes de férias, segunda-feira, 24 de junho de 2019: "Só que - agora - com 120 milhões do João Félix para - como diz o povo - torrar ou derreter!"
RGS pós férias, segunda-feira, 12 de agosto de 2019: O ideal seria também mais um 9 e meio e um” box to box”, à imagem de Gabriel (que surpresa ... confesso). (...) Não temos — de momento - alternativa a Pizzi, embora me pareça que o Chiquinho poderá lá chegar perto! (...) Isto se queremos mesmo uma equipa para a Europa ... para o que precisaremos - ainda - de mais um defesa central e de outro guarda redes (curiosa coincidência a de todos os que “queremos” custarem ... 15 milhões)."

Quanto a Bruno Lage
A parentalidade chegou a ser assumida por diversos pretendentes...
“E por isso, eu - que não me canso de elogiar o treinador do Benfica - só posso voltar a sublinhar o realismo e a frontalidade de Bruno Lage! Ele, de facto, é diferente. Perderá, como todos. Nem sei se aguentará fazer noutro clube o que já conseguiu no Benfica! Mas que foi a sorte grande que nos saiu ... lá isso foi!”

Do verão até hoje... o Benfica perdeu (muito menos do que ganhou mas perdeu)... e de onde vinham garantias de que BL era a “sorte grande” chega-se a insinuação que afinal BL recebe ordens “de cima” e este “de cima” é um de cima bem especifico: “Diz-lhe para tirar o A, ... para, agora, meter o B, ... para mudar o C para o meio, ... para pôr a jogar o D na outra ponta, ... para fazer subir o E para a grande aérea”! Pobre Lage ... que deveria ter visto como as coisas eram, logo no discurso no balneário de festejo do título.”

Do “Afinal José Mourinho sempre recusou treinar o SL Benfica e afinal o Lage só ficou porque ganhou os primeiros jogos.”, Ou do BL como “bode respiratório” de modo a criticar a pessoa que optou por BL... passou-se para “antigo adjunto de Carlos Carvalhal”.


E é esta falta de respeito, baixo nível e desonestidade que me leva a ter novamente de falar nestas pessoas invejosas e imprestáveis! Que vivem da critica e maledicência.

Bruno Lage no Campeonato Nacional pelo Benfica:


Campeão em titulo
26 vitórias em 28 jogos
Igualou o record de AVB como o mais rápido a chegar ás 25v e ultrapassou Fernando Riera que tinha demorado 28j... Recordo que Fernando Riera conseguiu esse resultado com uma equipa Bi-campeã europeia e que chegou a uma 3ª final consecutiva (pois, malta... há que ter memória para tudo... não é só “ah e tal em 62 fomos campeões”).

re·cor·de  - substantivo masculino
1. Proeza desportiva oficialmente verificada e que supera tudo o que até então se tinha feito no mesmo género.
bater o recorde - Ultrapassar o precedente.
in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

Atualmente:


1.º classificado
Melhor ataque
Melhor defesa
7 jogos sem sofrer golos
1 Supertaça ganha
Está numa série de 6 vitórias consecutivas
5 jogos após a paragem das seleções... 5 Vitórias

Dass... o gajo que está lá cima e manda as indicações acerta bastante! Ou vozes de burro... escolham vocês!



Quanto aos atacantes
Vinicius que tinha como função: “O dinheiro do Félix tem que rodar todo...” e do qual sarcasticamente se escrevia: Por último ... 17 milhões ... entrou e marcou! E como não sou dos que diz que Bruno Lage só o vai “meter” com os jogos decididos, agora ... é só esperar: de cada vez que o resultado não estiver a ser o que queremos ... em 10 m ... Vinicius vai resolver! Não acreditam?”

Sobre Vinicius repito-me: há um erro no processo de Vinicius... Não se ter feito o que se fez com Chiquinho ou Cádiz... comprar, emprestar e ver no que dá! Se der... muito bem! Se não der... pouco ou nada se perde!

Sobre Chiquinho calhou ter sido meu o texto em que o UB abordou o tema do seu retorno: https://universobenfiquista.blogspot.com/2019/07/chiquinho-vem-vai-e-volta.html, onde escrevi " No total… o melhor jogador da liga extra-grandes por 5,1M.”

E na antevisão do plantel disse: “Top 3 de jogadores extra grandes!  Se jogar, será fantástico porque ganha a titularidade ao melhor jogador do campeonato ou substituí um jogador "único" a nível mundial (se jogar a 2o Av)... Se for 2a opção, é uma excelente 2a opção..”

Quer isto dizer que nós aqui somos uns inteligentes do caraças e que acertamos em tudo? Claro que não! Simplesmente temos a inteligência de não ter certezas absolutas antes de tempo (ou se calhar, nunca)...

Ps. desculpas desde já aos Nazis da gramática...

No Facebook em https://www.facebook.com/universobenfiquista
No Twitter em https://twitter.com/UnivBenfiquista