Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Equívocos e confirmações....



Portugal 16 de Setembro de 2014

A última jornada de futebol trouxe um conjunto de resultados e de reacções que comprovam a existência de alguns equívocos e algumas conclusões que passaram ao lado dos principais analistas de futebol, os que ganham bom dinheiro para participar naqueles programas de entretenimento em que supostamente falam de futebol.
Na jornada anterior, a propósito do empate do Benfica com o SCP, esses analistas e demais comunicação social, elogiaram a exibição do SCP, vendo o que não existiu – grande qualidade futebolística da sua exibição – e não vendo que o SCP trouxe 1 ponto devido exclusivamente a um erro do nosso guarda redes. Isto é, também viram esse erro, mas apenas para “crucificar” Artur Moraes e não para o relacionar com o pontinho que o SCP obteve e que interrompeu 6 derrotas consecutivas na Luz.
Recordo o que escrevi no texto anterior, em 1 de Setembro: “a mim pareceu-me que se podem tirar muitas outras conclusões e que não foi pelo enorme erro de Artur que perdemos 2 pontos. Do lado positivo, regista-se a boa qualidade de posse de bola do Benfica e algumas transições rápidas entre a defesa e o ataque. O que permitirá mais tarde, a concretização de mais golos. E daqui vem o lado negativo, a pouca eficácia dos avançados”.
Passada apenas uma jornada, temos a concretização disto mesmo: o Benfica teve a eficácia que faltou no jogo com o SCP, em particular nas transições rápidas defesa/ataque e o SCP, que também teve um brinde, desta vez de China, continuou sem conseguir ganhar apesar de ter defrontado em sua própria casa um adversário de menor orçamento.
Fica bem evidente o equivoco dos analistas e da comunicação social em geral, no que respeita às conclusões sobre a qualidade de jogo que o SCP apresentou na Luz, e ficou confirmado que este Benfica pode marcar muitos golos jogando com 1 avançado (como sempre tenho defendido) e privilegiando as transições rápidas defesa/ataque.
Por isso continuo a defender que quem espera aprender alguma coisa de futebol com esta malta da comunicação social, bem pode esperar sentado e pedir um gim tónico para ajudar a passar o tempo...
Claro que nem falo do solípede Nuno Farinha que escreveu em coluna de opinião, no RECORD há uns meses, “desancando” na qualidade de Talisca e na qualidade de Jorge Jesus. Mas como no ano passado também escreveu que a vitória do Benfica no Estoril (onde o FCP tinha empatado) tinha sido uma vitória “mentirosa”, deste cavalheiro já espero tudo. Até ver a Benfica TV promover uma acção social de rua do Ruben Amorim, em conjunto com o RECORD que estava representado por... Nuno Farinha. Que ao que parece, até é benfiquista! O benfiquismo anda mesmo pelas ruas da amargura....
Num clube onde impera a falta de vergonha de um Presidente que não consegue explicar quando recebeu o emblema de prata dos 25 anos de associado, estas coisas podem e vão continuar a acontecer...
Mas também foi uma jornada de confirmações de como para o FCP, as conclusões da influência da arbitragem são sempre diferentes, do que para o Benfica. Tomando o jornal O JOGO como referência, na 1ª página foram mencionados 2 erros de arbitragem que prejudicaram o FCP, 1 penalty por assinalar e 1 golo mal invalidado. É curioso, mas quando o Benfica venceu na Madeira há 4 anos por 1-0, golo de Cardozo, onde foram tirados 2 penaltys ao Benfica, o mesmo jornal O JOGO tinha na 1ª página um título do tipo “(sofrimento) por culpa de Cardozo”. Ou seja, que o Cardozo desperdiçou tantos golos nesse jogo que o Benfica ia empatando! 2 penaltys? O Tribunal do JOGO não considerou os lances relevantes, ou a terem considerado relevantes, a Direcção do Jornal não considerou suficientemente importantes para virem mencionados na 1ª página. Como agora fizeram para os casos do FCP.
Obviamente que sobre o penalty oferecido ao FCP, isso não merece 1ª página. Há que mentir a todos os níveis, desde que seja para branquear os erros do FCP. Mas então o Jakson não falhou golos? O Lopetegui não errou na gestão do grupo e nas substituições? Não houve jogadores do FCP em sub rendimento? Não! Nada disso! Só se tivesse jogado o Benfica é que teria sido assim: o Jesus errou na equipa que montou ou na táctica (marcar com X a opção preferida), o lado esquerdo do ataque foi pouco criativo, os avançados foram perdulários, a defesa comprometeu, o guarda redes esteve inseguro e o plantel do Guimarães custa 1/4 do que custa o plantel do Benfica....
Acresce que o dono do jornal o JOGO foi um dos convidados de honra do Benfica, a marcar presença na final da Liga Europa em Turim...

Sem comentários:

Enviar um comentário

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado