Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Jogadores determinantes

Na primeira jornada frente à Naval, Paulo Batista foi determinante na vitória dos corruptos por 1-0. Na primeira não permitiu à Naval chegar ao golo ao impedir uma grande penalidade a favor dos corruptos, já na segunda parte conseguiu arrancar um penalti a favor dos corruptos mesmo a terminar o jogo.
Uma arma secreta de luxo que apesar de grande avançado também foi importante defensivamente.



Que grande exibição! de Jorge Sousa!! Nem se notou a ausência de Paulo Batista neste jogo!! Foi sem dúvida o homem do jogo!!! No primeiro golo dos corruptos conseguiu, com toda a sua visão de jogo, colocar Falcão em jogo. Mas não ficou por aqui... Defensivamente esteve melhor que ninguém ao não permitir que os vila condenses tivessem o direito a uma grande penalidade, pelo menos. Foi uma dupla intervenção absolutamente brilhante!!! Os corruptos demonstraram neste jogo que têm um banco de luxo!!!



Elmano Santos foi absolutamente determinante na vitória dos submissos falidos. A sua grande visão fez com que Liedson não estivesse em fora-de-jogo no lance do primeiro golo e como não bastasse foi decisivo ao permitir que fosse feita uma não falta a Liedson que originou uma grande penalidade a favor dos submissos falidos. Seguramente, foi uma grande aquisição para os submissos falidos.



No jogo dos vice-campeões, Duarte Gomes foi a figura do jogo. O jogador foi determinante na vitória dos submissos de Braga. Quando um jogador adversário se preparava para criar algum embaraço á sua equipa, Duarte Gomes não permitiu que fosse marcada uma falta dentro da área.
A sua enorme visão permitiu assim que o seu clube não fosse punido com uma grande penalidade.



Cosme Machado é aquilo a que chamamos de Joker. Apesar de não ter jogado pelos seus clubes do coração foi determinante para que os Campeões Nacionais perdessem o seu jogo e assim permitir aos seus clubes uma vantagem pontual. Foram uma mão cheia de grandes intervenções a evitar que a Briosa sofresse golos de grande penalidade. Um génio defensivo!!!



Pedro Proença foi outro dos Jokers que esteve em grande evidência. A sua exibição foi de tal forma convincente que o seu regresso aos seus clubes do coração poderá estar para breve. No primeiro golo do Nacional, Pedro Proença foi determinante ao sofrer uma não falta que originou no primeiro golo da sua equipa por empréstimo. Em termos defensivos esteve em alta ao evitar que fosse marcada uma grande penalidade sobre Fábio Coentrão.

1 comentário:

  1. Post SUBLIME. Adorei a criatividade (detestei as actuações dos "artistas"). Um blog a revisitar

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado