Siga-nos no Facebook

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Reter talento


"Será que realmente a forma de tentar chegar a um nível superior não é… formar e ir retendo o talento que se vai formando através de ir subindo gradualmente clausulas e ordenados de modo a que cada vez menos clubes consigam cumprir com os “requisitos” do Benfica e do jogador para sair?"

Compare-se os valores pelos quais sairam os jogadores vendidos há mais tempo e os vendidos mais recentemente... Alguém é capaz de dizer que não se tem tentado reter talento? Alguém acredita que RD vai sair por um valor semelhante ao de Cancelo, BS, etc? Quando é que o Benfica poderá ter um 11 de 616M? (E claro que só valem aquele valor porque não estão no tugão!)

E isto não é "formação, formação, formação"... É extremamente troll achar que é isso que estou a defender. É não conseguimos ir ao mercado buscar jogadores do nível dos que conseguimos formar e detetar precocemente! 
Mas também é inegável que o Benfica investiu 37M em 2 avançados!

PS.

Para mim, este tema das contratações, mais do que um continuum numa linha entre experiência e formação, é um triângulo… e num triangulo a base assenta em 2 vértices.
 
 
Temos os jogadores “experientes”, os de qualidade (melhores que os nossos) e os acessíveis (de acordo com o exercício do post anterior).
i)                    Os experientes e de qualidade não são acessíveis como vimos anteriormente…
ii)                   Os experientes e acessíveis não são melhores do que os que já cá estão… O GG deu o exemplo das contratações do porto… quem queira Saravia no lugar de TT? Quem queria Nakajima por 24M (?)? Marcano? 34 anos? Quem o trocava por Ferro?
iii)                 Os de qualidade e acessíveis não são “experientes”… são jovens e temos de detetar estes talentos ou de os formar para que quando atinjam níveis de maturidade estejam do lado de cá!