Siga-nos no Facebook

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Resumo da vergonha...

Meus caros, vai valer tudo para que o Benfica não ganhe!

Sinceramente já me começam a faltar palavras para descrever a arbitragem e o VAR.

O que tenho visto, é algo que nunca vi e nunca imaginei ser possível num pós apito dourado e com VAR em funcionamento.

O Benfica e os seus adeptos não podem ficar calados. Temos que denunciar a vergonha que tem sido esta liga.
Temos que estar mais unidos que nunca, porque a falta de respeito por nós assumiu contornos usuais e banais.


Ontem...
Benfica

Como é que Fabrício do Marítimo acabou o jogo sem ser expulso? Fez pelo menos duas faltas que justificavam ambas vermelho directo. Uma delas não está disponível em vídeo mas sei que é posterior a estas.

Veremos se hoje será dissecada nos programas e jornais com arbitragem "especializada".

Aos 3"



Aos 61"




Sporting...
Sou só eu que vejo a falta do Nani nas costas do jogador do Nacional?
Admito que o árbitro poderá não ver, já o vídeo árbitro tem obrigação de sinalizar uma falta que precede o golo. 




Como é que o Bruno Fernandes, com o árbitro e vídeo árbitro, não vê vermelho directo nesta falta? É simplesmente escandaloso!
Relembro que o jogo estava a 1-2 para o Nacional que ficaria em superioridade numérica desde os 57".

Imaginem por 10 segundos, que neste lance era o Rúben Dias na vez de Bruno Fernandes! 




No sábado...

Como é que este lance não é falta ao olhos do árbitro à primeira... é chamado pelo vídeo árbitro para rever e visionar o lance pelo ecrã e não consegue decifrar uma falta evidente aos olhos de toda gente?
Resumindo... ganham 1-2 com mais um jogo à Porto.

12 comentários:

  1. Muito bem.

    E perante isto ainda há malta que acha que o principal é criticar as exibições do Benfica. Quantos pontos a menos teria o porto sem erros de escandalosos? E não são mais porque ao Guimarães nem com o VAR desligado ganharam...
    E depois temos aqueles erros que não dão em golo mas condicionam… o adversário sai em contra ataque e o porto recupera em falta que não é assinalada! Quantas vezes? Depois há um canto ou um livre ou qualquer outro lance que até é limpo… mas antes já o árbitro "ajudou".

    Discordo ligeiramente da interpretação de falta do Nani… mas se aquela braço nas costas não é falta o que é que foi marcado no 2º penalti?
    BF bisa… UAU… ao treino de pontapé à baliza que deu no gajo do setubal até se pode considerar um hat trick.

    Consegues arranjar o vídeo da entrada do DD do sporting, logo após a entrada do BF? e comparar com a expulsão do Conti?

    E desculpa mas tenho de voltar a salientar… antes choravam-se que não tinha igualdade de meios… agora têm… qual é a desculpa? Incompetência ou vontade de ajudar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, tudo lhes corre de feição com o VAR a dar o empurrãozinho necessário em momentos determinantes.
      Exacto! É tão "duvidoso" esse toque nas costas do Nani, como o toque nas costas do Bas Dost no segundo penalti. Já o árbitro e VAR, do toque ao Bas Dost não tem dúvidas.

      Não consigo arranjar essas imagens, porque se não for com VSports são imagens protegidas pela Sportv, mas sim era mais um a vir para a rua.

      Se antes poderíamos colocar em dúvida se o árbitro viu ou não determinado lance, agora não existem desculpas... dai os contornos de proporção escandalosa que esta liga revela.

      Eliminar
  2. Curioso, os 2 primeiros e os 2 últimos vídeos não funcionam, porque será? Deve ser uma aVARia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que atualmente estão todos em funcionamento.

      Eliminar
  3. Se nao tiverem estas ajudas nao conseguem ir a chapions que é onde conseguem algum dinheiro pois sem o dinheiro da chapions nao podem apresentar R&C com pouco prejuizo ou tem que venfer os melhores jogadores e mesmo esses sao poucos os grandes clubes que os compram e tem que os vender por 5, 10 ou maximo 15 milhoes pois barretes como o Joao Mario e Slimanis ou Mangalas os clubes Europeus so caiem uma vez, e o maior contrato de sempre de direitos TV sao a mais de 10 anos e foi tudo junto publicidade incluida e assim nao resta mais nada o marchadising é residual e as empresas estrangeiras nao tem interesse neles porque juntos chegam a pouco mais de 40 por cento alem que este ano esta tambem o Braga na corrida!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem Mais! Estão desesperados porque o Benfica não desarma. Nem vai desarmar!! E o Braga também não!
      Esperem até ver o Braga também a ser roubado!

      Eliminar
  4. Já agora… será que nos 4 anos do tetra… onde valeu tudo a nível de comunicação para não dar o mérito ao Benfica… existiram 3 jogos (por campeonato) com tantos casos tão inequívocos a favorecer o Benfica como as ultimas 3 jornadas a favorecer o porto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seguidos que me lembre não, além disso se o Benfica num ou noutro lance foi beneficiado nesses campeonatos, o Porto e o Sporting também o foram... ao contrário deste campeonato que temos erros escandalosos e sem vergonha nenhuma.

      Em 13 jornadas deste campeonato o Porto terá uma média invejável e nunca vista de erros escandalosos e decisivos.

      Eliminar
  5. A explicação para os crimes cometidos todas as semanas pelos árbitros está nesta denuncia feita à PGR que esperemos dê algum resultado. É a total pouca vergonha.

    Denúncia Anónima
    Exma Senhora Procuradora Geral da República

    QUEIXA CRIME:
    As entidades visadas são, FPF, Conselho de Justiça da FPF e Secção de classificados.

    Visados: Dr. Fernando Gomes, Presidente da FPF
    Fontela Gomes, Presidente do C. de Arbitragem

    O presidente do CA está casado com a observadora Eliana Pinelo.
    Hà aqui incompatbibilidade de funções. Ou ele ou ela demitem-se, não podem é exercer os dois cargos inconciliáveis.

    Esteve envolvido numa transferência do filho ainda menor para o SCP e embora receba 10.000€ por mês, os gastos que realiza são incompatíveis com o nível de vida que faz bem assim como as despesas que suporta e que realiza.

    - Paulo Costa, vice-presidente do CA tem um conflito de interesses com o irmão árbitro Rui Costa, um árbitro C1 que é sempre favorecido.
    As bombas de gasolina no Marco de Canavezes de que é proprietário como foram adquiridas? Pelo regulamento de arbitragem, um árbitro não pode pertencer aos quadros federativos se tiver um observador ou se tiver relação de familiares directos… Como é possível este indivíduo conviver com a família?

    - O árbitro Alfredo Braga que tem um sobrinho observador também não pode, mas a verdade é que a impunidade continua. Isto são incompatabilidades com o Regualmente de arbitragem.

    - O referido vice presidente actuou ou actua nas classificações C1 e C2; ficou provado por acórdão proferido em 2017 pelo CJ que atuava nas notas dos árbitros da C1 (a classificação foi anulada quanto ao árbitro Jorge Pinheiro). Então e as notas de todos os outros?
    - Então ao interferir nas outras notas não influenciou as notas de Jorge Pinheiro? A lei de bases, os regulamentos, os estatuos da FPF e outras não proibem que quem nomeia não pode avaliar? Quantas normas foram violadas? Onde está a Igualdade e a transparência?

    Sugeria para não favorecerem A ou B, mas era reportado por todos os árbitros e assistentes.

    Sr. Bertino Miranda, vogal da secção profissional, decide as qualificações dos assistentes. Fá-lo pessoalmente com José Braga e Tiago Rocha, árbitros que tinham todo o interesse em recorrer para saber da disponibilidade de ambos actuarem como colaboradores na Academia de arbitragem.
    Após o fim do prazo de recurso não mais foram contactados evitando assim reclamações e alaridos públicos com eventual decisão contrária a sair do recurso que aqueles pretendiam interpor.
    Segundo ele, “se não se puder fazer, mais vale pagar, escândalos é que não”.

    Miguel Aguilar, Assessor da FPF, por não recorrer foi recompensado. Foi nomeado pelo conselho de arbitragem por fidelidade ao grupo.

    - Lúcílio Batista (falsificação de documentos), presidente, e dois vogais Pedro Portugal e Alnabon Fialho, da Secção de Classificações.

    Estes 3 são responsáveis pela alteração das notas introduzidas na plataforma informática. São eles quem altera as notas a seu belo prazer por forma a penalizar quem age correctamente e protegem os interesses de quem atua conforme as directizes de Ricardo Duarte falsificando no computador as notas que lhes são transmitidas.
    Isto pode ser observado através da alteração informática das notas que depois de inseridas são aduteradas. Bastará para tanto correlacionar as notas dos observadores dos jogos com as notas que foram alteradas na plataforma informática.

    ResponderEliminar
  6. - Vasco Santos (VAR), o pai era da PJ e é um dos elementos necessários para obter informações. Este é um dos elementos chave para colher informação quando são canalizadas queixas para o DCIAP ou TIC.
    Manteve a categoria C1 e foi para VAR. Não conseguia passar sequer nas provas físicas mas foi sempre classificado e avaliado por pessoas que adulteravam os valores. Todos os árbitros são testemunhas deste facto.

    Na época 2017/18 nas primeiras provas de aferição realizadas no Luso o sr. Vasco Santos passou sem cumprir os mínimos nas provas físicas. Porquê? Se não tinha cumprido as provas físicas que são um critério necessário proque razão o passaram?

    - FALSIFICAÇÂO DE DOCUMENTOS
    Em causa as classificações dos árbitros da época 2016/17, por falsificação das notas atribuidas pelos observadores de campo no sistema informático. Houve manipulação das notas nos computadores, já que os observadores deram notas que foram adulteradas. As notas foram modificadas e árbitros há que sabem perfeitamente isto. Bastará para tanto verificar todos aqueles que impugnaram as notas.

    Não dão acesso a documentos aos árbitros. Porque será? É que assim podem sempre modificar na plataforma informática as notas.
    Volvidos meses nenhum observador vai ver a nota que aparece na plataforma informática. Até porque o que aparece no critério de descida é apenas a não classificação. Mas árbitros há que tiveram mais de 5 negativas e foram classificados. Quem manipula então as notas nos computadores e falsifica as notas para ver quem passa?

    Prova testemunhal desta situação: o árbitro Jorge Pinheiro foi uma das vítimas. Outro árbitro sabedor desta situação poderá ser o AAC1 Jorge Ferreira e o árbitro Gonçalo todos eles recorrentes de injustiças perpetradas.

    - TRÁFICO DE INFLUÊNCIAS

    Árvaro Mesquita, o árbitro teve 8/9 notas negativas mas acabou as últimas jornadas com notas de muito bom. Fazia parte da equipa de Jorge Sousa.
    O Bertino Miranda que avalia os assistentes era colega de equipa de Jorge Sousa.

    É evidente que o meu amigo, amigo do meu amigo é.

    Sérgio Jesus que esteve envolvido no Apito Dourado. Teve 5 notas negativas mas sempre que recorre ganha. Porque será?

    Sobre as suspeitas:
    Incumprimentos vários da legalidade, da imparcialidade e incompatibilidades diversas.

    ABUSO DE PODER
    -fazem o que querem pois as decisões do CJ embora contrariem as imposições decorrentes dos recursos nunca são cumpridas; não nomeiam os árbitros que ganham os recursos de decisões que foram impugnadas e, sem qualquer fundamento, deixam estes árbitros votados ao isolamento total;

    Fazem classificações como se lembram e como querem sendo certo que as classificações não têm por regra o mérito nem as verdadeiras notas:

    - Não dão cavaco a ninguém.
    - Esta época desceram o árbitro Jorge Ferreira, sendo que na época anterior por situações idênticas não desceram ninguém.

    ResponderEliminar
  7. - Elaboram SEGUNDAS ATAS que servem para CORRIGIREM AS CLASSIFICAÇÔES DE ACORDO COM O QUE PRETENDEM.

    - Não fazem revisão de notas e apesar dos ínúmeros requerimentos muitas das vezes são pedidos deferimentos tácitos que também não merecem despacho.
    - Não respondem aos emails dos árbitros, não dão acesso a documentação.
    - Condicionam os árbitros; pressionam a arbitragem a defender as suas decisões.
    - aplicam os critérios que querem, para quem querem. A uns dão boas notas e a outros más notas, com lances iguais. Bastará ver as imagens do VAR, as classificaçãos que deram por referência a lances iguais.

    - Lucíio Batista disse que que não haviam classificações.
    Disse que o árbitro Jorge Ferreira tinha sido avaliado com insatisfatório e depois no CJ escreveu BOM (o depoimento de Jorge Ferreira pode confirmar isto).

    - As classificações que vieram a público foram feitas depois de 1 junho ou seja, primeiro desceram quem quiseram e depois manipularam os dados no sistema informático.

    As percentagens de notas negativas atribuidas em ata a cada um dos AAC1 que desceram não batem certo com as que eles efetivamente têm.

    Qual é o objectivo disto tudo?
    Eles enviaram convites a 2 AAC1 em que os convidavam a colaborar com a Academia de Arbitragem. Mal passaram os prazos de recurso, nunca mais ninguém falou com eles.
    Os atuais VAR surgem de esquemas semelhantes de forma a evitar recursos.
    A FPF disse no “6às9” que tudo se baseava na transparência e igualdade, mas quando eu dou notas a dedo que igualdade existirá?

    O CA é obrigado legalmente a emitir normas e fazer classificações e no ano passado não o fez. (parecer da APAF).

    - BRANQUEAMENTO DE CAPITAIS

    Os dinheiros canaizado para empresas amigas que precederam à construção da Cidade do Futebol e que permitiram um desvio colossal de verbas. Foram muito milhões. E o que se faz em prol das empresas da família?

    - FRAUDE FISCAL

    O dinheiro pago e recebido por privilégios concedidos a equipas de futebol, dirigentes e agentes de futebol que não é contabilizado, muitas das vezes pagos através de sacos azuis.
    Por exemplo, os clubes desviam montantes com floristas, assistentes, rececionistas, despesas com buffets e lançam essa verba em dias de jogo grande, para depois fazerem com esse dinheiro o pagamento aos árbitros.

    Até a água comprada serve para camuflar desvios de capital. Diz-se sempre que se gasta muito dinheiro em água mas o que se passa é que a água é para apagar o fogo insaciável de quem gere o mundo da arbitragem e tem de pagar a corrupção.

    Todos eles incorreram nos crimes enunciados.
    Aquando da realização de buscas à FPF e ao CA farei chegar nomes e documentos para que os possam inquirir.

    Sou anónimo por receio de represálias à minha família.


    Toca a divulgar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  8. O triste no meio disto tudo é que o Benfica diz-se, jogar mal muito mal. Mas sem a vergonha de arbitragens que temos tido estaria pelo menos à frente daquela equipa que joga bem muito bem.

    ResponderEliminar

AMIGO/A VISITANTE

Não comente como ANÓNIMO porque pode haver quem deseje responder-lhe e assim continuar o diálogo.

Clique em NOME/URL e escreva o seu, ou um nome, ou um nik, não necessitando de escrever nada no 2.º rectângulo, deixando-o em branco.
A seguir clique em ... continuar e... comente.

Volte sempre. Obrigado