Siga-nos no Facebook

domingo, 11 de março de 2018

Porta do titulo entreaberta

O jogo com o Aves foi mais difícil  do que aquilo que muitos esperavam mas eu penso que fomos nós que complicámos o jogo.

A equipa, na primeira parte, trocou a bola demasiado lento e previsível. Quando conseguimos criar desequilibro no adversário simplesmente complicamos, ora com mais um toque na bola, ora mais uma finta ora o último passe não saía ou saia para o sitio errado.

Penso que o problema da equipa foi este mesmo, complicar, complicar e complicar.

Na segunda parte entramos mais agressivos e podíamos ter feito logo logo nos instantes inicias. No entanto o tempo foi andando e a bola teimava em não entrar. Desmontámos o 4x3x3 e num lance de insistência fizemos o golo, em antes termos passado por um enorme susto num lance onde o super dragão Paulo Machado co tempo e espaço remata para a bancada.

Passados poucos minutos, matámos o jogo com o segundo golo.

Uma nota para o João Carvalho... Não esteve bem no jogo mas a qualidade está toda lá. Faltam-lhe mais minutos, coisa que venho defendendo faz tempo e tivemos alguns jogos em que ele podia e deveria ter entrado bem mais cedo.

Entretanto o FC Porto escorrega em Paços e abriu-nos um pouco a porta do titulo. Agora só dependemos de nós mas não podemos esquecer que ainda temos de jogar com ele e com o Sporting na penúltima jornada que terá sempre um gosto especial se puder atrapalhar ou mesmo não deixar que o Benfica seja campeão. No entanto, vamos pensando jogo a jogo e ganhando,quem sabe se chegarmos ao jogo com o Porto já não estamos em primeiro.



Sem comentários:

Enviar um comentário

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado