Siga-nos no Facebook

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Vieira não esteve à altura


O que fez Vieira no final foi uma desilusão completa! Num momento em que se pedia um presidente com um discurso de liderança, de esperança, tivemos um discurso de vitimização, a recordar de velhos fantasmas para depois afirmar que ia falar com a família sobre a sua continuidade à frente do clube. Poderei dizer que Vieira anda à procura de alguma luz...

Antes de o Presidente falar tivemos Bruno Lage a afirmar que todos estão com ele, que querem que tenha sucesso e depois temos o Presidente a afirmar que Bruno Lage colocou o ligar á disposição e disse que parece que ninguém o quer lá.

Alguém aqui não está a ser verdadeiro... Em ficamos? Todos estão com o Lage ou não?

Achei um autêntico absurdo o Vieira quase a colocar também ele o lugar à disposição. Acho que este tipo de decisões e declarações não se devem fazer de ânimo leve face à enorme responsabilidade do cargo. Mesmo que Vieira ache que chegou ao fim, deveria sempre deixar a época chegar ao fim e anunciar que não se recandidata e que se os sócios e os candidatos quiserem, antecipam-se as eleições de forma a que a nova direcção possa iniciar a nova época.

Aqueles que pedem eleições antecipadas, penso que devem pensar melhor... Se Vieira o fizesse seria acusado de golpe, portanto, face Às fragilidades demonstradas por Vieira, têm de ser os candidatos assumidos que devem ter uma palavra a dizer sobre o assunto.

Todos sabem que defendo o Vieira quando acho que estão a ser injustos para com ele mas quem me conhece também sabe que quando acho que o nosso presidente está ou esteve mal eu também o critico.

Se Lage se perdeu no seu chavão de "contam todos" entre outras situações, que ficam para outro texto, Vieira está-se a perder com o seu discurso do made in Seixal, que tanto alertei aqui no blogue, a tal Sportinguização em relação à nossa formação.

Também existe outro factor que Vieira terá de rever, se continuar, ou outros presidentes que o sucedam... As entrevistas são para serem dadas no final da época em forma de balanço e de projecção da época seguinte.

O Vieira que se deixe dos fantasma do passado, já lá vão 20 anos e o que ele deu ao Benfica é de salientar, de se saudar e até de agradecer e só um ódio cego à sua pessoa é que pode afirmar que o Benfica hoje não está mais forte, mais pujante e mais preparado do que há 20 anos atrás. E é isto que pode levar ao fim de Vieira, o não perceber que sem ele se dar conta o Benfica futebolisticamente está a estagnar quando deveríamos estar a subir degraus na competitividade e qualidade do plantel. O Vieira ainda não entendeu que o caminho a seguir é uma mistura daquilo que fez nos anos de JJ e com agora, ou seja, ir ao mercado buscar jogadores de enorme qualidade, manter ao máximo esses jogadores no plantel e depois apostar nos jovens da formação que efectivamente trazem mais valias desportivas e não porque podem vir a ser bons ou porque são da formação.

O Vieira que pense bem o que ele quer ou o que ainda pode dar ao Benfica! Já são muitos anos à frente do clube com um trabalho extraordinário mas chegou a altura de ele ver se consegue dar o salto que o Benfica necessita ou não. Eu acredito que se ele quiser consegue dar esse salto., mas é uma decisão pessoal dele.

Quanto ao Lage, falarei num outro texto...