Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

sábado, 6 de agosto de 2011

Grande António Barreto!!!!!


"O meu comentário à notícia do veto de Pinto da Costa à eventual candidatura de Hermínio Loureiro à presidência da FPF.

A política e o futebol são inseparáveis, implícita ou explicitamente. Pinto da Costa e o seu clube têm beneficiado, precisamente, da "chantagem" política que têm exercido sobre os vários governos e outros agentes políticos, muitos deles cúmplices, por razões políticas, da mentira em que se tornou o futebol Português.

Por outro lado, nenhum político deve ter coartados os seus direitos comuns, como sejam o de intervir, a título pessoal, no mundo do desporto. Nem nenhum dirigente desportivo deve ter vedado o acesso à vida política. Tudo em perfeita transparência e de acordo com a lei, como é próprio das sociedades de Direito Democrático.

Pinto da Costa tem medo de Hermínio Loureiro porque este tem uma visão de futuro para o futebol Português que implica a sua credibilização, pondo termo à colonização que aquele, alegadamente, impôs às instituições desportivas e à instrumentalização que, alegadamente, tem exercido sobre os seus órgãos.

Pinto da Costa é, alegadamente, um cobarde porque não sabe ganhar com lealdade, olhos nos olhos, revelando total falta de escrúpulos e respeito pelos adversários e adeptos do futebol em geral, como ficou demonstrado aos olhos de todos pelas escutas reveladas na net.

Pinto da Costa, quanto a mim, ilustra uma época de promiscuidade, oportunismo, fraqueza e hipocrisia política, que fizeram fracassar os ideais de Abril e conduziram Portugal à insolvência.

O Progresso de Portugal consegue-se com valores diferentes dos que Pinto da Costa exibe."

Sem comentários:

Enviar um comentário

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado