Siga-nos no Facebook

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Ajax como modelo para o Benfica?

vs




Instalou-se uma ideia no seio dos benfiquistas, comentadores, jornalistas e demais figuras intervenientes no futebol português de que a comparação entre Ajax e Benfica faz todo o sentido. O candidato à Presidência do Benfica, Rui Gomes da Silva, lançou o mote há uns meses atrás e desde então começa a instalar-se essa ideia. No fundo a principal razão para esta comparação é a crítica à direcção do Benfica. Critica-se a direcção porque o Ajax é também uma equipa de um mercado secundário e conseguiu fazer uma excelente campanha na Liga dos Campeões e o Benfica não conseguiu fazê-lo até agora. Esta no fundo é a premissa. Mas esta semana apareceu outra questão, que foi o facto do Benfica ter duas derrotas na Liga dos Campeões este ano e o Ajax, mesmo vendendo dois dos seus grandes jogadores, tem duas vitórias.

Eu gostava de compreender melhor donde vem essa comparação, confesso que não consigo compreender. Acima de tudo porque, acho eu, não se deve começar a fazer comparações com apenas uma época de amostra. Se a ideia é apenas a de afirmar que é possível ser campeão europeu com uma equipa fora dum grande mercado, então o Ajax apenas comprovou que nem mesmo fazendo uma grande campanha se consegue chegar sequer à final.

Nós aqui no Universo Benfiquista tentamos sempre trazer dados reais e factuais para tentar dissuadir alguns mitos que se criam, vamos então tentar perceber como as duas equipas são no momento e como tem sido as suas prestações nos últimos anos ao nível de sucesso desportivo.

Olhando um plano mais geral das duas equipas:




Genericamente podemos verificar que o Ajax tem um plantel mais comprido que o do Benfica (curioso e interessante para aqueles que apelidaram o facto do Benfica ter um plantel grande de gestão danosa), tem uma média de idades superior à do Ajax (o que não deixa também de ser curioso face aos que sempre disseram que só com juventude não se vai lá) e o valor de mercado do plantel do Ajax é mais de 65M€ superior ao do Benfica (o que significa mais 20% de valor de mercado).

Portanto, e tomando apenas dados superficiais, podemos ver que aquilo que se aponta ao Benfica como má gestão, o Ajax faz pior. E na verdade, se olharmos estritamente ao valor de mercado da equipa, podemos comprovar que o plantel do Ajax está 20% acima do Benfica. Se tomarmos em atenção aquilo que o meu colega GG colocou na publicação anterior podemos verificar que o Ajax tem o 23º melhor plantel quanto a valor de mercado diz respeito, enquanto o Benfica ocupa a 29ª posição. O que significa que em termos meramente teóricos, teria condições para fazer mais e melhor que o Benfica.

Por falar em mercado, deixar o apontamento que o Ajax este ano fez compras cirúrgicas gastando 57,5M€ em 6 jogadores. Enquanto o Benfica fez o mesmo quanto a compras cirúrgicas com a diferença que gastou 43,5M€ em 5 jogadores para o plantel. Quanto a saídas o Benfica recebeu de inúmeros jogadores emprestados mais valias interessantes e perdeu do plantel principal Jonas, Félix e Salvio, somando tudo 190M€. O Ajax vendeu 9 jogadores do seu plantel, OITO (!!!!!) deles abaixo dos 23 anos de idade, por um valor a rondar os 206M€. Se a direcção do Benfica vendesse 8 jogadores abaixo dos 23 anos de idade num só ano o que seria dito? Fica para reflexão.

Olhando agora ao percurso de cada equipa nos últimos 10 anos em termos nacionais.


O Ajax tem portanto 9 títulos a nível nacional. 5 Campeonatos, 2 Taças e 2 Supertaças (o vice campeonato de Liga Europa não conta como título, ao contrário do que o Sporting gosta de afirmar no atletismo).

 

O Benfica tem 18 troféus nacionais. 6 Campeonatos, 2 Taças de Portugal, 4 Supertaças e 6 Taças da Liga.

Comparando o comparável, o Benfica tem mais campeonatos e mais supertaças e tem uma "agravante" de calendário, tem de jogar a Taça da Liga (que já conquistou 6 vezes neste tempo) que lhe traz um calendário bem mais carregado, que como todos sabemos a determinada altura pode ser determinante para o percurso nas outras competições, inclusive as europeias.

Resumindo os palmarés, o Benfica tem o dobro dos troféus vencidos nos últimos 10 anos que o Ajax.

Mas a comparação com o Ajax é feita nas competições europeias, Rui ! Dizem os donos da comparação. Então vamos a isso. 
Em primeiro lugar, destaque para o trabalho que o GG fez na publicação anterior e que eu complemento. Desde que a Liga dos Campeões tem esta denominação, já lá vão 27 anos, só por 4 ocasiões houve equipas fora do top-4 europeu de países a chegar à final. Quatro equipas. Marselha, Ajax, Porto e Mónaco. Se olharmos ao top-5 europeu de países então podemos resumir a duas equipas (três finais): Ajax e Porto.  Se olharmos para os últimos 24 anos (!!!!!!) só por uma vez isto aconteceu, em 2003-2004 com o Porto a jogar contra o Mónaco na Final. Portanto, é com certeza que podemos afirmar que uma equipa fora do top-5 europeu de países conseguir chegar a uma final de Liga dos Campeões é algo que acontece praticamente nunca. Aconteceu 4 vezes desde sempre e apenas 1 vez nos últimos 24 anos. E todos sabemos como é que o Marselha e o Porto chegaram longe nas competições europeias nesses anos. Condenados por corrupção desportiva.

Como estão as prestações do Benfica e Ajax nas competições europeias nos últimos anos? Vamos ver então desde o ano 2000. Todos sabemos como o Benfica estava na altura mas será uma boa forma de ver como estava também o Ajax em termos desportivos.


Ajax desde 2000, ou seja, em 19 anos, teve 10 presenças na Liga dos Campeões. Passou da fase de grupos 3 vezes. Uns oitavos de final, uns quartos e umas meias finais (época passada).



Juntando a análise da Liga Europa e Taça Uefa, vemos que participou 14 vezes desde 2000. Só por 4 vezes chegou a uma fase igual ou melhor que os oitavos, ou seja 16 melhores. 3 oitavos e 1 final. A final há 3 anos com o Man United do Mourinho.

Concluindo, nos últimos 19 anos de competições europeias o Ajax só conseguiu chegar aos oitavos de final das competições 7 vezes. Conseguiu 1 final na Liga Europa e umas meias finais da Liga dos Campeões como feitos mais relevantes. Conseguidos nos últimos 4 anos.

Vamos aos números do Benfica.

O Benfica só conseguiu o primeiro apuramento para a Liga dos Campeões pós-2000 em 2005. Desde então já conseguiu 12 presenças. Passou a fase de grupos 4 vezes, tendo chegado aos quartos de final 3 vezes e ficado pelo caminho nos oitavos uma vez.



Analisando a Liga Europa mais a Taça UEFA, o Benfica participou por 11 vezes na competição desde 2000. Chegou aos 16 melhores por 8 vezes dessas 11, dois oitavos, 3 quartos, 1 meia final e 2 finais.

Resumindo, o Benfica nos últimos 19 anos de competições europeias conseguiu chegar aos melhores 16 em 12 ocasiões, tendo como principais destaques 2 finais e uma meia final na Liga Europa.

Comparando os dois clubes podemos verificar que o Benfica conseguiu por 12 ocasiões aquilo que o Ajax só conseguiu por 7. Verificamos que o Benfica foi a duas finais europeias e o Ajax só foi a uma. Ao nível de Liga dos Campeões, o Ajax teve a sua prestação mais alta numa meia final e o Benfica tem 3 quartos de finais. Se olharmos em passagens da fase de grupos, o Benfica passou 4 e o Ajax apenas 3.
O único parâmetro em que o Ajax foi melhor que o Benfica é na chegada a uma meia final de Liga dos Campeões enquanto o Benfica só chegou aos quartos. Mas uma meia final valem 3 quartos de final? Uma meia final na Liga dos Campeões valem mais que 2 finais da Liga Europa? Ou duas finais e uma meia final na Liga Europa?


Resumo:

- Benfica tem um plantel mais curto que o Ajax;
- Benfica tem uma idade de plantel superior à do Ajax;
- Benfica tem um plantel com valor de mercado inferior em 20% em relação ao do Ajax;
- O Ajax vendeu 8 jogadores com menos de 23 anos este ano enquanto o Benfica vendeu apenas 1;
- O Benfica tem o dobro dos troféus nacionais ganhos nos últimos 10 anos (19 - 8);
- O Benfica tem mais campeonatos ganhos nos últimos 10 anos que o Ajax (6 - 5);
- O Ajax tem uma presença a mais em competições europeias que o Benfica desde 2000 (23 - 24);
- O Benfica tem mais presenças na Liga dos Campeões que o Ajax desde 2000 (12 - 10);
- O Ajax tem mais presenças na Liga Europa + Taça Uefa que o Benfica desde 2000 (11 - 14);
- O Benfica tem mais presenças nos 16 melhores da Liga dos Campeões que o Ajax desde 2000 (4 - 3);
- O Benfica tem mais presenças nos 16 melhores da Liga Europa + Taça Uefa que o Ajax desde 2000 (8 - 4);
- O Benfica tem mais presenças nos 16 melhores das competições europeias que o Ajax desde 2000 (12 - 7);
- O Benfica tem mais presenças nos 8 melhores das competições europeias que o Ajax desde 2000 (8 - 3);
- O Benfica tem mais presenças nos 4 melhores das competições europeias que o Ajax desde 2000 (3 - 2);
- O Benfica tem mais presenças em finais de competições europeias que o Ajax desde 2000 (2 - 1);
- O Ajax tem um resultado melhor que o Benfica na Liga dos Campeões ao chegar a uma meia final e o Benfica apenas chegar aos quartos como melhor.


Chegou-se mesmo a afirmar que o Benfica devia seguir o exemplo do Ajax. Que o Ajax deveria servir quase como modelo de gestão e competência desportiva ao Benfica. Olhando para todos estes dados quase podemos afirmar que o Benfica é que tem sido um bom modelo de gestão e competência desportiva para o Ajax seguir. A comparação é simples e fácil de fazer em termos estatísticos, o Benfica é superior em praticamente todos os parâmetros desportivos. Há quem queira ser do Ajax, eu prefiro ser do Benfica.


No Twitter em https://twitter.com/UnivBenfiquista