Siga-nos no Facebook

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

A Capela de Chaves

Capela da lapa, Chaves


Várias foram a vicissitudes deste jogo... desde a expectativa da sua realização, as lesões, o Chaves competente e o brilharete do Sr João.

Inicialmente dado o jogo e terreno do mesmo, ainda pensei que Rui Vitória optaria pelo meio campo com Fejsa, Gabriel e Gedson, com Pizzi na direita... mas infelizmente não sucedeu e na verdade, nunca tivemos o meio campo controlado. 

O terreno de jogo estava demasiado pesado e a meu ver, deveríamos ter optado por músculo na zona central, pois este tipo de jogos são os tais para ganhar e não para notas artísticas... No limite, percebia que Rui Vitória optasse por Pizzi e com o desenrolar da partida, tivesse sido mais perspicaz a perceber que as caraterísticas de Pizzi em nada encaixavam no desenrolar deste jogo. 

Quando não temos opções "válidas" (caso da época passada), compreende-se a insistência num ou outro jogador, já este ano não existem desculpas.

Seferovic fez um bom jogo, deu apoios frontais quando necessário, descaiu várias vezes nas alas, mostrando mobilidade e mostrando-se também disponível a defender. Está no lance do primeiro golo, com um passe fantástico para Cervi... e no segundo, que sem bola, faz toda a brilhante diferença no lance. 

No entanto é curto. Um ponta de lança no Benfica, não pode viver de bons lances e assistências, pois quando teve oportunidade de matar o jogo com o 2-0, inexplicavelmente não o conseguiu fazer aos 59" e 60".

O jogo foi sempre bastante complicado, e as duas lesões limitaram-nos demasiado nas opções para alterar o rumo do jogo. Ainda assim, iríamos ganhar este jogo de forma suada, a ferros e somando assim mais 3 pontos importantes... até que... surge mais um termo religioso para a ribalta.

Capela, o Ás de trunfo escondido... (ou não)... a sete Chaves.

Hoje, para se ser isento é necessário prejudicar o Benfica! 

Num lance que Conti mede claramente mal o tempo de entrada fazendo falta indiscutível para amarelo... Capela decide transformar o amarelo em vermelho directo. 

Uma expulsão típica de quem nunca jogou futebol e não tem a mínima noção do que é ser atleta, num jogo de terreno pesado, encharcado e onde o contacto é permanente com jogadas difíceis de "medir" pelos jogadores... 

O Sr João empurrou-nos assim lá para trás... com o empate a aparecer ao minuto 94" de alguma forma justa, para um Chaves que se bateu bem.

O clássico está aí... 

Eles jogaram tudo no jogo à porta fechada, mas com essa hipótese a parecer remota, a aposta parece agora passar pelo Lema. 

Saudações,
GG

9 comentários:

  1. .......não podemos continuar a inventar desculpas, pois já todos sabemos que as arbitragens nos vão prejudicar. Temos de olhar para dentro de casa e perceber se é este treinador que serve os SUPERIORES INTERESSES DO BENFICA. Chega............

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais Moreira. Com tudo o que se tem passado no futebol português nos últimos tempos (não estamos isentos de culpa) o mais fácil, é que na dúvida ou para se parecer isento, se prejudique o Benfica.

      O treinador é e será este até final da época, pelo que, acho que o melhor a fazer é unidos ganhar este campeonato.

      Eliminar
    2. Ora bem... Um pênalti, falta inexistente que dá golo, expulsão duvidosa quando se volta a estar a ganhar... Conclusão: temos de deixar de arranjar desculpas. Auto flagelação não é no desporto!

      Eliminar
  2. Há momentos (largos momentos) dos jogos em que constrange ver o Benfica jogar - sem chama sem raça, a errar passes consecutivos, a passar para o lado e para trás, a não reagir à perda de bola, a ser lento, a não pressionar, a marcar e defender mal os livres e cantos, a não acertar com a baliza, a portar-se como equipa de segundo plano. Ontem foi assim. O que quer que se passe terá de ser corrigido o quanto antes. Se não for, não fará sentido falar-se em reconquista - aliás, acho que nunca deviam ter falado nisso, mas trabalhar afincadamente para que aconteça.
    A saga das lesões é outra história a analisar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nau, concordo contigo, mas não é único no mundo.
      Tens Real a perder por 3, Barças a perder com Leganés, Mourinho na corda bamba, Marco Silva criticado, Guardiola a não se impor com City na europa e tantos mais com obrigação de fazer mais e melhor.
      Ontem era o jogo para ganhar por meio a zero, mas a arte do Capela desequilibrou.

      Acho que este Benfica tem muito para dar e na realidade até acho que estamos a fazer um bom inicio de época.
      Se é verdade que temos momentos maus de jogo, também é bem verdade que os temos muito positivos.
      É preciso calma, ajustar o que de mal se está a fazer. Nenhuma equipa portuguesa está melhor que nós, portanto é juntos ganhar!

      Concordo, as lesões é algo que tem constantemente que ser analisado.
      No caso de Gabriel, espero que não seja nada de grave, mas é uma lesão impossível de monitorizar.

      Eliminar
    2. As lesões que me chateiam são as musculares porque essas sim podem ser fruto de má preparação ou sobrecarga fisica, as traumátcas, 99% delas nada podemos fazer...

      Eliminar
    3. Quanto ao futebol jogado, sinceramente, e no global, penso que está a ser positivo. O que me preocupa sempre é a forma de pensar e preparar os jogos de RV... COm o Bayern foi o que se viu, não falo do resultado mas sim sobre a estartegia, e ontem tivemos vários erros da responsabilidade dele. O Adysseias a fazer barreira de 2 num livre frontal e ele mudo e calado no banco, vê o Gedson a correr que nem louco para o ataque com bola no pé e não diz ao médio que agora é hora de estarmos posicionados e procurar os homens da frente, resultado, ataque do Chaves só com Jonas no meio, abrigando a que Cervi flectisse para o meio dando espaço na esquerda que o Chaves, muitíssimo bem, explorou e fez o golo... Sem falar naquela primeiora parte em que o Chaves fez gato sapato da nossa equipa sem que o RV conseguisse perceber o que se estava a passar. Em vez de a equipa arrefecer o jogo, ainda o partiu mais e ele no banco sem conseguir mexer nada de nada... É isto que me assusta... Nos jogos em que o advsersário nos consegue anular a nossa forma de jogar ou está a conseguir ter ascendente perante nós, ele fica em pânico porque não consegue perceber o que se está a passar e fazer ajustes...

      Eliminar
    4. Tudo verdade Pedro.
      Tanto contra o Bayern como o Chaves, Rui Vitória não esteve bem na estratégia para o jogo. Mas já tivemos vários onde se notou que teve a escolha acertada.

      Nenhum treinador do mundo, consegue fazer milagres em dois jogos seguidos com 4 substituições forçadas por lesões.

      Estive a ver as imagens em pormenor a além da expulsão, parece que o VAR não viu que o Gabriel estava dentro da área, além de que no primeiro golo do Chaves, o Cervi corta unicamente a bola.

      Se estes três lances não ajudam a decidir um jogo, eu "vou ali e já venho"...

      Vamos só por uns segundos, imaginar que isto se tinha passado com o Porto!

      Temos muita culpa própria em não ganhar, mas também acho, que estamos na fase em que é mais fácil auto-atacarmo-nos do que defender o Benfica.

      Eliminar
    5. Dos três grandes, a equipa que joga melhor é o Benfica! É a equipa mais competente em mais momentos do jogo. A "exigência" do ganhar sempre, de dominar todos os momentos em todos os jogos, não existe em desporto...

      Pedro... A abordagem estratégica contra o Bayern também me pareceu errada. Era claro que iriam existir diversos momentos em que o Bayern iria ultrapassar a pressão (que não me parece muito correta porque tem demasiada referência individual) e surgir em igualdade ou superioridade numérica e depois era apenas uma questão de eficiência! Mas esses erros que apontas com o Chaves... Especialmente no da barreira o treinador tem zero de culpa... Finalmente, todas as equipas têm jogos em que o adversário "encaixa"! Às vezes nem é devido á qualidade adversária... Mas há modelos que são mais fortes a contrariar determinados princípios de jogo do que outros.

      GG concordo com grande parte de tudo o que vou lendo da tua parte. Permite aqui salientar o final... Há malta que só se sente benfiquista se for mais crítico do que os rivais!

      Eliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado