Siga-nos no Facebook

sábado, 6 de fevereiro de 2021

Benfica 0 vs, Guimarães 0 - Rescaldo - Muita parra, pouca uva


Jogo de sentido único, com posse de bola a rondar os 70% por parte do Benfica e sem o Vitória incomodar absolutamente nada!

Na primeira parte fomos agressivos, intensos e encostámos o Guimarães lá atrás cm recuperação em catadupa ainda no meio campo adversário.

Tentámos cruzamentos, tabelas, remates de longe e nada, nem um golo!!

Somos actualmente uma equipa do "quase golo", fazemos tudo bem até ao penúltimo/último passe e finalização. Ontem tivemos inúmeras situações em que poderíamos ter feito bem melhor mas definimos mal ou executámos mal o último passe ou finalização, umas vezes por azelhice, ou falta de qualidade, outras vezes talvez por falta de confiança.

Na segunda parte a equipa baixou de rendimento, não que a equipa o quisesse mas porque em alguns jogadores, as perna não dão para mais. À medida que o tempo vai passando, vai chegando a fadiga e a equipa vai ficando mais lenta e ainda mais previsível.

Uma equipa do Benfica não pode ter avançados com os números que os nossos têm, os nossos avançados não podem passar mais tempo junto às linhas do que na zona de finalização, os nossos avançados, neste momento, não são finalizadores natos, não têm esse instinto, seja Darwin, seja Seferovic. Em relação ao Darwin, dou-lhe o beneficio na dúvida porque já mostrou pormenores muito bons e neste momento joga muito longe da baliza. O Sefer é uma nulidade em todos os momentos do jogo. Escusam de vir falar que foi o melhor marcador e tal porque o Sefer só marcará muitos golos quando uma equipa conseguir criar dezenas de situação para finalizar e ele tenha 5/6 oportunidades claras de golo, que é o que não acontece neste momento ao Benfica.

Repito aquilo que tenho vindo a dizer, esta época é totalmente atípica e a única equipa que está acima daquilo que era espectável é o Sporting porque tem um calendário claramente aliviado, o que lhe permite treinar e preparar os jogos com tranquilidade.

E não, isto não são desculpas, são atenuantes! O Carlos Carvalhal e o Conceição também já mencionaram o calendário aperado, agora imaginem estas duas equipas no último mês de competição terem um surto de Covid em 20 elementos da equipa, sendo que 10 são jogadores em que uma defesa completa e seus suplentes ficaram de fora.