Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

quarta-feira, 1 de maio de 2013

A vergonha não tem limites



Só hoje tive oportunidade de ver na íntegra a comunicação de João Gabriel ao país. Verifico que acabei por ser também protagonista do power point apresentado. Primeiro quando o meu antigo diretor na revista "Doze" - onde fui sempre muito bem tratado - se refere aos jornalistas que não se cansam de elogiar os 31 anos de presidência de Pinto da Costa - penso que se estava a referir ao especial do Record online a este propósito, um especial que, graças a Deus, teve forte adesão dos nossos leitores e que foi explicitamente feito de um ponto de vista pessoal, com base na minha experiência no acompanhamento do percurso de Jorge Nuno Pinto da Costa, personalidade que admiro e estimo, como nunca tive problemas em confessar, embora tenha tido a "honra" de ter sido o ÚNICO jornalista a estar proibido de entrar no Estádio do Dragão, a par de dois ou três órgãos de comunicação social. Nessa altura, confesso, senti-me uma pessoa importante!

Por mim, este senhor NUNCA mais entraria no Estádio da Luz!!

4 comentários:

  1. oh Pedro
    não digas disparates

    já agora mete aí também o Marinho Neves

    ResponderEliminar
  2. Então o mote também é notícia, só se for lá para os teus lados, talvez na casa onde tenhas nascido

    ResponderEliminar
  3. "com base na minha experiência no acompanhamento do percurso de Jorge Nuno Pinto da Costa, personalidade que admiro e estimo, como nunca tive problemas em confessar"

    Bom, para mim - de tudo o que este queiroz escreveu - este excerto, basta-me, para aferir...do seu carácter...já nem utilizo o mote que este queiroz, merecia!!

    ResponderEliminar
  4. Para o anónimo,

    Desenvolve lá essa do Marinho...

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado