Campeões Nacionais 2014/2015

Campeões Nacionais 2014/2015

Siga-nos no Facebook

terça-feira, 27 de junho de 2017

E-mailes e SMS



Portugal 27 de Junho de 2017

Nos dias que correm o nome do Benfica tem sido conspurcado com diversas noticias fazendo referência a comportamentos ilegítimos, ilegais e eventualmente sancionáveis pela Justiça Civil e Desportiva. Temos sido atacados de forma organizada pelos dois rivais, um que toma a iniciativa e outro que reproduz as ondas de “choque”, e com um objectivo evidente que é condicionar toda a envolvente futebolística do Benfica, para a próxima época desportiva.
Ganhar 4 campeonatos seguidos aos rivais, é algo inédito não só para o Benfica mas nos tempos que correm, em particular se atendermos que antes disso, a mesma “estrutura” da SAD tinha ganho apenas os campeonatos de 2004/2005 e 2009/2010, mas tinha “oferecido” um tetra (2005/2009) e um tri (2011/2013) ou seja, 7 campeonatos em 8 possíveis, ao FCP.
É bom relembrar isto porque os adeptos do Benfica são sonhadores e pouco dados a estudar os problemas do clube, preferindo “regurgitar” o que lêem na comunicação social (e os títulos que esta SAD “ofereceu” ao FCP, não lêem de certeza). Ora a comunicação social, entenda-se, os respectivos patrões/ proprietários, são apoiantes do actual modelo de gestão do Benfica por variadas razões que não cabem neste texto.
Dito isto e voltando aos e-mailes e sms, na minha opinião não existe matéria grave que possa afectar desportivamente o clube. Fundamento esta dedução num pormenor tão simples que parece ninguém ter percebido: se os e-mailes e sms fossem de especial gravidade, os responsáveis do FCP e do SCP teriam guardado sigilo, teriam entregue essas “provas” ao DIAP do MP e aguardariam o evoluir das diligências desta entidade em conjunto com a PJ. Ao optarem por tornar público os alegados “trunfos” que tinham, na minha opinião, FCP (e SCP a reboque) sabem que não há conduta ilícita e apenas pretendem emporcalhar o nome do Benfica através do julgamento popular, o único de que não há recurso possível! Uma vez “condenados”, não há volta a dar, pelo menos na opinião pública. E é isso, e nada mais que isso, que me parece que eles pretendem.
Ora o Benfica, fruto de uma deficiente estratégia de comunicação, tem deixado que ao longo dos anos se crie a ideia de que somos beneficiados pela arbitragem. Porquê? Não sei, mas desde que Vieira recebeu o emblema de ouro pelos 50 anos de sócio sem ter recebido o emblema de prata pelos 25 anos de sócio (como se comprova através do jornal BENFICA) é possível pensar em tudo.
O que é certo é que a passividade do Benfica tem conjugado bem com a agressividade dos rivais. Até que este ano se bateram recordes negativos de acusações, muitas de especial gravidade, como escrevi atrás sem ilícito penal ou desportivo, mas que mancham a reputação do clube e da sua honrada história. Aparentemente, desta vez a SAD “disparou” processos em várias direcções! Vamos ver quantos avançam mesmo, ou quanto são a fazer de conta que se está a defender o clube.
Contudo, apesar de não ver ilícito de espécie alguma, fica mais ou menos evidente como funciona a SAD liderada pelo Sr.º Vieira, o “estranho” empresário que por onde passa deixa quase sempre um rasto de falências enquanto a sua situação patrimonial se engrandece (isto não é uma calúnia, resulta da apreciação dos factos conhecidos e divulgados na internet). E qual é então o “modus operandi” de Vieira? É simples: conhecer os pontos fracos de um conjunto de pessoas ligadas ao aparelho que gere, organiza e manda no futebol.
Qual o interesse disto? Aqui cada um que veja como entender. Eu vejo algum paralelismo entre esta “sede” de conhecer as fragilidades de quem pode ter interferência no sucesso ou insucesso futebolístico, e a sua forma de proceder enquanto empresário, tal como foi retratada no “famoso” livro (não publicado) divulgado por Pinto da Costa numa entrevista à RTP em 1 de Abril de 2010, “O águia do graveto”. Minar e tirar partido, foi uma das características que esse livro (não publicado, mas de que há referências na internet) evidenciou explicando como, pelo menos, um negócio fraudulento lhe rendeu uns quantos milhões de euros.
No Benfica actual parece existir a mesma cultura. Não me parece que seja uma cultura que enobreça o clube, mas dado que os “notáveis” agora não aparecem a dizer nada (como apareciam quando Vale e Azevedo era presidente a gerir um clube falido e sem receitas), dado que as sondagens dão uma enorme popularidade ao Sr.º Vieira, se calhar sou eu que estou a ver mal...


3 comentários:

  1. Águia Preocupada27/06/17, 21:54

    Penso da mesma maneira!
    Mas pela verborreia que por aí vai, parece que o que se está a passar é bom e engrandece o Benfica!
    Os neurónios desta gente, não percebe que o nome do Clube está manchado por longos anos. Mesmo que a justiça seja a nosso favor! Basta olhar para o (não) caso Calabote, que sempre que dá jeito vem à baila mesmo que os jornais da época demonstrem o contrário do que eles querem fazer crer, para aquilatarmos da imensidão do mal que esta história já causou ao Benfica!
    Pelos vistos, são os patetas como nós, que estamos preocupados! Porque eles, os "verdadeiros" benfiquistas, os lambe botas, a carneirada, os aduladores do Querido Líder, não vêem o mal que esta campanha está a provocar no nosso clube e a manchar a sua história!
    A justiça poderá limpar o nome do Clube nas páginas dos livros sentenciais, mas a fama popular, uma vez adquirida, jamais haverá boa vontade que a desvaneça!
    Mas há por aí gente que anda a ver tudo ao contrário!
    Há demasiada gente no Benfica que faz mais mal que bem ao clube! Mas convém ter sempre por perto uma quantos lambe botas... Tipo Pedro Guerra! E quem se "lixa" é o Benfica!

    ResponderEliminar
  2. Dois disfarcados de benfiquistas a darem opinioes sobre o que nao sabem, que cambada esta. No tempo do Vale e que era bom nao era eagle? tem vergonha do que escreves e SIM so tu e poucos como tu pensam assim

    ResponderEliminar
  3. Obrigado Águia Preocupada. Quanto ao Alexandre Silva, lamento mas no tempo do Vale não havia macumba, sms ou emailes com esquemas, verdadeiros ou falsos (e sublinho que os desmentidos do Benfica vieram tarde e muito atrapalhados, o que é mau sinal)... No tempo do vale havia facturas para pagar do Damásio, Figueiredo e "Gastar Vamos"... Não havia dinheiro porque Damásio estourou o que pôde e o que não tinha como o adiantamento de um contrato da Olivedesportos que só se iniciava em 1999... O problema de Vale foi ter tirado a "mama" à Olivedesportos, por isso é que todos os dias havia más noticias sobre o que ele fazia e não fazia...

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado